[PNED] O Metro Leva Tudo àFrente: Boletim 27 de Janeiro de 2005

    [Esta lista tem actualmente cerca de 290 participantes inscritos.]

    Destaque: O Metro Leva Tudo à Frente

    Que o fazia com o patrimóneo arbóreo da cidade já o sabíamos. Com o
    Politécnico. E com o Hospital de S.João, ficamos a saber que nem os doentes
    respeita. Esta forma de gerir obras e de administrar uma cidade é
    intolerável. Apenas podemos dizer que as instituições afectadas e a
    população têm demonstrada uma comprensão excessiva para com desmandos que
    não são aceitáveis a nenhum pretexto. E pode dizer-se igualmente que o mero
    cuidado de “pensar” as obras com os que vão ser afectados de forma a
    antecipar as melhores soluções deveria ser uma simples rotina. Em vez disso
    temos que só à última hora é que os principais interessados se dão conta,
    com a picareta já sobre as respectivas cabeças, do que vai passar-se. Quem
    porá um ponto final nesta (não) metodologia?
    =================================

    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
    faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt

    =================================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    =================================
    Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2004

    1. Faculdade de Medicina ameaça Metro com providência cautelar

    ANA TROCADO MARQUES A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
    (FMUP) vai avançar com uma providência cautelar contra a Metro, por forma a
    parar as obras em curso da futura Linha Amarela (Hospital de S.
    João-Laborim) que, de acordo com aquela instituição, se apoderaram
    indevidamente de terrenos privados da faculdade, junto ao Hospital de S.
    João. O director da FMUP, José Amarante, afirmou ao COMÉRCIO que a
    instituição exige uma revisão total do traçado do metropolitano junto àquele
    Hospital-Faculdade e alerta para o impacto negativo que a passagem do metro
    à superfície terá no normal funcionamento daquela importante unidade de
    saúde (ver caixa).

    https://www.ocomerciodoporto.pt/

    =================================

    2. Docas à moda do Porto avançam

    A Câmara do Porto aprova o projecto de requalificação da zona da Alfândega.
    Os promotores, Refer e Invesfer, pretendem construir na margem ribeirinha
    áreas de restauração, esplanadas, bares e comércio, naquilo que denominam
    como umas docas à moda do Porto.

    https://www.oprimeirodejaneiro.
    pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=e6a002f8ba0718
    6a09
    7ce3504bfc35c3

    =================================

    3. Comissão não acredita em nova discussão pública Queixas ao PDM devem ser
    sanadas

    O relatório da terceira discussão pública do Plano Director Municipal (PDM),
    terminada na passada segunda-feira, só deverá ser submetido à Assembleia
    Municipal na primeira quinzena de Março.
    Durante as próximas duas semanas os técnicos dos serviços da Câmara do Porto
    deverão elaborar o documento para apreciação que será um «apanhado» da
    discussão pública. Ao que O PRIMEIRO DE JANEIRO conseguiu apurar, até à
    passada sexta-feira haviam sido depositadas 22 queixas ao PDM, entre elas a
    dos moradores do Bairro da Fábrica da Areosa e a dos moradores dos edifícios
    Villa Bessa I e II.

    https://www.oprimeirodejaneiro.
    pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=5be13ed648e80a
    b6e8
    6d6c6600699ce9

    =================================

    4. Pensar grande
    Troço da Muralha Fernandina no parque da Alfândega está de novo à vista. O
    que fazer com ela?
    por hélder pacheco professor e escritor

    Achamada Muralha Fernandina do Porto foi levantada ao longo de três
    reinados, de D. Afonso IV (em 1336) a D. Fernando (em 1376). Teria de
    perímetro à volta de três quilómetros e, rodeando o primitivo aglomerado de
    Penaventosa, estendia-se até ao morro da Vitória, descia junto a Miragaia e
    ladeava a frente ribeirinha entre a Ponte Nova e os Guindais. Com ela, o
    Porto e os seus burgueses respiraram com algum alívio a coberto dos ataques
    – por terra – do inimigo tradicional castelhano e – pelo rio – dos piratas
    que, por vezes, subiam o Douro até Massarelos.

    https://jn.sapo.pt/2005/01/27/grande_porto/pensar_grande.html

    =================================

    5. Portugal Exporta Metade dos Seus Resíduos Perigosos

    Por ANA FERNANDES

    A ausência de estruturas de tratamento de resíduos industriais perigosos em
    Portugal está a obrigar o país a exportar metade do que produz, a maior
    parte para Espanha.
    https://jornal.publico.pt/2005/01/27/Sociedade/S25.html

    =================================

    6. Nobre Guedes Quer Reactivar Odelouca

    O ministro do Ambiente, Luís Nobre Guedes, deu os primeiros passos para
    tentar reatar a construção da barragem de Odelouca, no Algarve, suspensa há
    dois anos.
    O governante deu instruções para tentar resolver o contencioso que opõe o
    país a Bruxelas e que levou à suspensão do financiamento comunitário por
    violação da directiva Habitats.
    https://jornal.publico.pt/2005/01/27/Sociedade/S25CX01.html

    =================================

    7. As Medidas de Nobre Guedes

    Em Setembro do ano passado, o ministro do Ambiente, Luís Nobre Guedes,
    prometeu tomar 50 medidas em seis meses. Ontem, a menos de um mês das
    eleições legislativas, apresentou um balanço antecipado, anunciando que foi
    além das suas promessas. “Não foram 50 medidas, foram 81”, disse.
    https://jornal.publico.pt/2005/01/27/Sociedade/S25CX02.html

    =================================

    8. Plano Francês para a Biodiversidade Causa Polémica

    Por ANA NAVARRO PEDRO, Paris

    A cara encaixada na mão, uma caneta esquecida entre os dedos, Mamadou Diallo
    passeia um olhar pouco ameno pelo imenso átrio da UNESCO, em Paris. Passam
    poucos minutos das oito horas da manhã, e já chegaram muitos dos 1200
    cientistas, políticos e ecologistas reunidos aqui de 24 a 28 de Janeiro, na
    Conferência Internacional sobre a Biodiversidade, consagrada à “Ciência e
    governação”.

    https://jornal.publico.pt/2005/01/27/Sociedade/S28.html

    =================================

    9. “Não Percebo Esta Súbita Pressa”

    Por ÁLVARO DOMINGUES, geógrafo

    Divulgado em separada e na íntegra por outros pnedargonautas.

    https://jornal.publico.pt/2005/01/27/LocalPorto/LPOPI.html

    =================================

    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
    veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    =================================

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias, de O Primeiro de Janeiro, Comércio do Porto e do Público Local
    Porto e Minho (em um ou vários dos citados, não necessariamente em todos).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por José Carlos Marques

    Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:
    campo_aberto@oninet.pt
    telefax 229759592
    Apartado 5052, 4018-001 Porto

    =================================

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
    Links do Yahoo! Grupos

    <*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    <*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
    pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    <*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
    https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário