• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

Destaque: Não se paga!

Muito interessante o conceito do Banco de Recursos de Cantanhede (n.º 5).
Funciona como uma loja para pessoas carenciadas mas os bens “vendidos” são
gratuitos. Os que são efectivamente vendidos são-no a preços “sociais”. Será
que os preços do comércio geral são anti-sociais? É uma interrogação que
pode deixar esta interessante iniciativa…
JCM

[Esta lista tem actualmente 403 inscritos.]

Veja o site da Campo Aberto:
http://www.campoaberto.pt/

Comente, participe, divulgue.

====

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

====
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

====
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007
====

1. Gaia: Via rápida com ciclovia vai “rasgar” Oliveira do Douro

É uma via rápida com 2,5 quilómetros que rasga o núcleo urbano de Oliveira
do Douro (Gaia), ligando o nó de Gervide (IC23) à Avenida Vasco da Gama
(EN222), e com uma ciclovia que permitirá o acesso ao Parque da Cidade, na
zona da Lavandeira. A VL10, via que está prevista há mais de 30 anos e cuja
primeira fase passa exclusivamente em território de Oliveira do Douro, vai
finalmente avançar. No próximo mês, a Câmara de Gaia lançará o concurso
público para a concretização da primeira fase da via, revelou, ao JN, o
vereador das Obras Municipais, Firmino Pereira, acrescentando que as obras,
com um prazo de execução de 12 meses, devem arrancar no próximo Verão.

http://jn.sapo.pt/2007/12/26/porto/via_rapida_ciclovia_rasgar_oliveira_.html

====

2. Esposende. Arranca hoje a recolha de óleos usados

A Câmara de Esposende e a empresa municipal Esposende Ambiente vão avançar
com um projecto de recolha de óleos alimentares usados para encaminhamento
para produção de biodiesel. Esta iniciativa ocorre numa época do ano em que
a produção de resíduo aumenta.

Numa primeira fase, serão criados quatro pontos de recolha, que se
localizarão no Mercado Municipal, no Armazém da Esposende Ambiente e nas
Juntas de Freguesia de Forjães e de Apúlia, podendo a população fazer a
entrega, gratuitamente, a partir de hoje.

http://jn.sapo.pt/2007/12/26/norte/arranca_hoje_a_recolha_oleos_usados.html

====

3. Valença: Requalificação da fortaleza está em consulta pública

Praça Velha será um dos locais alvo da intervenção

A Câmara Municipal de Valença acaba de submeter a discussão pública a
terceira e última fase das obras de requalificação urbana da Fortaleza da
vila, cujo projecto foi desenhado pelo arquitecto portuense Eduardo Souto
Moura. Numa altura em que estão prestes a concluir-se os trabalhos da
segunda tranche de obras que incidem sobre a zona da designada Praça Velha,
entre a zona Sul da Coroada e o edifício da Câmara Municipal, a autarquia
avança com o processo relativo à fase final de execução de forma a poder
concluir toda a intervenção em 2010. A requalificação global da fortaleza de
Valença está em curso há cerca de três anos e representa um investimento de
quase nove milhões de euros.

http://jn.sapo.pt/2007/12/26/norte/requalificacao_fortaleza_esta_consul.html

====

4. Mundo: A humanidade está demasiado “ocupada consigo própria”

Apelo ao menino Jesus, para que “dê sabedoria aos governantes”, foi o pedido
de Natal de Bento XVI

A falta de espaço que uma humanidade demasiado “ocupada” consigo própria
deixa ao outro – incluindo Deus – e a renovada preocupação com situações de
conflito dominaram as intervenções do Papa Bento XVI nas cerimónias do
Natal. A que nem faltou um piscar de olhos ao ambiente e à “utilização
abusiva dos recursos sem qualquer precaução”.

O líder da Igreja Católica aproveitou a missa da meia-noite, no Vaticano,
para criticar o egoísmo do homem. “Quanto mais os homens se tornam ricos,
mais se preenchem a eles próprios. E menos o outro pode entrar”. Uma
premissa que se aplica ao respeito pelo próximo e pelo ambiente, sendo
responsável pelas “condições em que se encontra actualmente a terra, devido
à utilização abusiva dos recursos e à sua exploração egoísta sem qualquer
tipo de precaução”.

http://jn.sapo.pt/2007/12/26/sociedade_e_vida/a_humanidade_esta_demasiado_ocupada_.html

====

5. Banco de recursos já angariou 35 mil bens

O Banco de Recursos de Cantanhede conseguiu angariar 35 mil bens, desde
roupas a electrodomésticos, de calçado a utilidades, num ano de
funcionamento. Os donativos, segundo Pedro Cardoso, vereador da Acção Social
da Câmara Municipal, chegam de particulares, mas também de muitas empresas
que, ou dão gratuitamente, ou vendem a “preços sociais” à autarquia.

Dos 35 mil bens recolhidos, 25 mil já foram distribuídos e, nos próximos
dias, chegará a casa das famílias mais carenciadas mais um lote de produtos,
desta feita electrodomésticos.

“Acabamos de adquirir vários frigoríficos e outros electrodomésticos “a
preços sociais” para famílias que precisavam realmente deles”, sublinha o
vereador.

Lógica de “loja normal”

O Banco de Recursos abriu há um ano numa lógica de “loja normal”. É um
espaço comercial, aberto, cheio de cor, onde as pessoas são atendidas tal
como numa loja, “com a diferença de que não pagam”.

“Criámos esta filosofia para que as pessoas não se sintam constrangidas em
vir ao Banco de Recursos. Porém, sabemos que há ainda famílias que não eram
pobre, mas por qualquer contingência da vida, estão a atravessar uma
situação de pobreza, que ainda têm vergonha de pedir ajuda”, ressalva Pedro
Cardoso.

No sector social, para além do apoio escolar e do apoio pontual na melhoria
de habitações próprias, a autarquia aguarda a aprovação da candidatura ao
Programa Prohabita que visa a construção ou requalificação de 50 habitações.

“É um projecto muito ambicioso que esperamos ver aprovado e que é um passo
importante para erradicação da pobreza no nosso concelho”, sustenta o
autarca da Câmara Municipal de Cantanhede. Tânia Moita

http://jn.sapo.pt/2007/12/26/pais/banco_recursos_angariou_mil_bens.html

====

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário