• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

infoPNED 16 jun 2003
(pned=Porto e Noroeste em Debate)

Segunda, 15 de Junho de 2003

Nota: São indicados os endereços dos jornais para quem quiser ler os
textos completos dos artigos.

NO JN:

https://jn.sapo.pt/eddia/eddia2.asp

1. Comboio pendular arrasta-se ao longo de 330 quilómetros

Capacidades da composição da Fiat Ferroviária desperdiçadas na ligação
entre as duas principais cidades portuguesas Velocidade média não vai
além dos 104 km/hora

2. Fafe – Aldeias de Figueiredo e Mós apostam no turismo rural

Os poucos habitantes das povoações vizinhas de Mós e Figueiredo, na
freguesia de Aboím, Fafe, poderão, dentro de poucos anos, pôr de parte
as alfaias agrícolas e passar a viver do turismo.

3. Areias figueirenses vendidas na Galiza

As areias da Figueira da Foz continuam a ser exportadas e vendidas a
Espanha, para regenerar as praias da Galiza.
O vice-presidente da Pró-Fauna, José Luís Ribeiro, afirma que não é
“contra a exportação”, mas não concorda com a maneira de como o “negócio
é feito”.

4. Rio apresenta proposta para melhorar qualidade de vida

As Eurocidades vão estudar uma proposta do Porto para a criação de um
índice de qualidade de vida urbana que permita ultrapassar as lacunas do
actual modelo, baseado no PIB per capita.

5. Aveiro – Menos passageiros nas lanchas da ria

NO PUBLICO:

https://jornal.publico.pt/publico/2003/06/16/indice.html

1.Futura Ponte Móvel Sobre o Porto de Leixões Chega ao Governo

2. Rui Sá Anuncia “Barrela” no Bairro da Pasteleira

3.”Património da Antiga Fábrica das Devesas Será Protegido” (?)

Como figura associada, de certo modo, à cultura da Fábrica de Cerâmica
das Devesas, venho, através das colunas do PÚBLICO, associar-me ao
manifesto dos 160 cidadãos que em boa hora chamavam a si a defesa de uma
parcela do nosso tão degradado património arquitectónico.

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário