- Campo Aberto - https://www.campoaberto.pt -

Uma epidemia abala o mundo – mas os rios ainda correm para o mar

MANIFESTO: UMA EPIDEMIA ABALA O MUNDO

– MAS OS RIOS AINDA CORREM PARA O MAR (E AGORA LEVAM MÁSCARAS)

E depois da pandemia?
#ManifestoPelosRios junta 15 organizações, movimentos e pessoas e quer alertar a sociedade para a saúde do planeta.

Até 20 de julho subscreveram os coletivos:
AGA – Associação Geoparque Arouca
ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental
Associação COARA – Centro Oficina Artística Rui Aguiar
Associação dos Pescadores Profissionais e Desportivos do Cais do Ouro
Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
MOLIMA – Movimento para a defesa do Rio Lima
NAST – Núcleo Associativo de Santo Tirso
NDMALO-GE (Núcleo de Defesa do Meio Ambiente Lordelo do Ouro – Grupo Ecológico)
Movimento em Defesa do Rio Tinto
Observatório Ibérico de Energia
ONGaia
Plogging Bragança
Rede Inducar
Regenerarte
VIPA 1051

«Uma epidemia abala o mundo – mas os rios ainda correm para o mar (e agora levam máscaras)» é o nome do manifesto subscrito por 15 organizações e movimentos nacionais – e algumas pessoas a título individual –, criado com o propósito de alertar a sociedade para os principais problemas ambientais que envolvem os rios e os ecossistemas em todo o mundo.

Juntamente com a REDE INDUCAR e, inicialmente, mais seis organizações, a Campo Aberto lançou este Manifesto [1] que sublinha a importância dos ecossistemas fluviais na saúde do ambiente e da humanidade, e portanto também no nosso território.

Sugerimos que o divulgue, para informação, aos seus contactos. Se conhecer alguma outra associação, coletivo ou entidade que possa estar interessada em subscrevê-lo, agradecemos que o proponha diretamente à entidade (s) em causa.

A subscrição é sobretudo por parte de coletivos ou associações ou outras entidades, quer sejam ou não designadas como de ambiente, desde que se identifiquem com o teor geral do Manifesto. Pessoas a nível individual podem também subscrevê-lo.

Para qualquer dúvida:
Ricardo Caldas
comunicação@inducar.pt
913 901 475
www.inducar.pt

INTRODUÇÃO DO MANIFESTO

A saúde é uma só, e num planeta doente não pode haver humanidade saudável. Queremos chamar a atenção de todos e de todas, para a enorme importância que a saúde dos rios e das bacias hidrográficas tem no equilíbrio da Terra.

Esta é a razão pela qual um conjunto de movimentos e organizações subscrevem este manifesto, unidos na determinação de contribuir para uma nova atitude para com os nossos rios. Mas não queremos estar sós nesta luta. Procuramos, por isso, alargar o movimento de subscritores.

Para se juntar a nós, é necessário preencher o formulário disponível na ligação acima. Alguma questão estamos ao dispor.