• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio.

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
www.campoaberto.pt
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592

======================
==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 12 de Agosto de 2008

==========================
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.
==========================
==========================

1. Porto: Deputados conhecem sistema de vigilância nocturna contra
fogos

A visita a Baião insere-se num périplo dos parlamentares ao distrito
do Porto, na qual os deputados vão poder contactar com outros
projectos na área da defesa da floresta nos concelhos de Paredes,
Valongo e Porto: Centro de Meios Aéreos – GIPS (GNR) centralizado nos
Bombeiros Voluntários de Baltar (Paredes); o Centro Operacional da
serra de Santa Justa (Valongo) e, por último, CDOS Porto – onde será
feita a apresentação do Sistema Integrado de Gestão de Emergência do
Porto (SIGEP).

Refira-se que a vigilância nocturna contra incêndios em Baião – única
no país – foi implantada pela primeira vez no ano passado, depois da
constatação de que 27,2% das ocorrências, entre 1997 e 2006,
eclodiram entre as 19 horas e a meia-noite e redundaram, quase sem
excepção, em grandes áreas ardidas. No primeiro ano em que esteve em
funcionamento, as ocorrências entre esse período tiveram uma redução
superior a 10%: de 27,4% para 17%.

O sistema de vigilância nocturna resulta da celebração de protocolos
entre a autarquia baionense (que suporta o investimento de 20 mil
euros) e as duas corporações de bombeiros voluntários do concelho,
que levam a cabo patrulhas entre as 19 horas e as 7 horas da manhã.

O concelho de Baião ocupa uma área total de 174, 522 hectares dos
quais cerca de 62,7% são espaços florestais, constituindo-se, assim,
o concelho com maior percentagem de área florestal no distrito do
Porto.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Bai%E3o&Option=Interior&content_id=978443

==========================
2. Matosinhos e Leça: Areais terão passadiços

Para breve está a colocação de passadiços nas praias de Matosinhos e
de Leça da Palmeira – as mais procuradas do concelho. Alvo de uma
candidatura isolada aos fundos do QREN, esta empreitada de quatro
meses começará após a época balnear. O concurso público foi lançado
ontem, prevendo-se um investimento da ordem dos 225 mil euros. A obra
arranca mais tarde, para não perturbar os banhistas.

A falta de espaço e um mar de Inverno agressivo fazem com que a praia
do Paraíso necessite de uma solução diferente: está prevista a
construção de uma ponte pedonal resistente. Em Angeiras, a área será
reorganizada com a construção do portinho.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Matosinhos&Option=Interior&content_id=978440

==========================
3. Gaia: Primeiro campus escolar

O primeiro campus escolar de Vila Nova da Gaia, um imenso complexo
para o ensino básico do primeiro ciclo, com capacidade para 500
alunos, custará cerca de 785 mil euros aos cofres do município. A
maior parte do investimento para a construção do campus escolar da
Serra do Pilar será assegurado por fundos comunitários do FEDER – 1,8
milhões de euros. O apoio foi formalizado, ontem, com a assinatura do
protocolo entre a Câmara de Gaia e a Comissão de Coordenação e
Desenvolvimento Regional do Norte. Recorde-se que a Autarquia quer
construir mais sete campus escolares: Aldeia (Arcozelo), Crasto
(Madalena), Juncal (S. Félix da Marinha), Pisão (Pedroso), Arcos
(Vilar de Andorinho), Guardal (Mafamude) e Rego do Pinheiro (Avintes).

O campus escolar da Serra do Pilar vai nascer junto à VL9 e à Avenida
de D. João II, num terreno com nove mil metros quadrados. Todas as
salas serão informatizadas, estando previstos espaços de arte,
recreios cobertos e ao ar livre, um quintal desportivo e outro
agrícola. Terá vitrais assinados por Júlio Resende.

O financiamento comunitário do complexo de ensino da Serra do Pilar
enquadra-se num pacote de apoios na ordem dos 2,6 milhões, que
abrange a construção de dois jardins-de-infância (EB1 do Corvo,
Arcozelo, e EB 1 de Alquebre, Serzedo), de um jardim-de-infância e
ATL (EB 1 ede Cadavão) e a remodelação e ampliação das EB 1 da
Asprela e da Serpente (Vilar de Andorinho). Todos os projectos têm um
prazo máximo de execução de dois anos.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Vila Nova deGaia&Option=Interior&content_id=978447

=========================
4. Terras de Bouro: Homenagem a Miguel Torga

Percorrer um dos trilhos preferidos de Miguel Torga. É assim que a
Câmara de Terras de Bouro assinala, hoje, os 101 anos do nascimento
do escritor. Situado na freguesia de Covide, o trilho
pedestre “Cidade da Calcedónia” apresenta um elevado valor histórico,
cultural e paisagístico, rodeado de tradições comunitárias e
vestígios arqueológicos.

Com estas iniciativas o município pretende também reforçar a procura
que os trilhos pedestres no concelho têm registado, proporcionando
aos cidadãos a actividade física e de lazer em contacto com o
património cultural e ambiental de Terras de Bouro e assinalar a
efeméride, sendo Torga um vulto da literatura que muito tem
contribuído para divulgar o Gerês como destino turístico.

Recorde-se que a grande maioria dos trilhos pedestres existentes em
Terras de Bouro são inspirados pelo escritor, sobretudo, através das
descrições de sítios e lugares que foi fazendo ao longo dos seus
livros. A câmara conseguiu reabilitar grande parte deles, dando-lhes
por isso, o nome de “Trilhos na Senda de Miguel Torga”.

As inscrições são gratuitas e podem ser efectuadas até ao início da
actividade, embora seja aconselhável que façam a inscrição junto da
Divisão Cultural do Município.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Braga&Option=Interior&content_id=978461

==========================
5. Jovens dos 12 aos 25 anos têm hoje “borlas” em transportes e museus

O Dia Internacional da Juventude é hoje assinalado com
várias “borlas” em transportes públicos, museus, espectáculos,
bibliotecas e piscinas municipais e também como uma “comemoração de
realidades actuais e perspectivas futuras”.

Os acessos gratuitos resultam de parcerias entre o Instituto
Português da Juventude e os ministérios da Presidência, das Obras
Públicas e Transportes e da Cultura. Os transportes públicos são
grátis em Lisboa e no Porto.

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1338644&idCanal=62

==========================
==========================
Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins anteriores veja
http://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário