Arquivo para a categoria ‘Campanha dos 50 espaços verdes’

    APOIO ATRAVÉS DE COMPRA DE 20 EXEMPLARES
    A PARTIR DA DATA DE IMPRESSÃO DO LIVRO (SETEMBRO 2017)

    Colocado em 4 de fevereiro de 2019

    A Freguesia de Campanhã, no Porto, requereu-nos a encomenda e compra de 20 exemplares alguns dias antes da apresentação do livro que decorreu no auditório da Freguesia no sábado, 2 de fevereiro de 2019 (mais abaixo, pormenores sobre essa apresentação), associando-se assim à divulgação do ideário que o livro exprime: um futuro assente na revalorização, recuperação, regeneração dos valores naturais, ecológicos e  paisagísticos no território da AMP.


    Colocado
    [...ler mais]

    COLABORE NA ATUALIZAÇÃO PERMANENTE
    DA COMPILAÇÃO ATUALIZADA SOBRE
    50 ESPAÇOS VERDES EM PERIGO E A PRESERVAR
    NA ÁREA METROPOLITANA DO PORTO

    Entre janeiro de 2014 e abril de 2016, efetuámos uma atualização (embora parcial) dos dados recolhidos em 2006-2008 na nossa Campanha 50 Espaços Verdes em Perigo e a Preservar na Área Metropolitana do Porto.

    Essa atualização serviu de base também para parte do livro ESPAÇOS VERDES E VIVOS, UM FUTURO PARA A ÁREA METROPOLITANA DO PORTO, que está em fase de finalização e que será logo que possível editado em papel e divulgado.

    Se mora ou trabalha no concelho [...ler mais]

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Revisitando…

    (Visite, para enquadramento do presente artigo, o artigo anterior sobre esta campanha.)

    Na sequência dos preparativos para a edição de um livro sobre a campanha organizada pela Campo Aberto em 2006-2008 que foi coordenada por Nuno Quental e Mafalda Sousa (50 Espaços Verdes em Perigo e a Preservar na Área Metropolitana do Porto), e com vista a atualizar informações sobre esses espaços, a Campo Aberto visitou, de maio a julho de 2014, alguns dos espaços do concelho do Porto e de outros [...ler mais]

    Em 2006-08, a Campo Aberto lançou e levou a termo uma campanha, amplamente participada pelo público e por várias entidades, para selecionar 50 Espaços Verdes em Perigo e a Preservar no que então era a Área Metropolitana do Porto, com os nove concelhos Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia.

    Terminada a campanha, pretendia-se publicar um livro com os seus resultados. No entanto, devido a se terem entretanto ausentado do Porto, por motivos profissionais, os dois coordenadores da campanha, Nuno Quental e Mafalda Sousa, a publicação [...ler mais]

    O rio Sousa é um afluente da margem direita do rio Douro com extensão de 65 km. Nasce em Friande (Felgueiras) e desagua em Foz do Sousa (Gondomar). Ao longo do seu trajecto atravessa os concelhos de Felgueiras, Lousada, Penafiel, Paredes e Gondomar (Covelo e Foz do Sousa). Tem como afluentes principais na margem esquerda o rio Cavalum e na margem direita os rios Mezio e Ferreira, este último de maior significância. A bacia do rio Sousa apresenta, em alguns troços, galerias ripícolas (amieiro, salgueiro‐negro e freixo), outras matas autóctones [...ler mais]