İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    (Para qualquer problema com esta lista, ver informacoes no final do
    texto e instrucoes no rodape da mensagem)

    Seleccao hoje feita por Daniel Carvalho
    Sábado, 9 de Agosto de 2003

    PUBLICO

    1. Erosão Deixa Praia de Moledo Mais Pequena e Sem Barracas

    Uma praia muito mais pequena, sem barracas e sem metade dos bares que
    habitualmente a povoavam durante a época estival. Este é o cenário com
    que se deparam os veraneantes que todos os verões optam por passar as
    suas férias na praia de Moledo, no concelho de Caminha, ou simplesmente
    passar ali um dia ou umas horas de praia.

    2. Grupo Espanhol Investe 70 Milhões de Euros em Valença

    O grupo espanhol “Gamesa” vai instalar no Parque Empresarial de Valença
    uma fábrica de aerogeradores, um investimento de 70 milhões de euros que
    criará 300 postos de trabalho directos e outros tantos indirectos.

    3. Rui Rio Admite Melhorias no Trabalho dos SMAS

    Constato que nos últimos seis ou sete anos os SMAS [Serviços
    Municipalizados de Água e Saneamento] têm trabalhado bem.” Rui Rio,
    presidente da Câmara Municipal do Porto, reconheceu ontem a existência
    de falhas no abastecimento de água à zona marginal da cidade, mas
    adiantou saber das preocupações do vereador Rui Sá, presidente do
    Conselho de Administração daquela empresa. “Sei que está preocupado e
    irá tomar as medidas necessárias”, disse Rio.

    Desde o passado sábado que os técnicos dos SMAS se têm debatido com
    sucesivas avarias na conduta que abastece as freguesias ribeirinhas do
    Porto.

    4. Jovens Ajudam Bombeiros de Santo Tirso a Vigiar Florestas

    Do cume do monte do Padrão, no concelho de Santo Tirso, acompanha-se a
    floresta até Famalicão, Paços de Ferreira, Guimarães e, é claro, pelo
    território local que é bem nutrido de vegetação. As árvores estão
    frondosas dado que, este ano, “têm ocorrido pouquíssimos incêndios
    quando comparamos os dados de anos anteriores”, afirma Firmino Neto,
    comandante dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso.

    “Não há segredo, há prevenção”, revela o comandante, que se juntou ao
    PÚBLICO e à coordenadora do Serviço de Protecção Civil de Santo Tirso,
    Carla Moreira numa visita ao topo do monte onde, diariamente, jovens que
    se inscreveram no programa de Ocupação de Tempos Livres (OTL) são “os
    olhos” dos bombeiros.

    5. Alijó e Murça Reivindicam Declaração de Calamidade Pública

    As chamas no distrito de Vila Real não têm atingido as proporções
    dantescas de outras zonas do país, mas, mesmo assim, os autarcas dos
    municípios de Alijó e de Murça não compreendem como é que este distrito
    transmontano não foi abrangido pela declaração de calamidade pública que
    foi decretada já em oito distritos.

    6. Incendios – Autoridades Apelam

    “Não podemos proibir o lançamento de fogo-de-artifício, porque as
    autorizações já tinham sido emitidas, mas temos tentado sensibilizar a
    população e as comissões de festa para que não lancem
    fogo-de-artifício”, explica Ricardo Martins, chefe de gabinete do
    Governo Civil de Vila Real.

    7. Bragança – Festas de Veigas Sem Foguetes

    8. Doze Fogos Lavraram Ontem no Distrito do Porto

    Penafiel e Paredes foram os concelhos mais afectados.
    Um incêndio que deflagrou na passada quinta feira no lugar de Mesão
    Frio, freguesia de Galegos, concelho de Penafiel, continuou a ser aquele
    que, durante o dia de ontem, recebeu a maior fatia de preocupação por
    parte dos bombeiros do distrito de Porto, que combateram durante todo o
    dia cerca de 12 focos de incêndio.

    9. Incêndio Provoca Terror em Aldeias Mirandela e Vila Flor

    10. Industriais da Pirotecnia de Viana Dizem Que Despacho Sobre Foguetes
    Peca por Tardio

    O verão de 2003 não vai tão cedo ser esquecido pelos industriais de
    pirotecnia do distrito de Viana do Castelo.
    (…), os oito empresários do sector daquele distrito mostraram abertura
    para cumprir o que lhes está a ser imposto em termos de cuidados
    acrescidos na escolha dos locais para o lançamento do fogo-de-artifício
    e do material a utilizar em festas e romarias, mas avisaram que vai
    haver “prejuízos” e que o despacho emitido pelo Ministério da
    Administração Interna peca por tardio.

    JN

    1. Porto – Contaminação nas praias coloca saúde em risco

    As praias dos Ingleses e Pastoras, no Porto, e a da Circunvalação,
    Matosinhos, apresentam um elevado nível de contaminação fecal “pondo em
    risco a saúde dos banhistas”, revelou, ontem, o Instituto de Ciências
    Biomédicas Abel Salazar.

    2. Imigrantes de Leste ajudam a manter os barcos no mar

    São pontuais. Dedicados. Têm habilitações académicas acima da média e
    provêm, maioritariamente, da construção civil, não tendo qualquer tipo
    de ligação passada à pesca.

    Os proprietários das embarcações são unânimes em reconhecer que, se não
    fossem estes homens, muitos barcos não podiam sair para o mar, dada a
    falta de mão-de-obra. A adaptação é total, com vantagem para ambas as
    partes. Salvo três russos, um lituano e outro moldavo, os restantes
    marítimos são ucranianos.

    3. Porto – Porto: Palmeiras dos Leões mudadas

    As duas palmeiras centenárias, existentes na Praça de Gomes Teixeira
    (Praça dos Leões), vão ser transplantadas, depois de amanhã, para a
    Alameda de Fernão de Magalhães. Em causa está a sua sobrevivência e a
    conclusão do arranjo urbanístico daquele espaço.

    4. Espinho – Preservar as dunas

    “Quantos anos demora uma duna a recuperar de uma só passagem de um jipe
    por cima de-la?”. As duas dezenas de crianças interrogam-se. Uma atira:
    “200 anos”. Foi de mais, mas a resposta é, mesmo assim, assustadora
    quanto baste e quase inacreditável: 50 anos. Os rostos dos miúdos
    admiram-se e fazem cara de quem não fica muito convencido.

    5. Chaves – Agricultores pedem regras no mercado

    Descontentes com a “invasão” de produtores de outros concelhos no
    mercado municipal de Chaves, cerca de 30 horticultores flavienses
    reuniram-se, ontem, com o presidente da Câmara, João Batista, para
    exigirem uma solução.

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentou-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do JN e do
    Público Local Porto e Minho, em 9 de Agosto de 2003.

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
    específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
    basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Para os textos integrais consultar:

    https://jn.sapo.pt/eddia/eddia7.asp

    https://jornal.publico.pt/publico/2003/08/09/indice.html

    ou as respectivas edições em papel.

    PNED = Porto e Noroeste em Debate

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário