• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

Energia & Clima

A REJEIÇÃO DO NUCLEAR 1974-2018 E O FUTURO DA ENERGIA EM PORTUGAL
Colocado em 17 de setembro de 2018

Veja diretamente o suplemento Pela Vida – 1978

AS ORIGENS
Em 1974, no seio do recém-criado Movimento Ecológico Português, já se defendia uma moratória para quaisquer planos de construir centrais nucleares em Portugal. Cidadãos como Afonso Cautela (1933-2018), J.J. Delgado Domingos (1935-2014) e Gonçalo Ribeiro Telles tinham-se já pronunciado publicamente pela rejeição do nuclear. Em 1976, tendo constado que o chão da sua aldeia fora escolhido para a implementação [...ler mais]

NO PORTO TAMBÉM!
Participe: Praça da Liberdade às 17:00, sábado 8 de setembro

Informações e contactos: www.salvaroclima.pt
Mobilização internacional: www.riseforclimate.org

A propósito de alguns cartazes feitos no Canadá e na Holanda para apoio da Marcha Mundial pelo Clima de 8 de setembro de 2018, Jorge Leandro Rosa, membro da direção da Campo Aberto, propõe-nos uma interessante reflexão.

Logo a seguir ao texto de Jorge Leandro, pode ler-se o comunicado dos organizadores da Marcha do Clima em Portugal.

Colocado em 3 de setembro de 2018

Marcha Mundial do Clima 2018 – [...ler mais]

ENERGIA E CLIMA 2018
A Campo Aberto tem entre as suas linhas de trabalho permanentes o tema Energia e Clima (encontra neste e-sítio vários textos e informações se pesquisar essas duas palavras em conjunto). Em 2018, este artigo de Jorge Leandro Rosa liga entre si urgências ambientais em Portugal, como a seca, o aquecimento global, a desertificação e outras disrupções que atingem, nas palavras do autor, «o meio, a vida vegetal e animal, a vida humana no fim de contas» (subtítulos da coordenação deste e-sítio).
Colocado em 2 de março de 2018


O AMBIENTE E O TOM ERRADO DO PÚBLICO
[...ler mais]

Sábado 10 de junho de 2017, em Madrid
Colocado em 12 de maio de 2017

Aquecimento para Madrid 10 de junho
Segunda-feira 22 de maio no Porto

O Movimento Ibérico Antinuclear, que a Campo Aberto integra e apoia, realiza no sábado 10 de junho uma manifestação em Madrid para reclamar ao governo do Estado espanhol o encerramento definitivo da central nuclear de Almaraz, ameaça permanente para espanhóis e portugueses, bem à nossa porta. Não queremos Chernobis/Fukuximas em parte alguma e muito menos na Península Ibérica em plena bacia hidrográfica do Tejo! Em breve serão divulgadas [...ler mais]

Veja aqui tomadas de posição sobre a questão dos pavilhões de venda do Bolhão tomadas por associações nacionais e internacionais e a resposta a uma delas recebida da Câmara Municipal do Porto. Mais abaixo, veja outras informações sobre o Bolhão e sobre outras questões de urbanismo, com destaque para questões de mobilidade e para o conceito de «cidade regeneradora».

[Fotos a preto e branco: Antero Leite]

Colocado em abril de 2017, 14

TOMADA DE POSIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL INTBAU

Carta enviada a Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto,
pelo Presidente [...ler mais]