- Campo Aberto - https://www.campoaberto.pt -

Boletim PNED de 7 de Março de 2003

[PNED] 7 Mar/ Ouçam os motoristas da Carris
-feira, de de 2003

(Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instruções do
rodapé desta mensagem.)

Sumario:

– a mobilidade na cidade vista por um motorista de autocarro
– o elevador dos Guindais e o abuso da retórica dos “projectos estratégicos”
– a tira à moda do Porto ou a casa portuense dos séculos XIX e XX
– mobilidade dos deficientes no Porto e em Oliveira de Azeméis
– ainda os areeiros de Entre-os-Rios
– traçado de avenida em izmir elit escort [1] Aveiro contestado por população
– complexo turístico ameaça museu-mosteiro de Tibães (Braga)… e a Reserva
Agrícola Nacional
– em Aveiro moradias de luxo afundam-se aos poucos
– mortes por cancro causam medo das minas da Urgeiriça
– Vale do Minho preocupado com água e saneamento

Seguem-se os resumos de notícias de interesse urbanístico/ambiental
publicadas na edição izmir anal escort [1] electrónica do JN, em 7 de Março de 2003. A selecção é
da associação Campo Aberto. Para os textos integrais consultar as referidas
páginas ou a respectiva izmir vip escort [1] edição em papel.

PNED = Porto e Noroeste em Debate

Notícias fora deste âmbito geográfico podem a título excepcional ser
incluídas por apresentarem interesse evidente para questões relativas ao
Porto e Noroeste.

7 de Março de 2003

Amadeu Silva Motorista da STCP

Quais são as dificuldades que um motorista da STCP enfrenta no dia-a-dia?
São tantas. O trânsito na cidade é infernal, os carros mal estacionados
impedem-nos de circular, as obras complicam ainda mais, estamos em constante
pressão. Pressão para cumprir os horários? Sim, pressão dos passageiros. É
normal, estão sempre ansiosos por chegar ao destino. Mas já teve problemas
com isso? Não, porque eu tenho uma forma de trabalhar especial. Quando o
cliente tem razão assumo, quando não tem, tento justificar-me o melhor que
posso. Isto tem que ser assim nos dias que correm porque as pessoas andam
com muito stress. Quantas viagens faz por dia? Depende dos dias e da
carreira. Se estiver com a linha 37 e a 1 faço quatro a cinco viagens, se
estiver com a 41 só faço quatro.

Cardoso diz que STCP é a solução

“Só há uma entidade com capacidade para explorar o elevador: a STCP, que, no
meu mandato, sempre manifestou abertura para isso”. Nuno Cardoso, o
antecessor de Rui Rio, não tem dúvidas quanto à melhor solução para o
elevador dos Guindais. E ressalva que “o Estado é que tem que saber a quem
entregar o equipamento: se à Câmara, à STCP, ou a outra entidade”. Cardoso
recorda que a obra foi aprovada como sendo um “projecto estratégico para o
Porto”, na medida em que estabeleceria um “contacto directo” com os
transportes públicos, através de um interface rodoviário na Praça das
Camélias e da interligação com a rede de eléctricos da Baixa. “Seria um
circuito estratégico para a reabilitação do comércio tradicional portuense”,
argumentou o ex-presidente da Câmara do Porto.

porto Elevador sem dono

contradição Processo não “atormenta” Rui Rio, que aguarda decisão
da Porto 2001
Sociedade diz que será a Câmara a decidir a concessão
Nuno Silva *

Rui Rio não está preocupado com o futuro do elevador dos Guindais, porque o
mesmo “irá ser definido pela Casa da Música/Porto 2001”. Por outro lado,
fonte daquela entidade argumenta que, quando a obra estiver pronta, “será
entregue à Câmara, que depois decidirá a respectiva concessão”.

Como muda a cidade?

por MANUEL CORREIRA FERNANDES ARQUITECTO A “tira” à moda do Porto (estreita,
profunda e alta) fez cidade no melhor sentido do conceito

A crónica da semana passada serviu para trazer para o “Passeio Público” o
tema da casa típica do Porto do último século e meio. Alguém se lhe referiu
como a “tira” à moda do Porto, reflectindo, nessa designação, não apenas as
características físicas e dimensionais da dita casa mas, também, uma certa
cultura ao convocar, simultaneamente, uma sugestão gastronómica tão
portuense como são as “tripas”, também elas à moda do Porto.

Rui Rio quer mobilidade total

labirinto Autarca diz que ainda há edifícios que não estão preparados para
os deficientes
Inês Schreck

“Perceber o problema é fácil, mas senti-lo é um pouco diferente”, afirmou,
ontem, o presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, pouco antes de entrar no
“Labirinto – Enfrentar Barreiras”, um projecto que está a decorrer no
edifício da Alfândega, no Porto, e que pretende sensibilizar e alertar a
opinião pública para as dificuldades de mobilidade dos deficientes. Um tema
que, na opinião do edil, tem sido acarinhado e acompanhado de perto pela
autarquia, que foi pioneira ao criar o provedor para o cidadão com
deficiência, “figura que visa acima de tudo fazer cumprir a legislação
existente”.

oliveira de azemÉis :

Preparar a cidade para o deficiente

Marta Reis

“Ver as pessoas com deficiência motora a passearem sem dificuldade pelas
ruas da cidade e conseguirem, sozinhas, aceder aos vários edifícios
públicos” é o objectivo final de um plano de intervenção, a ser posto em
prática durante as comemorações do Ano Europeu da Pessoa com Deficiência, em
Oliveira de Azeméis. Quem o garante é o presidente da autarquia local, Ápio
Assunção.

Entre-os-Rios: ADRAG pode ir parar a tribunal
José Santos

O vice-presidente da Associação de Familiares das Vítimas da Tragédia de
Entre-os-Rios está ponderar a apresentação de um processo-crime por
difamações contra ADRAG-Associação de Dragagens do Norte. Num comunicado
emitido pela ADRAG, afirma-se que Augusto Moreira foi uma das pessoas
ajudadas pelos areeiros. “Das entidades singulares, muitas pessoas com
dificuldades foram ajudadas. Destacamos a ajuda prestada ao senhor vice –
presidente da Associação com areia para a construção da sua própria
habitação. Augusto Moreira já reagiu e confessa tr ficado “muito triste” com
as acusações. “Só o desespero de algumas pessoas pode explicar as infâmias.
Por isso, vão ter de dizer a verdade ao Tribunal. A areia empregue na minha
casa foi comprada ao preço do mercado. Os areeiros não dão nada a ninguém”,
disse.

aveiro :

Avenida agita Santa Joana

Polémica Freguesia está contra actual traçado proposto pela Câmara que
poderá afectar 60 proprietários
Jaimanuel freire Alexandre Silva

A população de Santa Joana, em Aveiro, está contra o traçado proposto pela
autarquia para a construção de uma avenida que pretende unir o centro da
cidade ao adro da igreja da freguesia, numa extensão de 1500 metros, que se
inicia na ligação à EN 109.

braga :

Complexo turístico ameaça museu-mosteiro de Tibães

PatrimÓnio Promotores, entre os quais a RAR, apresentaram já o estudo prévio
do projecto IPPAR ainda não deu qualquer parecer formal sobre a proposta
para o empreendimento
Magalhães Costa

O mosteiro de Tibães, em Braga, confronta-se com a ameaça da construção, em
terrenos contíguos, a poente, à antiga casa-mãe dos monges beneditinos, de
um complexo turístico equipado de campo de golfe (nove buracos) e um
conjunto habitacional, destinado a moradias unifamiliares. A denominada
“Quinta da Eira” será o local escolhido, mas, do ponto de vista
regulamentar, depara-se com condicionantes impostas pelo Plano Director
Municipal (PDM). Isto porque os terrenos eleitos ­ uma área aproximada de 30
hectares ­, encontram-se classificados como Reserva Agrícola Nacional.

Aveiro: Moradias de luxo estão a afundar-se aos poucos

Alarme Construção de muro de um canal sob suspeita
José Carlos Maximino

Fendas em paredes e tectos, pavimentos rachados e afastamentos entre as
casas, visíveis a olho nu, que originam infiltrações de água. Os habitantes
da Urbanização da Germen, próximo do pavilhão do Beira Mar, dizem que as
suas casas estão “a afundar-se”.

nelas :

Mortes por cancro causam medo das minas da Urgeiriça

psicose Nos últimos dez anos jáfaleceram, com a mesma doença, cerca de 40
antigos trabalhadores das minas de urânio Colegas receiam cada vez mais um
idêntico destino
Rui Bondoso e Teresa Cardoso

Um ex-trabalhador das minas de urânio da Urgeiriça, Canas de Senhorim,
morreu, anteontem, vítima de cancro do pulmão. Um outro, atingido pela mesma
doença, deu entrada, ontem, nas urgências dos Hospitais da Universidade de
Coimbra.

minho :

Vale do Minho preocupado com água e saneamento

Os seis municípios do Vale do Minho manifestam-se preocupados com o
desenvolvimento dos investimentos a realizar na região pela empresa Águas do
Minho e Lima, entidade responsável pelos sistemas de abastecimento de água e
saneamento básico do distrito de Viana do Castelo.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html