İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    14 – 15 – 16 de Setembro

    14 de Setembro

    Público

    Projecto da Marina da Barra “Terá Que Ser Reformulado”
    Por PATRÍCIA COELHO MOREIRA

    O projecto do Complexo da Marina da Barra, previsto para o concelho de Ílhavo,
    “terá que ser reformulado”, dita um documento do Ministério das Cidades,
    Ordenamento do Território e Ambiente. TEXTO

    Um Martírio Diário em Ermesinde

    As manhãs e os finais de tarde são especialmente penosos para quem tem de
    utilizar o nó da Auto-Estrada n.º 4 (A4) com a Estrada Nacional n.º 208 (EN208),
    em Ermesinde. Filas de trânsito infindáveis, que fazem deste entroncamento um
    verdadeiro calvário – por vezes, percorrer um par de quilómetros demora mais de
    30 minutos. TEXTO

    Lixo: Alargada Recolha Porta a Porta no Porto

    A Câmara do Porto decidiu alargar o sistema de recolha selectiva porta a porta
    de lixos, tendo em conta “os resultados positivos” alcançados com a
    experiência-piloto lançada, em 2000, numa zona das Antas (Avenida dos
    Combatentes da Grande Guerra). TEXTO

    Metro em Força na Semana da Mobilidade em Matosinhos

    Por NUNO CORVACHO
    Na próxima semana, vai ser possível viajar gratuitamente das 7h00 às 22h00 no
    metro do Porto, no troço já disponível entre a Senhora da Hora e o Senhor de
    Matosinhos, ligação essa que tem estado a funcionar a título experimental desde
    o passado dia 2; as composições circularão diariamente com maior frequência, de
    oito em oito minutos. TEXTO

    Uma Associação, Dois Objectivos

    O Bairro de S. João de Deus, no Porto, tem uma fama dos diabos. É sinónimo de
    droga, drogados, traficantes, etc. Um local pouco recomendável, portanto. O
    estigma acaba por atingir todos os que lá vivem por igual, o que é uma
    injustiça. Porque entre os seus moradores há quem procure contrariar aquilo que
    parece uma fatalidade – e não tem que ser, de facto -, que é viver e ser
    fora-da-lei. TEXTO

    Estas duas sãode Lisboa mas podem inspirar os portuenses:

    Moradores do Bairro Alto Concordam com Interdição do Trânsito

    Por HUGO RODRIGUES
    Sábado, 14 de Setembro de 2002

    Do Que Precisa Lisboa? De Melhor Mobilidade. Um Exemplo: Dias Sem Carros (2)

    Por GUILHERME PEREIRA*
    Sábado, 14 de Setembro de 2002

    JN

    Espuma ao largo da praia de Leça

    A situação é normal, própria desta altura do ano, segundo uma fonte da
    Capitania
    regina bilro
    A praia de Leça da Palmeira, em Matosinhos, está a ser, desde a tarde de
    anteontem, invadida por uma espuma esverdeada que tem vindo a preocupar os
    banhistas. Mas a Capitania não vê motivo para alarme e explica que se trata de
    uma situação normal, própria desta altura do ano. https://jn.pt/textos/out7037.
    asphttps://jn.pt/textos/out7037.asp

    Reabilitação habitacional na Bouça

    O Conjunto Habitacional da Bouça, no Porto, que vai ser alvo de reabilitação e
    conclusão, é visitado hoje, às 11.30 horas, por Paulo Morais, vice-presidente
    da Câmara do Porto, Álvaro Siza Vieira, arquitecto autor do projecto,
    representante do Instituto Naci onal da Habitação, dirigentes e técnicos da
    Fenache, da Cooperativa Águas Férreas, da Associação dos Moradores da Bouça e
    sócios inscritos no projecto. O objectivo do encontro é a apresentação do
    dossiê da obra e do respectivo projecto. https://jn.pt/textos/out70315.asp
    https://jn.pt/textos/out70315.asp

    Recolha selectiva de resíduos em três mil casas das Antas

    Virgínia Alves A recolha selectiva de resíduos porta-a-porta na cidade do
    Porto vai abranger, a partir da próxima semana, 3172 habitações e 470
    estabelecimentos comerciais. https://jn.pt/textos/out70316.asp
    https://jn.pt/textos/out70316.asp

    Semana da mobilidade começa em Matosinhos

    Maria Leonor Paiva A Câmara Municipal de Matosinhos dá início, depois de
    amanhã, à Semana Europeia da Mobilidade, contemplando “O Dia dos Transportes
    Públicos”, o “Dia das Bicicletas”, o “Dia do Viver as Ruas e os Percursos
    Verdes” e a cidade “… sem carro”. https://jn.pt/textos/out70318.asp
    https://jn.pt/textos/out70318.asp

    Túnel em Ramalde cada vez mais difícil

    Governo rejeita soluções que impliquem o aumento dos encargos previstos.
    Moradores defendem enterramento a baixa profundidade carla sofia luz A
    construção de um túnel, em vez de viaduto, na zona de Ramalde onde se situa a
    urbanização das Andresas, é cada vez menos provável. A Câmara do Porto tinha
    proposto a substituição da passagem superior, integrada na construção da nova
    avenida paralela à da B oavista, por uma via enterrada, mas o Estado não está
    disposto a dar mais dinheiro. De acordo com informações prestadas ao JN, o
    Instituto para a Construção Rodoviária (ICOR) sublinha que “aceitará qualquer
    solução, desde que não haja qualquer tipo de interferência com a actual Via de
    Cintura Interna do Porto (VCI) nem aumento dos encargos previstos”. https://jn.
    pt/textos/out70319.asp
    https://jn.pt/textos/out70319.asp

    Vila Nova de Cerveira: Chumbo ao estudo do IC1

    LUÍS OLIVEIRA A Câmara de Vila Nova de Cerveira decidiu dar parecer negativo
    ao estudo prévio do Itinerário Complementar nº 1 (IC1), entre Viana do Castelo
    e Caminha. De acordo com a autarquia, o documento – que se encontra em consulta
    pública até ao próximo dia 18 e prop õe quatro soluções para aquela ligação –
    “é omisso relativamente ao impacto do troço na já sobrecarregada Estrada
    Nacional nº 13” (EN13). https://jn.pt/textos/out7053.asp
    https://jn.pt/textos/out7053.asp

    Ílhavo: Marina da Barra pode ficar sem complexo turístico

    Presidente da Câmara diz que só pode ter havido um equívoco da parte do
    ministro José carlos Maximino O projecto da marina da praia da Barra, Ílhavo,
    vai ter de ser reformulado, de modo a ter em conta as recomendações da
    autoridade de avaliação de impacto ambiental, diz o ministro das Cidades,
    Ordenamento do Território e Ambiente, Isaltino Morais, na respost a a um
    requerimento do deputado Francisco Louçã, do Bloco de Esquerda. https://jn.
    pt/textos/out70516.asp
    https://jn.pt/textos/out70516.asp

    15 de Setembro

    Público

    Câmara de Barcelos Contra Classificação do Campo da Feira

    Por FRANCISCO FONSECA
    A Câmara de Barcelos não concorda com a classificação do Campo da Feira como
    monumento nacional ou de interesse público. TEXTO
    Um Projecto do Século Passado

    Regulamento de Edificação e Urbanização do Porto Longe de Ser Pacífico

    Por LUÍSA PINTO
    Termina amanhã o período de apreciação pública do projecto de Regulamento
    Municipal de Edificação e Urbanização (RMEU) do Porto. O processo não foi muito
    participado – ao que o PÚBLICO conseguiu apurar, deram entrada nos serviços da
    câmara menos de meia dúzia de participações – mas está longe de ser pacífico.
    TEXTO
    As Excepções Dadas ao Centro Histórico
    O Polémico Artigo 45

    Câmara do Porto Promete Agilizar Processo de Conclusão do Bairro da Bouça

    Por ANDRÉIA AZEVEDO SOARES
    “Não é admissível que, por questões burocráticas, se ande há três anos a falar
    no projecto de conclusão do Bairro da Bouça. Assumo o compromisso de que, sob o
    ponto de vista documental, esse problema vai ser resolvido rapidamente”,
    afirmou, ontem, Paulo Morais, vereador do pelouro da Habitação e
    vice-presidente da Câmara do Porto. TEXTO

    Novo PDM do Porto Vai Criar Cem Quilómetros de Pistas Velocipédicas

    Por JORGE MARMELO*
    Rejubilem os utilizadores e possuidores de bicicletas do Porto. Na cidade do
    futuro prevista pelo Plano Director Municipal (PDM), cuja revisão deverá ficar
    concluída este ano, o tripeiro e acidentado burgo será servido por cerca de cem
    quilómetros de pistas dedicadas a estes veículos ecológicos de duas rodas – é,
    pelo menos, o que ficará estabelecido no papel. TEXTO

    Esgotos de Matosinhos Circularam a Céu Aberto na Maia

    Por LUÍSA PINTO
    A questão não tem a ver com partidos, e Pinto Lobão, eleito pelo PSD para a
    Assembleia Municipal de Matosinhos, tentou deixá-lo bem claro desde o início.
    TEXTO

    JN

    Câmara do Porto promete desbloquear dossiê da Bouça

    alice rios “Desta vez, ou arranca ou vou lá pôr um barril de pólvora”. Foi a
    expressão que Guilherme Vilaverde, presidente da Federação Nacional das
    Cooperativas de Habitação Económica (FENACHE), usou para expressar a sua
    determinação em fazer desbloquear o processo do Conjunto Habitacional da Bouça,
    sito entre as ruas da Boavi sta e do Melo, no Porto. https://jn.
    pt/textos/out1031.asp
    https://jn.pt/textos/out1031.asp

    Easy Bus já chegou às ruas do Porto

    Serviço especializado de transporte de crianças aposta forte na segurança hugo
    silva O Easy Bus chegou ao Porto. O serviço, que desde 1998 funciona na área
    da Grande Lisboa, expandiu-se a Norte e já começou a transportar clientes. A
    partir de amanhã, com o início das aulas, o novo serviço terá a sua prova de
    fogo, reconheceu a responsável, H elena Mota, na apresentação do projecto,
    ontem à tarde, na Associação Nacional de Jovens Empresários. https://jn.
    pt/textos/out1034.asp
    https://jn.pt/textos/out1034.asp

    Em busca do desconhecido nas minas de ouro romanas

    Integrada na acção “Geologia no Verão”, realizou-se uma visita às minas romanas
    de ouro, do Parque Paleozóico de Valongo. Equipados a rigor, tal qual os
    mineiros, a que não faltaram as botas de água e capacetes com iluminação, um
    grupo de 36 pessoas das mais diversas idades e profissões, orientadas por
    Helena Couto e Alexandre Lourenço, do departamento de Geologia da Faculdade de
    Ciência do Porto, foi à descoberta de labirintos onde, desde recuados tempos
    (época romana), se fizeram prospecções mineiras, com a finalidade de extrair o
    ouro. https://jn.pt/textos/out1035.asp
    https://jn.pt/textos/out1035.asp

    Rua das Flores no segundo Passeio JN

    Venha descobrir com o JN as histórias relacionadas com uma linda e histórica
    artéria O itinerário do segundo Passeio JN, que hoje se realiza, leva os
    passeantes, entre outros sítios, à Rua das Flores, considerada, no século XVI,
    como a “mais nobre”das artérias citadinas. “Quem diria”, comentará o leitor, ao
    vê-la hoje, como escreveu José Fer rão Afonso, “degradada e nostálgica de
    grandezas do passado”. Com efeito, ali viveu a fina flor da sociedade portuense
    daqueles tempos. E Germano Silva vai dizer aos que o acompanharem, por exemplo,
    que uma parte da actual Rua das Flores se chamou, em tempos idos, Rua dos Canos.
    E explicará porquê. Aquele historiador do Porto vai apontar o sitio onde o
    corregedor António Correia aforou dois chãos para neles construir a sua casa.
    https://jn.pt/textos/out10313.asp
    https://jn.pt/textos/out10313.asp

    Valongo já está incluído no Metro

    Quando serão as obras e com que dinheiro ainda não está decidido Virgínia
    Alves A empresa Metro do Porto avalizou os estudos apresentados pela Câmara de
    Valongo para a extensão do Metro a Valongo e a Ermesinde. “Os responsáveis pela
    construção do Metro consideraram que a nossa solução tinha viabilidade e era
    adequada para potenciar o si stema deste meio de transporte”, afirmou o
    vice-presidente da Câmara de Valongo, Marco António Costa. https://jn.
    pt/textos/out10314.asp
    https://jn.pt/textos/out10314.asp

    Braga: Solitários pobres com tecto comum

    Projecto da BragaHabit procura, nas “residências partilhadas”, uma solução
    digna para os sem-abrigo PEDRO LEITÃO Um apartamento com renda paga foi a
    solução da Empresa Municipal BragaHabit para proporcionar um lar digno aos
    “solitários sem recursos”. Os locatários apenas têm de pagar as despesas da
    água e da luz, mas beneficiam de refeições ao domicílio, a cargo de
    instituições de solidariedade. https://jn.pt/textos/out10529.asp
    https://jn.pt/textos/out10529.asp

    16 de Setembro

    Público

    Proprietários de Casas Abandonadas Vão Ser Notificados para as Demolir

    Por LUÍSA PINTO
    O combate contra aquilo que designa por “antros de marginalidade” e “focos de
    insegurança” levou ontem o vereador da Habitação e da Acção Social da Câmara do
    Porto, Paulo Morais, a três ilhas abandonadas da freguesia de Ramalde e a
    reafirmar o empenho do município em resolver aquele tipo de problemas. TEXTO

    Perder o Norte, Perder o País

    Por LUÍS COSTA
    Em finais de 1998, a Comissão de Coordenação da Região Norte (CCRN) divulgava
    um “Diagnóstico Prospectivo da Região do Norte” para o período de 2000 a 2006.
    TEXTO

    JN

    Demolição de ilhas atrasada um século

    Vice-presidente da Câmara do Porto visitou casas em ruínas e abandonadas há um
    ano em Ramalde Virgínia Alves Casas em ruína, pedaços de telhas e pedras
    impedem os caminhos que levariam às casas das ilhas privadas da Cadela,
    Carvoeiro e Maneta, na freguesia de Ramalde, onde até há pouco mais de um ano
    viviam cerca de 120 pessoas, já todas realojadas. Estas ilhas for am o alvo da
    atenção, ontem, de Paulo Morais, vice-presidente da Câmara Municipal do Porto.
    https://jn.pt/textos/out2038.asp
    https://jn.pt/textos/out2038.asp

    Ovar: Parque da cidade a passo de caracol

    Município aprovou anteprojecto por unanimidade mas ainda não há data para o
    início das obras
    NATACHA PALMA
    Ao que tudo indica, o Parque da Cidade de Ovar vai mesmo avançar. Depois de há
    um ano atrás ter sido dado a conhecer o estudo prévio feito pelo arquitecto
    Sidónio Pardal – projectista do Parque da Cidade do Porto -, foi agora a vez do
    anteprojecto ter sido a provado unanimemente, em reunião de Câmara. https://jn.
    pt/textos/out20518.asp

    https://jn.pt/textos/out20518.asp

    Tirar ao mar o sal antes que ele acabe

    Marnotos madrugam para esticar as águas, à cata de um produto que resiste à
    invasão do que é recolhido no estrangeiro PEDRO FARIAS TEXTO JAIMANUEL FREIRE
    FOTOS Acalma madrugadora da ria é apenas aparente. O cheiro salgado da maresia,
    o voo planado das gaivotas e as perfeitas formas geométricas das salinas
    imprimem ao cenário uma falsa tranquilidade. O dia começa cedo. Os marnotos de
    Aveiro, gente que tira o sal da ria como outros os frutos da terra, iniciam o
    trabalho com o nascer do sol. https://jn.pt/textos/out20523.asp
    https://jn.pt/textos/out20523.asp

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário