Arquivo para a categoria ‘Árvores e jardins’

    DECLARAÇÃO DE FUNDAÇÃO DO MEL – MOVIMENTO ESPAÇOS LIVRES

    Fundado o Movimento Espaços Livres
    para a defesa dos espaços verdes e da mobilidade suave em meio urbano

    Em assembleia de fundação, as associações e movimentos signatários  decidiram constituir entre si o Movimento Espaços Livres, de caráter informal, composto de associações formais e grupos e movimentos informais, que, no limite das suas possibilidades, atuará onde houver elementos seus e onde lhe seja solicitado por cidadãos ou grupos de cidadãos.

     

     

    O Movimento Espaços Livres tem por objetivos:

    No que se refere [...ler mais]

    CARTA ABERTA AOS CIDADÃOS
    Nova agressão à escarpa do Douro no Porto
    Colocado em 22 de novembro de 2021

     A Campo Aberto – associação de defesa do ambiente partilha as preocupações de caráter ambiental, ecológico e paisagístico já manifestadas por diversas personalidades, e por entidades como a Faculdade de Arquitetura do Porto, e temos visto também citadas as de Ciências, Letras e Nutrição (ou seja o polo universitário do Campo Alegre), a respeito dos impactos, que se preveem desproporcionados, dos projetos vencedores de concurso público para a nova ponte sobre o Douro já dados a conhecer.

    Para [...ler mais]

    PEDIDO DE INFORMAÇÃO À EMPRESA METRO DO PORTO S. A.  
    E À CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO
    Colocado em 12 de setembro de 2021

    Sete associações, seis do Porto e uma delas nacional, apresentaram em conjunto, em 19 de dezembro de 2020, um requerimento à Direção Geral do Património Cultural para a classificação como património cultural do Monumento aos Heróis da Guerra Peninsular e Jardim envolvente na Rotunda da Boavista, no Porto, requerimento esse ainda sem resposta. Por esse motivo, e nomeadamente face às obras da Metro do Porto em curso e previstas para aquele local, acabam de enviar à Metro do Porto [...ler mais]

    JORNADA  PARA UMA CIDADE REALMENTE VERDE
    4 de setembro 2021

    Algumas fotos de uma jornada que uniu nove coletivos, entre os quais cinco associações formais e quatro movimentos peticionários informais. Veja a seguir às fotos o artigo que antecedeu a jornada e que explana os vários motivos na origem desta iniciativa pacífica e colorida. Aí pode igualmente inteirar-se de quatro das situações mais graves de desprezo pelos espaços verdes e pelos direitos dos moradores à qualidade de vida numa cidade cada vez mais cinzenta e cujos responsáveis, sem pudor, a afirmam como verde e sustentável.

      [...ler mais]

    COMUNICADO DO MOVIMENTO POR UM JARDIM FERROVIÁRIO NA BOAVISTA
    Colocado em 29-05-2021

    Para a CMP «a auscultação pública que interessa são as eleições autárquicas»

    Que importância têm afinal os cidadãos e cidadãs na decisão dos assuntos públicos da cidade do Porto? A Câmara Municipal esclarece-nos que nenhuma: «a auscultação pública que interessa são as eleições autárquicas»

    O Movimento por um jardim ferroviário na Boavista participou na reunião pública da Câmara Municipal do Porto (CMP) e na Assembleia Municipal que se realizaram na segunda-feira, 24 de Maio. Pedimos que a auscultação [...ler mais]