• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] 21 Setembro INFO
Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página
net veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

A estrutura deste Boletim INFOPNED tem vindo a variar por motivo de
experiências e tentativas de fixação de um modelo a seguir no futuro.
Agradecem-se sugestões e comentários.

Domingo, 21 de Setembro de 2003

PUBLICO:

1. Patrões Defendem Manutenção da Hora Portuguesa
Portugal

“Há alguns anos, também se mudou a hora e, depois de se fazer uma
avaliação dos benefícios, optou-se por voltar à situação actual”, refere.
A CGTP é, ainda assim, mais crítica quanto à alteração, considerando que
há, “à partida, bastantes consequências negativas para os trabalhadores
portugueses”. “Por que carga de água é que Portugal tem de se sujeitar a
uma hora que não corresponde ao seu posicionamento geográfico? Isto é
uma submissão!”, defende Amável Alves.

Uma alteração da hora como a que está a ser equacionada pelo Governo
levaria a que o tempo diário de luminosidade disponível diminuísse
durante o período normal de trabalho.

2. “Acredito Que Já Marquei a Diferença no Porto”
Porto

João Cottim tomou posse, em 22 de Setembro de 2002, do cargo de Provedor
do Cidadão com Deficiência.

“Brevemente vamos anunciar um plano concreto de intervenção na cidade
que, entre outras medidas, aposta no rebaixamento dos passeios e no
reordenamento do mobiliário urbano”, adianta João Cottim. No fundo, o
provedor quer arrumar as ruas da cidade como quem arranja a mobília de
uma casa. “Num só passeio, há coisas à direita, coisa há esquerda e
coisas no meio. É inadmissível”, constata para evidenciar os obstáculos
que, por exemplo, um cego pode enfrentar numa curta caminhada.

3. Governo Diz Que Amanhã Não É Feriado
Portugal

A iniciativa contará com a adesão de 66 cidades do país. No entanto,
precisamente as duas maiores cidades, Lisboa e Porto, não interditarão a
circulação automóvel nos centros urbanos para “não acontecer o que
aconteceu em anos anteriores, em que o ‘dia sem carros’ se transformou
num feriado”, explica a mesma fonte do ministério. O Porto, este ano,
nem sequer aderiu formalmente à iniciativa, apenas a apoia.

4. Porto Fica de Fora e Apoia “Simbolicamente”

O concelho do Porto fica de fora para evitar o caos e só adere
“simbolicamente”. Gaia, Espinho e Gondomar nem sequer arriscam. O
inimigo número um da acção em 2003 chama-se “segunda-feira”.

Este ano, a diferença está no calendário. É que o dia 22 de Setembro
acerta em cheio numa segunda-feira. E é este o motivo mais invocado
pelas autarquias que optaram por não aderir ao Dia Europeu Sem Carros 2003.

5. A confusão à espreita com o trânsito proibido numa segunda-feira
Quatro concelhos da AMP aderem

De facto, a receita parece no mínimo indigesta: proibir o tráfego
durante a semana no dia mais utilizado para fazer cargas e descargas de
mercadorias, e, nalguns casos passado o período das “apresentações”, ao
início das aulas nalgumas escolas.

6. Na Fronteira do Grande Porto
Porto

Com o Porto ali tão perto mas já fora da Área Metropolitana, as cidades
de Santa Maria da Feira, Ovar e Trofa também alinham na acção. As zonas
mais centrais destas cidades vão estar fechadas ao trânsito e a animação
vai ocupar o espaço deixado livre pelos carros.

7. Ilha da Rua das Adas: Uma Fortaleza com Pequenas Janelas
Porto

Foi para explicar, por dentro e por fora, o processo de reconversão da
antiga Ilha da Rua das Aldas num núcleo habitacional premiado nacional e
internacionalmente que o arquitecto Pedro Mendes, autor do projecto,
regressou ontem ao local da intervenção para orientar mais uma
iniciativa do ciclo Obra Aberta.

8. Ambientalistas Denunciam Responsáveis por Morte de Milhares de Peixe
no Rio Ave
Trofa

A associação ambientalista Adapta – Associação para a Defesa do Ambiente
e do Património na região da Trofa, vai exigir junto do Governo a
realização “imediata” de um inquérito para apurar a responsabilidade
pelos focos de poluição que, esta semana, foram detectados por alguns
sócios daquela associação e que terá provocado a morte de milhares de
peixes do Rio Ave.

9. Assembleia Municipal de Viana Aprovou Comunidade Urbana
Viana do Castelo

A assembleia municipal de Viana do Castelo aprovou, anteontem à noite,
por larga maioria, a proposta de constituição da comunidade urbana do
vale do Lima.

JN:

1. Ciclovia arranca na cidade no próximo ano
Braga

O Dia Europeu sem Carros serviu de pretexto para a Câmara Municipal de
Braga anunciar a construção de uma ciclovia na cidade, projecto que será
concretizado até final do ano 2004. O vereador do Trânsito, Vítor Sousa,
disse que, neste momento, “o projecto está em fase de estudo”,
escusando-se, contudo, a divulgar o seu traçado.

2. Ambientalistas apresentarão queixa na União Europeia se o projecto
for aprovado tal como está Contestada construção de complexo
turístico-habitacional na ria
Ílhavo

A associação de conservação da natureza Quercus apresentará uma queixa
na União Europeia, em Bruxelas, contra o Estado Português, caso o
projecto de construção do complexo turístico-habitacional da marina da
Barra seja aprovado pelo Governo.

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias
e do Público Local Porto e Minho, em 21 de Setembro de 2003.

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho. Em «Fora do Noroeste» (só ocasionalmente), podem inserir-se
notícias de outras regiões que possam apresentar interesse como exemplo
negativo ou positivo para situações equivalentes no Noroeste.

Selecção hoje feita por Daniel Carvalho

Para os textos integrais consultar:

https://jn.sapo.pt/eddia/eddia1.asp

https://jornal.publico.pt/publico/2003/09/21/indice.html

ou as respectivas edições em papel.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário