• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

Relato da Ana Moreira, associada e voluntária da Campo Aberto:

“No Sábado, 25 de Abril, a Junta de Freguesia de Avintes em colaboração com as colectividades avintenses organizou um passeio em três modalidades (BTT-25 Kms; Cicloturismo-15 Kms; Caminhada-5 Kms) com o tema “Os moinhos do Febros”.

Eu e os meus amigos escolhemos a caminhada. Em qualquer das modalidades participaram muitas pessoas (crianças e adultos) da zona e não só. A organização foi exemplar.

A caminhada começou pelas 9h30m no Largo do Palheirinho com entrada no Parque Biológico de Gaia e passagem pelo interior do Moinho do Belmiro Lavrador onde pudemos ver algumas alfaias agrícolas. Foi também possível ver uma lontra que terminava um banho matinal! Mas, o objectivo não era a visita ao Parque, por isso continuamos a caminhar por entre campos cultivados sempre pela margem do Febros.

Cerca das 11 horas chegamos ao local de partida e depois de recebermos o Certificado de Participação decidimos ir comprar a famosa broa de Avintes à Casa Neto. Não há qualquer indicação, mas como “quem tem boca vai a Roma” lá encontramos o sítio e trouxemos a broa bem quentinha.

Uma forma bem interessante de iniciar o dia 25 de Abril com o sol sempre presente.”

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Água

Um comentário até agora.

  1. Como membro da Junta de Freguesia de Avintes e responsável pelas iniciativas realizadas no dia 25 de Abril, em que se incluiu o passeio “Os Moinhos do Febros”, ficamos satisfeitos que tenham gostado de participar e agradecemos ainda as suas palavras quanto à organização.
    Posso ainda informar que no total estiveram presentes mais de 300 pessoas, nas três modalidades do passeio.
    Cumprimentos.
    Cipriano Castro

Deixar comentário