• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

A Campo Aberto é uma associação sem fins lucrativos, de duração ilimitada, com personalidade jurídica, que visa debater e promover o exercício da cidadania no domínio do ambiente, sobretudo nas suas dimensões natural, rural e urbana. Nisso assenta o interesse que vem dedicando às questões urbanísticas, que consideramos decisivas em matéria de qualidade de vida e do ambiente citadino. Para conhecer em mais pormenor algum do historial da associação nos seus primeiros 12 anos de atividade abra esta apresentação.

A Campo Aberto foi fundada a 27 de Dezembro de 2000, tendo obtido reconhecimento jurídico  através dos avisos publicados no Diário da República, III Série, nº 42, pág. 3874, de 19 de Fevereiro de 2001, e nº 248, pág. 22948, de 25 de Outubro de 2001. A associação está ainda registada na Agência Portuguesa do Ambiente. O NIF da associação é o 505093278.

A Campo Aberto tem cerca de 200 sócios no pleno gozo dos seus direitos e gostaria muito de receber mais. A associação está representada na plataforma associativa Convergir, na Plataforma Transgénicos Fora, na Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente, no Centro Regional de Excelência em Educação para o Desenvolvimento Sustentável da Área Metropolitana do Porto, no Conselho Municipal de Ambiente do Porto e é ainda embaixadora do Condomínio da Terra. A Campo Aberto apoia ainda o Movimento em Defesa dos Jardins do Palácio, o Movimento em Defesa do Rio Tinto, o Movimento Cívico pela Linha do Tua e o Movimento SOS Paiva.

A Campo Aberto edita a “Ar Livre”, a revista oficial da associação. Subintitulada “ambiente, cultura e alternativas”, esta revista tem um lugar inconfundível entre as publicações portuguesas dedicadas aos problemas de proteção da natureza e do ambiente. A abordagem é ao mesmo tempo exigente e interveniente mas também aberta e tolerante. A atenção aos problemas da cultura no contexto ambiental reflete-se, por exemplo, na presença discreta mas frequente da poesia, em indicações relativas ao mundo da música e das artes, ou numa série como “O sentimento da natureza na cultura portuguesa”, que já abordou figuras como Camões, Teixeira de Pascoaes, Rodrigues Lobo, Antero de Quental ou, Sebastião da Gama. Para conhecer melhor a revista, descarregue o número 16 e o número 17. A Ar Livre tem disponível espaço publicitário cuja receita se destina a cobrir os seus custos. Para saber como colaborar nesta iniciativa, contacte-nos.

São objetivos da Campo Aberto:

  1. Promover o interesse pelos problemas urbanísticos, de uma perspectiva ambiental e de desenvolvimento sustentável e de baixo impacte, inclusive no contexto das zonas urbanas onde estiver sediada a associação ou onde residirem associados seus.
  2. Contribuir para identificar as ameaças mais graves e de maiores consequências a longo prazo para a natureza e o ambiente, para as analisar e combater.
  3. Contribuir para suscitar o gosto pelas atividades e profissões de ar livre e o sentido da conexão entre saúde pessoal e saúde do ambiente.
  4. Promover o estudo e difusão das correntes de pensamento que mais têm contribuído para suscitar atitudes que visam a diminuição dos impactos negativos da tecnologia e da sociedade sobre o ambiente.
  5. Inventariar e estudar alternativas às tecnologias de elevado impacto sobre o ambiente e promover o interesse teórico e prático por essas alternativas.
  6. Promover o interesse pela análise das incidências construtivas e destrutivas que diferentes formas sociais podem exercer sobre o ambiente.
  7. Promover o interesse pela revalorização das regiões rurais, encaradas como espaços privilegiados de ensaio e concretização de alternativas tecnológicas e sociais de baixo impacto sobre o ambiente.
Documentos globais

Planos de ação

Relatórios de atividades

Relatórios de contas