www.upscalerolex.to would be brilliant skillsets and exquisite blend of gorgeous great beauty .

    Arquivo para a categoria ‘Ribeira da Granja’

    Três locais que a Campo Aberto gostaria de ver salvaguardados

    Local Ameaças e problemas A Campo Aberto propõe…
    1 – Terreno junto à Rua de Requesende, nº 144



    Grande terreno (1,3 hectares) por onde a Ribeira da Granja passa a céu aberto

    • Construção de um novo arruamento a escassos metros da Ribeira e em leito de cheia
    • Destruição das margens com a construção da rua e com diversos aterros de prédios em construção nas imediações
    • A rua é contrária ao objectivo de tornar o terreno num jardim público
    • A zona envolvente tem crescido de forma desmesurada e irreflectida, sem qualquer estrutura urbana coerente
    [...ler mais]

    A Ribeira da Granja é um dos principais cursos de água que percorre a cidade do Porto. Entubada na maior
    parte do seu percurso, restam ainda assim alguns troços a céu aberto que
    requerem urgente recuperação. Mas esta opção não está ainda assegurada. Sobre
    alguns dos poucos troços livres da Ribeira da Granja há fortes intenções
    imobiliárias e rodoviárias, apesar de os terrenos em causa se situarem em leito
    de cheia. E já em Dezembro de 2002 as cheias provocaram avultados prejuízos,
    tendo a água subido em certos locais 2 metros!

    A Campo Aberto propõe um pequeno percurso com a imprensa por 3 locais emblemáticos [...ler mais]

     

    Estranheza e indignação – são os sentimentos que nos desperta a autorização concedida pela Câmara Municipal do
    Porto (CMP) para a construção de um hotel que dista apenas 10 metros da Ribeira
    da Granja, inviabilizando a estratégia de valorização daquele vale… desenvolvida pela própria Câmara!

     

    O discurso político da CMP relativamente à política de urbanismo tem sido semelhante à opinião das
    associações de defesa do ambiente. Paralelamente, o executivo tem lamentado
    insistentemente a “herança” do mandato anterior, criticando abertamente as
    Normas Provisórias (NP) e o licenciamento

    [...ler mais]

    A convivência das cidades com os rios tem sido muito pouco saudável. É
    o caso da Ribeira da Granja, encanada em cerca de 80% do seu percurso. Há
    que pôr termo a esta visão separatista do ambiente: os cursos de água devem
    conviver com o tecido urbano de forma tão natural quanto possível e ser
    respeitados enquanto tal. Numa cidade, assumem a função primordial de
    corredores ecológicos, albergando uma rica fauna e flora e contribuindo para
    uma cidade mais sustentável e alegre.

    Em boa hora decidiu a Câmara Municipal do Porto (CMP) encomendar a
    “Estratégia de Valorização do Vale da Ribeira da Granja”.

    [...ler mais]