• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

pnpg16 de Maio

Orientada por Miguel Dantes da Gama, dirigente do FAPAS – Fundo de Protecção para os Animais Selvagens e membro da equipa da revista  Tribuna da Natureza, e profundo conhecedor da Peneda-Gerês

Data limite de inscrição: 12 de Maio

A Mata de Albergaria é o carvalhal mais bem conservado do Parque Nacional da Peneda-Gerês e um dos seus mais importantes bosques, povoado por uma grande diversidade de espécies de fauna e flora autóctones e considerado Reserva Biogenética da Europa. A caminhada será em parte coincidente com a Geira Romana, via que outrora ligava Bracara Augusta (actual Braga) a Asturica Augusta (actual Astorga – Espanha), num troço que nos remete para um ambiente próximo do vivido pelos romanos há 2.000 anos e no qual o património natural e o património histórico se misturam e complementam. Passaremos por duas Milhas assinaladas com marcos miliários, alguns deles epigrafados. A título de curiosidade, cada milha corresponde a mil passos, cerca de 1481 metros. Em Campo do Gerês encontra-se o Museu Etnográfico de Vilarinho da Furna, que iremos visitar, e uma das Portas do Parque Nacional. O Museu reúne espólio daquela aldeia comunitária, a qual foi submersa aquando da construção da barragem inaugurada em Maio de 1972.

Este passeio é restrito a 26 vagas por se tratar de uma zona ecologicamente sensível, onde não é aconselhável a passagem de grupos maiores.

Características do percurso:

– Locais de passagem: Mata de Albergaria, Bouça da Mó, Campo do Gerês

– Grau de dificuldade: Baixo

– Extensão: cerca de 9 kms

– Duração aproximada: 3 horas

Programa:

7:10 –  Concentração dos participantes junto à estátua de D. Pedro IV, na Praça da Liberdade, no Porto

7:30 –  Saída do Porto em minibus

9:30 – Entrada no Parque Nacional da Peneda-Gerês em Rio Caldo. Percurso  em minibus até cerca da Mata de Albergaria

10:00 – Início do percurso pedestre pela Mata de  Albergaria, numa extensão de cerca de 9 km, até cerca das 13:30

13:30 – Piquenique com farnel na margem da Albufeira

15:30 – Deslocação em minibus até ao Museu de Vilarinho da Furna e Centro de Interpretação (Porta do Parque)

17:00 – Deslocação em minibus até S. João do Campo para visita à Ermida e à aldeia em geral

18:30 – Início do regresso ao Porto em minibus

Informações gerais:

A deslocação até ao Parque será feita em minibus contratado pela Campo Aberto.

O almoço será em regime piquenique a cargo dos participantes.

Aconselha-se o uso de calçado confortável e vestuário apropriado à época do ano.

Custo (inclui seguro de acidentes pessoais, viagem de autocarro até ao parque e entrada no museu):

Sócios da Campo Aberto: 20 euros

Acompanhantes não sócios (máximo 1 por sócio da Campo Aberto): 30 euros

Nota: podem inscrever-se desde já mais acompanhantes não sócios, ficando em lista de espera e podendo participar no passeio caso haja vagas.

Inscrições:

As inscrições são feitas por correio electrónico (passeios@campoaberto.pt) ou telefone (93 426 45 48) e deve mencionar os nomes completos, contactos telefónicos, datas de nascimento dos participantes (para efeitos de seguro de acidentes pessoais), se são sócios ou não da Campo Aberto e a forma de pagamento escolhida.

A Campo Aberto confirmará no prazo de 2 dias a disponibilidade das vagas, devendo o pagamento ser feito também nos dois dias seguintes (a Campo Aberto fornece depois instruções para o efeito).

Mais informações:

Para mais informações enviar um email para passeios@campoaberto.pt ou ligar 93 426 45 48.

Organização: Campo Aberto

Imprimir esta página Imprimir esta página

Um comentário até agora.

  1. […] Aqui ficam as fotos da nossa visita guiada ao parque nacional da peneda geres e caminhada pela mata de albergaria. […]

Deixar comentário