(Para qualquer problema com esta lista, ver informacoes no final do texto e
    instrucoes no rodape da mensagem)

    Terca-feira, 29 de Julho de 2003
    Seleccao hoje feita por JCMarques

    JN

    1. AMP: A cidade e o Verao

    por bernardino guimaraes ambientalista Que tal senhores autarcas – e Governo –
    uma rede de espacos naturais, protegidos, na AMP?

    Em pleno Verao, um apelo irresistivel le-va ate perto da Natureza os cidadaos
    urbanos que somos – atraccao pela agua e pelo azul, pela paisagem ampla e pelo
    ar lavado, ou pelas noites enluaradas, cheias de reflexos e de misterios. Os
    que podem, afastam-se do bulicio das cidades e procuram, o mais das vezes,
    contactar a terra, o verde dos pinhais, a serra e o mar imenso, crepusculos
    igneos.

    2. Incendios florestais: Apenas 11 guardas protegem 100 mil hectares de
    floresta

    porto fogos de verao Governador civil esta preocupado com a falta de meios
    humanos para patrulhar a mata e promete apelar ao Governo Maioria dos incendios
    tem origem criminosa
    Manuel Vitorino

    Em media, existe um guarda florestal para vigiar cerca de 10 mil hectares de
    terreno no distrito do Porto. Numero a que facilmente se chega tendo por base
    os dados ontem avancados, ao JN, por Antonio Vivas, coordenador regional da
    Policia Florestal de EntreDouro e Minho. O dirigente revelou que, naquela
    regiao, com cerca de 100 mil hectares, apenas existem 11 guardas florestais
    (sediados em Amarante). Outro dado a reter: a maior parte dos incendios tem na
    origem mao criminosa.

    3. Porto: Bomba polemica ja foi encerrada

    decisao Autarquia promete reanalisar processo da gasolineira ilegal situada na
    Avenida da Boavista
    Elisabete Correia

    A polemica instalacao de um posto de abastecimento de combustiveis na Avenida
    da Boavista, junto ao Parque da Cidade e a uma area residencial, terminou ontem
    de manha, com o encerramento da mesma, apos ordenacao da Camara nesse sentido.
    Os proprietarios da bomba de gasolina cumpriram a determinacao da autarquia e
    procederam ao seu encerramento de forma voluntaria, nao sendo necessaria a
    intervencao da Policia. Antes de qualquer accao, os moradores pediram um
    parecer a um especialista de Deireito do Ambiente no sentido de os elucidar
    acerca do problema .

    Mais postos estao a ser fechados

    Teresa Bernardo, moradora na Avenida da Boavista, referiu, ao JN, que, ao
    contrario da construcao da bomba, que durou cinco meses, o processo se
    arrastava ha muitos mais. Melo Rocha, especialista de Direito do Ambiente,
    reforcou a ideia de ilegalidade da construcao do posto, dizendo que os postos
    de abastecimento instalados sob predios de habitacao estao a ser todos
    desmantelados, reforcando a posicao dos moradores.

    4. Porto: Nova avenida em Contumil

    Porto propostas Contrato-programa entre a Camara e o Boavista sera votado na
    ultima reuniao do Executivo antes das ferias Sidonio Pardal integra equipa que
    vai desenhar Parque Oriental

    Carla Sofia Luz
    O Metro vai chegar a Contumil por uma nova alameda. Esta zona do Porto, onde
    predominam as ruas estreitas, sera alvo de uma reestruturacao – a pensar na
    passagem da linha do Metro rumo a Gondomar – atraves de um plano de pormenor. E
    a proposta do vereador do Urbanismo da Camara portuense, Ricardo Figueiredo,
    que sera votada, hoje de manha, na ultima reuniao do Executivo antes das ferias
    do Verao. O contrato-programa com o Boavista F.C. tambem consta da agenda.

    5. Vila do Conde: PSD “chocado” com falta de ETAR

    Ceu Salazar
    Uma delegacao de deputados da Assembleia da Republica do PSD visitou, ontem,
    Vila do Conde e mostrou-se “chocada” pelo facto do concelho “nao possuir
    nenhuma Estacao de Tratamento de Aguas Residuais” (ETAR), disse o deputado
    Ricardo Almeida. A questao ambiental mereceu a atencao dos politicos, que
    acusaram a autarquia de “estar de costas voltadas” para a qualidade de vida da
    populacao local, que ve, de uma forma “leviana e criminosa”, poluidas todas as
    linhas de agua que atravessam o concelho. Ha muito que Vila do Conde e Povoa de
    Varzim estudam a hipotese da construcao de um emissario submarino que sirva as
    duas cidades. Contudo, segundo os autarcas, o projecto “encalhou” em Bruxelas.

    6. Porto: Rio envia relatorio para a PGR

    Rui Rio vai enviar para a Procuradoria-Geral da Republica (PGR) o projecto de
    relatorio da Inspeccao- Geral de Financas (IGF) que aponta irregularidades no
    Plano de Pormenor das Antas (PPA). Segundo disse a Lusa fonte da autarquia,
    “dadas as irregularidades detectadas e confirmadas pela IGF, Rui Rio decidiu
    enviar imediatamente o projecto de relatorio da IGF para a PGR”. Neste capitulo,
    e reagindo ao teor do documento, o comunista Rui Sa disse, ao JN, nao ter
    duvidas de que este “e um libelo acusatorio da forma como a Camara, em especial
    no mandato anterior (de Nuno Cardoso), concedeu e implementou o Plano de
    Pormenor das Antas”. O autarca tomara, hoje, uma posicao publica sobre a
    inspeccao, mas vai adiantando que o relatorio confirma as preocupacoes da CDU.

    7. Porto:Tunel em escavacao

    Porto Recomeco Obra de ligacao da Praca de D. Filipa de Lencastre ao Jardim do
    Carregal fica concluida em 2005 Edificios antigos serao monitorizados
    Carla Sofia Luz

    As maquinas ja mexem no Tunel de Ceuta (Porto). Apos mais de dois anos de
    paragem, a intervencao recomeca em duas frentes: Praca de Filipa de Lencastre e
    Jardim do Carregal. Em 18 meses, o consorcio de empresas francesas e austriacas
    tem de concluir os 700 metros de extensao da ligacao enterrada, orcado em 17
    milhoes de euros.

    8. Aveiro: Sem carros e sem mais nada

    por manuela caetano coordenadora distrital de aveiro do sindicato dos
    professores da regiao centro Ainda ha muito a fazer no que respeita o ambiente
    antes de mediatizar as iniciativas

    A iniciativa e louvavel, mas nao chega. O domingo sem carros em Aveiro foi um
    sucesso relativo, primeiro porque so preencheu a manha, depois porque aconteceu
    em finais de Julho, quando muita gente ja esta de ferias, e finalmente nao teve
    ainda mais afluenciaporque houve pessoas que nem conseguiram chegar a Baixa ou
    entao desistiram ainda antes de sair de casa, pela falta de transportes e/ou
    meios de chegar ao local.

    9. Viana do Castelo: Visita de ministro a obras nao preve pontos polemicos

    viana do castelo equipamentos Carmona Rodrigues desloca-se a Vila Nova de
    Cerveira, Vila Praia de Ancora e Arcos de Valdevez Populacoes nao se calam e
    manifestam-se contra IC28 e IC1
    Luis Henrique Oliveira

    Oministro das Obras Publicas, Carmona Rodrigues, visita, hoje,diversos
    equipamentos em construcao na regiao. O programa da visita inclui a ponte
    internacional de Cerveira, o portinho de Ancora e um troco do Itinerario
    Complementar (IC) nº 28 (ver caixa), masevita passagens por obras que se
    apresentam como uma dor de cabeca para as populacoes. Caso de trocos do IC1/A28
    e do Itinerario Principal (IP) nº9 (A27).

    10. Fora do Noroeste: PDM nao resolveu planeamento urbano

    Cascais

    Seis anos apos a entrada em vigor, o Plano Director Municipal (PDM) de Cascais,
    que acentuou as caracteristicas do concelho como dormitorio de Lisboa, esta em
    revisao e aposta no turismo de qualidade e na contencao da construcao. Segundo
    um relatorio sobre a revisao do PDM, ontem entregue aos vereadores durante uma
    reuniao da Camara, a entrada em vigor do plano, em Maio de 1997, “nao resolveu
    o problema da falta de planeamento urbano” nem “previu espacos com outro tipo
    de uso que naoseja o da aptidao construtiva”. “A verdade e que o PDM foi um
    instrumento que permitiu o acentuar das caracteristicas de Cascais como
    dormitorio e suburbio de Lisboa.

    Publico
    Porto

    1. Porto: Aterro na Margem da Ribeira da Granja Preocupa Ambientalistas e
    Vereador

    Por JORGE MARMELO
    Uma zona de canavial na margem direita da ribeira da Granja, no Porto,
    desapareceu recentemente sob um aterro destinado a construcao de um acesso ao
    tunel que a Metro do Porto esta a construir na freguesia de Ramalde, ligando as
    ruas de D. Joao Coutinho e do engenheiro Ferreira Dias, sob a linha do
    metropolitano.

    Confundida com Um Esgoto

    Minho

    2. Cavado: BE Denuncia ao Ministerio Publico Atentados Ambientais no Cavado

    Por FRANCISCO FONSECA
    O Bloco de Esquerda (BE) vai apresentar junto do Ministerio Publico duas
    queixas-crime contra a camara de Barcelos, por agressao ao meio ambiente. TEXTO

    3. Guimaraes: Servicos Publicos de Guimaraes Sao Quebra-cabecas para
    Deficientes

    Por VICTOR FERREIRA
    Que condicoes ha para as pessoas com deficiencias se deslocarem na cidade? Como
    sao os acessos aos servicos publicos? Que qualidade tem o espaco publico para
    os portadores de deficiencia? O nucleo da JSD de Guimaraes quis, ontem,
    responder as questoes com uma visita “guiada” por um deficiente motor a
    diversos edificios publicos da cidade, aproveitando a boleia do Ano Europeu do
    Deficiente e do Ano Nacional da Arquitectura que se assinalam em 2003.

    4. Minho: Quando o Presente Encontra o Passado

    Por ADELIA ABREU
    A terra e delicadamente afastada para deixar a descoberto uma pedra, depois
    outra e ao fim de algum tempo surgem as fundacoes de um antigo edificio, que
    tera funcionado como termas. O processo continua, ate que se descobrem
    fragmentos de pecas de ceramica, moedas e varios objectos de bronze, ferro,
    estanho e chumbo, indicando que naquele local existia, outrora, uma “villa”
    romana.

    INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
    urbanistico/ambiental
    publicadas na edicao electronica do JN e do Publico Local Porto e Minho, em 29
    de Julho de
    2003.

    Esta lista foi criada e e animada
    pela associacao Campo Aberto, e esta aberta a todos os interessados socios ou
    nao socios.
    O seu ambito especifico sao as questoes urbanisticas e ambientais do Noroeste,
    basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Para os textos integrais consultar:

    https://jn.sapo.pt/eddia/eddia3.asp

    https://jornal.publico.pt/publico/2003/07/29/indice.html

    ou as respectivas edicoes em papel.

    PNED = Porto e Noroeste em Debate

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário