İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [PNED] 8 Jan/ Lixo e Metro

    (Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instrucoes que se encontram no rodape da mensagem).

    8 de Janeiro de 2003

    Editoriais: Lixo Multiplica-se

    Aveiro ganhou um prémio como cidade limpa, mas produz cada vez mais lixo. Para quando um prémio às cidades
    que REDUZEM significativamente o lixo produzido? No vale do Ave já se percebeu que os aterros nao sao solucao
    quando o lixo continua a multiplicar-se. Acreditam agora nas incineradoras: lixo queimado sai da vista. Mas nao sai
    da atmosfera, da agua e dos solos. A solucao nao sao mais aterros e incineradoras, mas lixo QUASE Zero,
    gradualmente obtido segundo um planeamento coerente, medidas de reciclagem, reutilizacao e sistemas de
    reaproveitamento de materiais em circuito fechado.

    Metro e Tecnocracia

    A Metro publica brochuras de propaganda em que se orgulha de ter destruido um mito: o de que o subsolo do
    Porto nao poderia ser perfurado. Mas nem uma palavra para as derrocadas e pelo menos uma morte, que provocou.
    Segundo Nunes da Silva (ler interessantissima entrevista na PUBLICA de Domingo passado), o pior esta para vir
    com as perfuracoes na zona de Sao Bento; acha que vai conseguir-se mas com acentuadas perturbacoes. Mas a
    atitude tecnocratica, bem patente na Metro, e ignorar tudo o que nao seja o ponto de vista estritamente tecnico:
    nem perturbacoes as pessoas, nem ao ambiente, nem a natureza, nem ao patrimonio sao verdadeiramente
    importantes. Atitude que a Metro bem demonstrou no jardim do Marques, ou a Edia em Alqueva, para citar apenas
    dois exemplos. O objectivo que defendemos e a uniao entre a tecnica e os valores humanos, ambientais, sociais,
    por forma a subordinar a obra ao seu objectivo superior de servir a unidade humanidade/natureza.

    Seguem-se os resumos das noticias de interesse urbanistico e ambiental relativas a 8 de Janeiro de 2003 tal como
    constam da pagina electronica do JN e do Publico Local Norte. Para qualquer duvida ou para a leitura dos textos
    integrais, recomenda-se a consulta das referidas paginas ou das respectivas edicoes em papel. A seleccao e da
    responsabilidade da Associacao Campo Aberto.

    PNED = Porto e Noroeste em Debate

    JN

    Bairro danificado pelo Metro demora meses a ser reparado Moradores indignados.
    Normetro diz que só falta arranjo exterior hugo silva

    Fendas nas habitações, humidade nas paredes interiores, remendos nas fachadas, andaimes ao abandono e
    muitas reparações por fazer. As obras do Metro do Porto estão a levar ao desespero os moradores do Bairro da
    Silva, no Porto.

    Conhecer as causas das cheias no Douro INAG será convidado a participar numa reunião da Câmara do Porto
    para prestar esclarecimentos Virgínia Alves

    A Câmara do Porto aprovou ontem, na sua reunião semanal, duas moções, apresentadas pelo PS e pela CDU,
    sobre a situação de cheias que afectou as zonas de Miragaia e S. Nicolau.

    Números bons com viagens pagas 18 mil andantes e 6 mil passes vendidos

    No início da primeira semana de trabalho “a sério” – anteontem -, o Metro transportou 19700 passageiros.
    Segunda-feira passada foi, precisamente, o dia em que mais pessoas utilizaram aquele meio de transporte, desde
    que as viagens são a pagar.

    Regresso à cidade?

    Mais que um regresso, prefiro a ideia de reencontro. Os portuenses, mesmo os que deixaram a cidade e foram
    viver para a “coroa periférica” – Maia, Matosinhos, Ermesinde, Gondomar ou Gaia -, precisam é de se reencontrar
    com o Porto, no exacto termo em que isso signifique fortalecer a sua identidade social e cultural metropolitana.

    aveiro : Concelho bate recorde no lixo

    Resíduos dão para fazer prédio de 14 andares do tamanho do estádio joão paulo costa Os aveirenses fazem cada
    vez mais lixo. Em 2002, os resíduos sólidos urbanos recolhidos pela empresa SUMA-Serviços Urbanos e Meio
    Ambiente, 35743 toneladas, foram superiores em quase duas toneladas ao ano anterior, 33715.

    Moimenta da Beira: Funcionário denuncia empreiteiro TERESA CARDOSO

    João Cardoso, funcionário da Câmara Municipal de Moimenta da Beira há 21 anos, vai responder em tribunal, no
    próximo dia 17, por ter denunciado, junto da autarquia, no âmbito das funções de fiscalização que desempenhava,
    um empreiteiro da região.

    GUIMARÃES : Tratamento de lixos no Ave está perto do esgotamento Amave quer mais dois novos aterros e
    incineradora a médio prazo JOAQUIM FORTE

    A capacidade de tratamento dos resíduos no Vale do Ave está à beira do esgotamento. Segundo Castro
    Fernandes, presidente cessante da Associação de Municípios do Vale do Ave (Amave), urge construir dois novos
    aterros e, a médio prazo, pensar na incineração. Os dados foram apresentados, ontem, na conferência que serviu
    para o novo responsável da instituição, José Ribeiro, edil de Fafe, apresentar o seu programa. “O crescimento dos
    aterros obriga a uma incineradora a médio prazo. Não para o Ave, mas para uma área mais vasta”, referiu Castro
    Fernandes, cuja preocupação já foi transmitida ao ministro do Ambiente, Isaltino Morais.

    caminha : Vereador critica bares em Moledo LUÍS ALMEIDA

    A reavaliação da instalação de bares no areal da praia de Moledo foi defendida pelo vereador socialista Jorge Fão,
    depois do mar ter destruído um desses estabelecimentos e danificado outros dois. O autarca da Oposição
    pretende que a Câmara faça as necessárias diligências junto do Ministério do Ambiente para que sejam corrigidas
    as regras de instalação e de funcionamento. Jorge Fão voltou a criticar a “má qualidade estética” de um dos bares,
    cuja cércea ultrapassava o parapeito do paredão, crendo ser agora a altura ideal para “corrigir” esta assimetria. Em
    seu entender, os bares deveriam ser removidos no final de cada época balnear.

    Público

    Um Ano de Rui Rio
    Por ANTÓNIO MOURA

    Rui Rio comemora hoje um ano como presidente da Câmara Municipal do Porto e o mínimo que se pode dizer é
    que não tem sido nada fácil esta sua primeira incursão no poder local. Sobretudo porque deparou com uma
    situação financeira periclitante, que o levou a impor a uma dieta rigorosíssima a todos os serviços municipais e a
    queixar-se, abundantemente, da “pesada herança” que lhe foi deixada. TEXTO

    Os Altos e Baixos da Câmara do Porto Segundo Rui Sá
    Por MARGARIDA GOMES

    Na véspera de se assinalar o primeiro ano do mandato do executivo da Câmara do Porto, liderada por Rui Rio, o
    vereador comunista, Rui Sá, fez a radiografia da gestão política da coligação PSD/CDS-PP e encontra nela, ao
    mesmo tempo, aspectos positivos e negativos. TEXTO

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://www.egroups.com/group/pned

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário