• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

Veja o site da Campo Aberto:
http://www.campoaberto.pt/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sexta-feira, 04 de Julho de 2008

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Savinor não quer estudo ambiental

A nova unidade da Savinor deverá reduzir os maus odores emitidos. Porém, a empresa contesta a exigência de uma avaliação de impacto ambiental, sem a qual não poderá laborar com o novo equipamento.

A administração da Savinor (uma fábrica da Trofa que transforma subprodutos de origem animal), que há largos anos condiciona, através dos cheiros nauseabundos que liberta, a qualidade de vida da população de S. Romão do Coronado, onde está instalada, resolveu quebrar um longo silêncio e socorrer-se da comunicação social para dar conta de uma petição, posta a circular a 24 de Junho passado, na qual apela para a abertura das novas instalações.

Em causa está o facto de a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN) não ter ainda autorizado a laboração na nova unidade de categoria 3, fazendo depender o início da actividade da realização de um estudo de impacto ambiental, que a empresa contesta.

Recorde-se que a construção daquelas instalações, prevista num plano de acção traçado em Maio de 2007 pela Savinor com vista à obtenção da licença ambiental – que a Agência Portuguesa do Ambiente ainda não emitiu – , se incluía também no rol de medidas cautelares impostas pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte em Outubro desse ano, na sequência de uma fiscalização que apontou para a existência de “condições deficientes de laboração”.

Segundo João Pedro Azevedo, presidente do Conselho de Administração da Savinor, o “investimento de três milhões de euros” permitirá cumprir a meta, imposta pela comissão, de “melhorar substancialmente a capacidade de captação e retenção das emissões difusas”. “É uma unidade estanque”, dotada de “um conjunto de equipamentos mais eficientes a nível ambiental”, o que permitirá “reduzir os cheiros”, sustenta aquele responsável.

Contudo, “de acordo com o Decreto-Lei 69/2000 de 3 de Maio, qualquer alteração significativa de uma unidade industrial desta natureza – com impacto significativo no plano do seu desempenho ambiental – obriga à realização de um estudo prévio de avaliação de impacto ambiental, que permita conhecer e decidir com rigor sobre os efeitos poluentes das actividades em presença e da capacidade residente na sua retenção, mitigação ou anulação”, esclarece a CCDRN.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Trofa&Option=Interior&content_id=964649

==========================
2. Comboios para o Porto mais rápidos só em 2013

Viagens mais rápidas entre as cidades de Braga e do Porto ainda vai ser uma “miragem” até 2013, só possível depois da conclusão das obras da Trofa e da renovação (atrasada) das linhas entre Ermesinde e Campanhã.

Até 2013, ano em que está inicialmente prevista a conclusão total das obras de duplicação da linha do Minho, entre Braga e Porto, será impensável a redução do tempo de viagem dos comboios suburbanos inferior a 47 minutos, entre aquelas duas cidades. A excepção vai unicamente para o Alfa, com um tempo de 40 minutos, que tem já duas circulações nos dois sentidos, mas implicando um preçário mais caro para os utentes.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Braga&Option=Interior&content_id=964671

==========================
3. Estudo de desenvolvimento estratégico já foi apresentado
Gestão do Centro Histórico em marcha

Foi apresentado na segunda-feira o Estudo de Desenvolvimento Estratégico para a Unidade de Gestão de Área Urbana do Centro Histórico do Porto, a primeira a ser constituída na cidade.

A partir do último trimestre deste ano vão ser postos em execução 10 dos 11 projectos planeados no âmbito de acção da Unidade de Gestão de Área Urbana do Centro Histórico do Porto. Assim, a partir de Setembro, vai estar no terreno a pesquisa e trabalho de campo junto da população que permitirá dar corpo ao projecto «Os Contadores de Histórias da Sé». «Histórias de Motivação e Auto-Estima», a elaboração de um documentário sobre o Centro Histórico, um gabinete de atendimento permanente vocacionado para o empreendedorismo, um projecto de sinalética e mobiliário urbano, dois cursos de formação de especialização turística, um concurso de vídeo destinado à comunidade escolar, um projecto de intervenção artística no património edificado e um Plano de Gestão do Porto Património Mundial vão começar a ser concretizados, sendo que já existem financiamentos e investidores privados interessados em participar. O projecto «Centro Histórico – espaço de aprendizagem ao vivo» é o único que, para já, não tem financiamento.

(…)
A primeira UGAU vai ser criada no Centro Histórico do Porto na área interior à Rua Mouzinho da Silveira, Rua das Flores, Largo de São Domingos, Morro da Sé, Praça do Infante e Rua de São João.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c16a5320fa475530d9583c34fd356ef5&subsec=&id=bc21460bf6209e15b12d1b9ceed98a07

==========================
4. Artistas pintaram eléctrico no âmbito do projecto «Interferência Porto»

Nove artistas portuenses participaram ontem numa intervenção artística que consistiu na pintura de um eléctrico, entre as 10h30 as 19h00, em frente da Igreja de São Francisco. Acompanhados pela música do Dj Marl.on, os artistas Julio Dolbeth, Rui Vitorino Sousa, Vítor Ferreira, Theeb, Costah, Pzt, Caos e a dupla Sorry Art tiveram como missão reinterpretar um dos símbolos mais característicos da cidade do Porto. O evento decorreu no âmbito do projecto «Interferência Porto: intervenções artísticas em espaços públicos», um novo formato cultural que pretende interferir em todo e qualquer espaço público da cidade do Porto. O evento «Eléctrico interferido» é assim o primeiro de muitas «interferências» que acontecerão na cidade ao longo de 2008 e 2009. «Interferência Porto» é organizado pela Sociedade Portuense, Outras Tendências (S.P.O.T), organização cultural que trabalha entre Porto e Barcelona especializada em projectos culturais de ordem pública e urbana.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c16a5320fa475530d9583c34fd356ef5&subsec=6c8349cc7260ae62e3b1396831a8398f&id=b56196c05373f60dc442e7825cd4f76e

==========================
5. Parque Biológico disponibiliza actividades pedagógicas

Amanhã, os visitantes do Parque Biológico vão ser surpreendidos com um programa especial que contempla várias actividades. Entre as 11h00 e as 12h00, vai realizar-se o ateliê «Descobrir as borboletas». Os participantes vão aprender a tratar pelo nome cerca de 18 espécies diurnas habituais e a perceber a sua ecologia, compreendendo-se que a fragilidade destes insectos não passa só pelos danos que os nossos dedos lhes causam, mas sobretudo pela incompreensão votada à flora espontânea de que dependem. Entre as 14h30 e as 15h00, vai realizar-se a conversa do mês, subordinada ao tema «Flora Portuguesa em Perigo», que tem como objectivo ajudar a compreender melhor a relevância do património natural português. Por fim, entre as 15h00 e as 17h30, realiza-se uma visita guiada pelos técnicos do parque ao Percurso ornitológico.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=6364d3f0f495b6ab9dcf8d3b5c6e0b01&subsec=d82c8d1619ad8176d665453cfb2e55f0&id=f1b1ab2d82b8524b807e378eccc32389

==========================
6. Alteração ao Regulamento do PDM em discussão pública

Encontra-se em período de discussão pública, desde quarta-feira, a alteração ao Regulamento Plano Director Municipal de Vila Nova de Gaia. A proposta visa a alteração aos artigos 33.º e 34.º do subcapítulo IV – Zona de Concentração Industrial, do Regulamento do Plano Director Municipal. Durante 30 dias úteis, os interessados podem consultar a proposta, acompanhada do parecer da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte e da deliberação da Reunião Pública de Câmara de 19 de Maio de 2008.

Os documentos estarão disponíveis nas instalações da Gaiurb, E.M. situadas na Rua Diogo Cassels, podendo ser consultados, nas horas normais de expediente. Durante o período de discussão pública, qualquer reclamação, observação ou sugestão deverá ser apresentada por escrito, em documento devidamente identificado, devendo ser entregues directamente ou remetidos pelo correio para a Direcção Municipal de Ordenamento do Território, Urbanismo, Paisagem Urbana e Ambiente, Rua Diogo Cassels, 119/121, 4430-076 Vila Nova de Gaia.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=6364d3f0f495b6ab9dcf8d3b5c6e0b01&subsec=d82c8d1619ad8176d665453cfb2e55f0&id=63fc527c459f18fee2ec92b618aceeba

==========================
7. Praias ainda mais acessíveis

Qualquer pessoa com dificuldade motora, temporária ou permanente, pode utilizar à vontade, inclusive tomar banho, em qualquer uma das cinco praias de Gaia que içaram a bandeira-símbolo «Praia acessível praia para todos». Um projecto de inclusão na orla rainha da Bandeira Azul.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=6364d3f0f495b6ab9dcf8d3b5c6e0b01&subsec=&id=29d8aba6aec583552e70731c984194bc

==========================
8. Debate na FEUP sobre pontes pedonais

Na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) está a decorrer a terceira edição da conferência internacional «Footbridge». Um encontro que se debruça sobre a importância da construção de pontes pedonais no contexto da renovação urbana e que termina hoje.

Segundo fonte da organização, a conferência pretende abrir um espaço de discussão nas diversas vertentes ligadas ao planeamento, concepção, projecto, estudo e construção de pontes pedonais, destinando-se a engenheiros civis, arquitectos, investigadores, técnicos de planeamento, consultores e promotores de obras, construtores e fabricantes. A fonte destaca a participação, na iniciativa, do Laboratório de Vibrações e Monitorização de Estruturas, uma unidade de investigação e consultadoria do Departamento de Engenharia Civil da FEUP que tem estado envolvido na realização de ensaios dinâmicos de grandes estruturas e diversas pontes pedonais. Entre esses trabalhos encontram-se a ponte Pedro e Inês, em Coimbra, a ponte da Marina de Viana do Castelo, a ponte da Guarda e a ponte catenária do Campus da FEUP.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c16a5320fa475530d9583c34fd356ef5&subsec=f457c545a9ded88f18ecee47145a72c0&id=061b98d1047576552693eaab34fac7d1

==========================
9. Opinião: Perfumes de verão
Fernando Martins*

Nas recordações da minha infância têm grande relevância os cheiros. É com frequência um odor que completa, nas já muito cheias células da memória, o reconhecimento de um local, de uma pessoa, de uma estação.

(…)
Aos meus cheiros do Verão não falta, no catálogo dos mais requintados, o perfume das tílias. E o Porto é a cidade das tílias, das tílias perfumadas como em parte nenhuma do Mundo. É cheirá-las, centenárias, na avenida do Palácio de Cristal a que deram o seu nome, no Marquês, na Rotunda, na Praça da República, em S. Lázaro.
Mais tarde, quando as vides acenderem nas folhas néons laranja que anunciam outonos, surgirá, forte, o odor das uvas morangas. Menino ainda, cheiravam-me a despedida das férias, à escola e a terra molhada..
O Verão está aí. Vamos saborear os seus perfumes.
Como quem respira esperança! Como quem combate desencantos. Como quem sabe dizer basta!

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=9bf31c7ff062936a96d3c8bd1f8f2ff3&subsec=&id=fbb8797ae08a1af8f04838415eb456a0

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
http://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt

Selecção hoje feita por Cristiane Carvalho

======================================

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário