• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

A Campo Aberto visitou nos passados dias 16 e 23 de Junho a Linha de Leixões e o Centro de Comando Operacional da Refer. A primeira visita foi talvez demasiado rápida mas ainda assim foi interessante conhecer um troço de via férrea utilizado somente por comboios de carga (os chamados “martelos”). Felizmente a partir de Setembro a linha terá serviço de passageiros, embora numa curta extensão de cerca de 10 km e sem ligação directa a Campanhã (ou seja, será necessário efectuar transbordo em Ermesinde).

A visita ao CCO deu a conhecer uma estrutura inovadora, altamente tecnológica, onde um grupo de apenas 8 pessoas faz a gestão e controlo do tráfego ferroviário. Na verdade, essas pessoas são fundamentais quando ocorrem problemas nas linhas ou situações anómalas. De resto, o sistema ocupa-se da gestão em situações normais. Mas quem anda de comboio sabe bem que as situações excepcionais são bem mais frequentes do que seria desejável. A Refer revelou ainda os seus planos para resolver o constrangimento existente entre Ermesinde e a Trofa que, quando ficar resolvido, permitirá encurtar os tempos de deslocação dos suburbanos em pelo menos 5 minutos.

Aqui ficam as fotografias de ambas as visitas.

Visita à Linha de Leixões:

Visita ao CCO de Contumil:

Imprimir esta página Imprimir esta página

Deixar comentário