• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[PNED] 1 e 2 Dez/Meter na Gaveta?
Debate:
de
Fazem-se muitos conccursos publicos cujos resultados vao para a gaveta. No caso de alguns, ainda bem. Sera o que vai acontecer ao concurso Thyssen? E nao estaria na altura de desenterrar o projecto que ganhou o concurso para o Parque ludico e verde de Campanha, ganho por uma equipa em que participou o antropologo Matos Rodrigues e o arquitecto Jorge Patricio? Para dizer do bem e do mal que têm? E um seminario sobre a forma de ressuscitar o Parque Oriental, que a actual Camara parece querer deixar em lume brando? E por que é que a equipa Fernandes de Sa que dirige o PDM gosta tao pouco da REN e da RAN? Nao haveria ai maneira de salvar em condicoes mais vantajosas muitas das quintas e outras areas verdes de Campanha?

Seguem os resumos de noticias de interesse urbanistico-ambiental relativas ao Porto e Noroeste tal como constam das paginas electronicas do JN e Publico (Porto e Minho), de 1 e 2 de Dezembro, resumos esses que remetem para textos mais desenvolvidos nessas mesmas páginas. A selecção é de nossa responsabilidade.

PNED: Porto e Noroeste em Debate

1 de Dezembro de 2002

JN

Casa da Torre da Marca tem um visual renovado

Monumento da Rua de D. Manuel II (Porto) sujeito a obras de restauro nuno silva

A Casa da Torre da Marca, edifício secular situado na Rua de D. Manuel II, no Porto, termina o ano com instalações renovadas. Foi o resultado dos trabalhos de restauro, projectados pela Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais e custeados pela Diocese. O novo visual foi apresentado, ontem, numa cerimónia presidida pelo bispo do Porto, D. Armindo Lopes Coelho, que serviu, igualmente, para assinalar a abertura do ano lectivo do Centro de Cultura Católica, lá instalado. A intervenção, de interiores e fachadas, arrancou no ano passado e melhorou o aspecto de um edifício que engloba a Torre da Marca (voltada para a Rua da Boa Nova) e o Palácio dos Terenas.

Construir um Porto para todos

No âmbito das comemorações do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, depois de amanhã, a Câmara Municipal do Porto propõe-se “ajudar a construir um Porto para todos” através de eventos específicos. Assim, nesse dia, às 11 horas, nos Paços do Concelho, a autarquia vai homenagear atletas olímpicos que conquistaram medalhas nos jogos de 2000. Às 14.30 horas, no pavilhão Rosa Mota, Rui Rio preside à abertura de actividades desportivas adaptadas à pessoa com deficiência, ateliers de música e teatro, além do maior círculo de percussão realizado no país, em que 4000 pessoas tocarão em conjunto.

IVA passou de 5% para 19%

O custo total dos investimentos deverá atingir 25 milhões de euros. Mas o presidente da Câmara, Mário de Almeida, enfrente nesta altura duas indefinições. A primeira tem a ver com os terrenos: “queremos que sejam os proprietários a vendê-los”, ao contrário do que definiu a Parque Expo aquando da elaboração do plano estratégico.

Lixo por brindes

Campanha em ecocentro da Póvoa A Câmara da Póvoa de Varzim vai promover, a partir da próxima quinta-feira, a “Troca por Troca”, destinada a divulgar e incentivar a utilização do ecocentro de Laundos. A campanha consiste na troca de materiais recicláveis por brindes. “Quem levar um mínimo de cinco quilos de lixo reciclável ao ecocentro recebe uma oferta, que poderá ser uma mochila, um guarda-chuva, cadernos e lápis”, refere a autarquia. A campanha é inaugurada com uma cerimónia que contará com a presença de meia centena de alunos das escolas de Argivai e Nova Sintra. No local, as crianças participarão numa oficina de Natal, para aprender a reaproveitar materiais que todos os dias são desperdiçados. O ecocentro está instalado no Parque Industrial da freguesia de Laundos e entrou em funcionamento em Junho de 2001.

Siza revoluciona frente marítima vilacondense

Intervenção, a concluir até ao final de 2004, inclui a construção de um restaurante, discoteca, café e uma piscina de água salgada Céu Salazar

A comissão local de acompanhamento do Programa Polis de Vila do Conde reuniu-se, pela primeira vez, anteontem à noite, para analisar os estudos da Frente Marítima (entre o Forte de S. João e a Póvoa de Varzim), intervenções projectadas pelos arquitectos SizaVieira e Alcino Soutinho, que deverão estar concluídas até ao final de 2004.

Testes ao “Andante” do Metro

O título de transporte intermodal “Andante” vai ser estreado depois de amanhã na estação de Metro de Pedro Hispano, em Matosinhos. A simulação de utilização do título, um cartão recarregável munido de um “chip”, vai ser presenciada pelo presidente executivo da Empresa do Metro do Porto, Oliveira Marques, e por outros administradores e técnicos da empresa. O “Andante”, que a partir de Março de 2003 será alargado aos comboios da CP e aos autocarros e eléctricos da STCP, vai custar cinquenta cêntimos e cada carregamento mínimo é de 80 cêntimos, o custo de uma viagem de duas zonas.

Uma cidade dividida entre pobres e ricos

Novo PDM quer corrigir desiquilíbrios que afastaram a classe média helena norte

Desenvolver a zona oriental para equilibrar a cidade, criar regras específicas de construção e volumentria para cada zona e aumentar para o dobro os espaços verdes são algumas das propostas da equipa de urbanistas que está a rever o Plano Director Municipal (PDM) do Porto. O relatório técnico já está concluído, mas, até à sua publicação, falta ainda cumprir várias etapas, nomeadamente a discussão pública para reunir contributos e críticas.

Aveiro : Programa Polis revoluciona toda a zona do cais do Alboi

Actual pavilhão do Beira-Mar, instalações fabris das empresas Bóia & Irmãos e EPA e garagens da Polícia Marítima vão abaixo Pedro farias

O pavilhão do Beira Mar vai ser demolido no âmbito do Programa Polis para a cidade de Aveiro. A data do desmantelamento do recinto e a localização do novo pavilhão ainda não estão definidas, estando dependentes, para já, de negociações com o clube.

braga : REFER pode manter a Estação de Tadim

Solução alternativa “infringiria” regras em vigor MAGALHÃES COSTA

No âmbito da remodelação do ramal Braga-Nine, a REFER poderá optar pela não demolição da Estação de Tadim. Uma solução alternativa foi, anteontem à noite, “ensaiada” pelo arquitecto Calapez, numa reunião que juntou todas as partes envolvidas no processo. A alteração do projecto ferroviário fica agora dependente de um encontro entre a REFER, a Câmara Municipal de Braga e a Junta de Tadim. A derradeira decisão será tomada até ao final do ano, apesar daquela empresa considerar “muito complicado” alterar um projecto já com obras em curso.

Público

Domingo, 01 de Dezembro de 2002

Desatar o Nó do Mercado Abastecedor
Por NUNO CORVACHO
O arquitecto galego Victor Hermo, com “atelier” na Corunha, é o líder da equipa vencedora da edição de 2002 do Prémio Thyssen. Este é um galardão bienal instituído pelo grupo alemão de empresas ThyssenKrupp Industrial e que premeia soluções urbanísticas inovadoras para áreas citadinas problemáticas em Portugal e Espanha. TEXTO

O Trio dos Terceiros
Se nos dois lugares de honra do Prémio Thyssen ficaram equipas de arquitectos espanhóis, os terceiros premiados, cada um contemplado com a verba de três mil euros, foram jovens profissionais portugueses. TEXTO

“Premiar a Originalidade”
“Os dois projectos premiados reflectem duas atitudes opostas perante a arquitectura. Ambos são bons mas muito diferentes” – é esta a opinião do arquitecto Manuel Salgado, que fez parte do júri apreciador das propostas concorrentes ao Prémio Thyssen e é também o autor do Plano de Pormenor das Antas. TEXTO

Polis de Vila do Conde Une Siza Vieira e Alcino Soutinho
Por ANGELO TEIXEIRA MARQUES

O presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde qualificou de “inconcebível” a decisão do governo de tributar, com 19 por cento, o Imposto sobre Valor Acrescentado(IVA), as obras relativas ao Polis- Programa de Requalificação Ambiental Urbana e Valorização Ambiental de Cidades. Mário Almeida mostrou-se convicto que o governo “vai voltar atrás” sob pena de asfixiar a execução dos Polis. TEXTO

Debate Sobre PDM do Porto Acabou Numa Apresentação do Plano
Por ANDRÉIA AZEVEDO SOARES
Um debate informal sobre o Plano Director Municipal (PDM) do Porto – promovido pelo Bloco de Esquerda, anteontem à noite, na Cooperativa Árvore – resultou numa esmerada apresentação desse documento pela equipa que o elaborou. TEXTO

Feira de Cestaria Abre Hoje em Vila do Conde
Por ANGELO TEIXEIRA MARQUES

Cesteiros de todo o país participam, a partir de hoje na primeira feira temática de artesanato, organizada pela Câmara Municipal de Vila do Conde e pela Associação para a Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde. TEXTO

Câmara de Famalicão Paga Indemnização a Empreiteiro Por ANGELO TEIXEIRA MARQUES

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai pagar uma indemnização de 36 mil e 266 euros à empresa de construção civil a quem, em Julho do ano passado, tinha adjudicado a edificação de uma passagem inferior à estrada nacional 204 (Famalicão- Santo Tirso). TEXTO

Ambientalistas Defendem Corredor Ambiental Entre Parque da Cidade e a Penha Por VICTOR FERREIRA

Entre o Parque da Cidade Costa/Mesão Frio e a Montanha da Penha em Guimarães deve haver uma ligação directa, um corredor ambiental que ligue as duas áreas verdes, uma com interesse ecológico nacional e patrimonial e outra resultante de opções de política urbanística. TEXTO

Uma Luz ao Fundo do Tunel para a Estação de Comboios de Tadim A Refer (Rede Ferroviária Nacional) vai estudar nos próximos dias sobre a possibilidade de manter o actual edifício da estação de caminhos-de-ferro de Tadim, Braga, entre os dois novos imóveis previstos para a substituir, no âmbito da remodelação do ramal de Braga, cujas obras de duplicação da via, electrificação e remoção de passagens de nível, entre outras, deverão estar concluídas em Fevereiro de 2004. TEXTO

OPINIÃO Pinacoteca Ambiental Por MIGUEL MELO BANDEIRA*

Um convite para revisitar o ambiente urbano de Braga, passado mais de um quarto de século de ininterrupta exibição do mesmo décor, pode, à primeira vista, invadir de tédio o potencial visitante. Uma tal jornada significará percorrer toda uma galeria de clássicos empoirados e enegrecidos pelo abandono. TEXTO

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário