• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

Informamos que o prazo de inscrição para este curso foi alargado para 31 de outubro.

A voz é o instrumento de trabalho de muitas pessoas que dela dependem, quase inteiramente, para o exercício da sua profissão. Professores, formadores, comerciais, animadores e muitos outros, dependem de um bom desempenho vocal para o cabal desenvolvimento do seu trabalho. A voz é um instrumento privilegiado de comunicação. No entanto, a voz e os seus mecanismos, continuam a ser algo de que pouco se sabe e o seu uso acaba por não ser feito da melhor forma conduzindo, muitas vezes, ao desenvolvimento de patologias relacionadas com o mau uso das cordas vocais e a deficiente colocação da voz. (nódulos, pólipos, doenças nervosas, etc.).

Os problemas da voz são essencialmente resultantes da sua má colocação, má dicção, desconhecimento do próprio corpo e de posturas correctas para uma boa emissão vocal. desconhecimento do funcionamento do aparelho fonador e suas repercussões na saúde

Consciente de que muitos dos seus associados e amigos desenvolvem profissões em que o uso da voz é importante, a associação Campo Aberto vai promover um curso livre sobre esta temática em Novembro/Dezembro de 2007 que, espera, vá ao encontro das suas necessidades.

O programa proposto pretende contribuir para o aprofundamento de conhecimentos sobre os órgãos vocais, a fisiologia e psicologia da voz, a (s) linguagem (s), as relações Corpo – Voz – Linguagem.

Serão executados exercícios adequados ao desenvolvimento vocal, expressivo e de capacidades de comunicação.

Sobre a formadora

Margarida Magalhães

– Possui o Curso Superior de Canto do Conservatório Nacional.

– Leccionou a disciplina de Técnica Vocal na ESE do Porto nos anos lectivos de 96/97 e até 2003/2004.

– Foi professora de Voz em Cursos de Especialização em Expressão Dramática na ESE do Porto.

– Orientou cursos e seminários sobre “Técnica Vocal” e sobre a “Voz e Relação Educativa”na ESE de Viana do Castelo e no CIFOP de Ponta Delgada.http://danielpc.no.sapo.pt/campoaberto/propostaJMP.pdf

– Em 94 foi-lhe atribuída a qualificação de Formador Especialista para a área de Técnica Vocal na Relação Pedagógica, pelo Conselho Coordenador da Formação Contínua de Professores.

– Orientou Acções de Formação em vários Centros de Formação do Ministério da Educação.

– É autora do livro “Voz e Relação Educativa”, publicado no ano de 1996 pela Editora Afrontamento.

– Foi professora de 4º Grupo do 2º Ciclo do Ensino Básico trinta e sete anos.

– Desenvolveu actividade artística como cantora, em numerosos concertos de Música de Câmara e realizações operáticas.

– Em Bruxelas no Théâtre-Poème, participou na “Lecture-Spectacle de Le privilège des Chemins “ de Fernando Pessoa em 89 e no espectáculo “Le Physicien Prodigieux” de Jorge de Sena em 93.

– Obteve o 3º Prémio do Concurso Internacional de Canto de Llangollen (País de Gales) em 81.

– É detentora do 1º Prémio do Concurso “Soprano Solo” no Festival Internacional de Middlesbroug, no ano de 86, tendo obtido no mesmo Festival, igualmente o 1º Prémio do Concurso “Vocal Solo Championship”.

Curso livre sobre a voz

(estrutura e condições de funcionamento)

1. Público-alvo

O curso será dirigido a todos quantos usam a voz no seu dia a dia profissional e a todos os que tenham interesse em usar melhor o fabuloso instrumento de comunicação que é a voz.

2. Duração e cronologia

Duração total de 20 horas de formação, em regime pós-laboral.

Segundas e Quintas–feiras das 20:30 às 22:30

Horários:

Dias 5 e 8, 12 e 15, 19 e 22, 26 e 29 de Novembro e 3 e 6 de Dezembro

3. Local

A formação terá lugar na sede da Campo Aberto, R. de Santa Catarina, 730 2º Dto. Porto.

4. Nº mínimo e máximo de participantes

O curso realizar-se-á com um nº mínimo de 10 participantes e um máximo de 20.

5. Programa do curso

5.1 — O CORPO COMO PRODUTOR DO SOM

  • Ficar «sensível» à emissão vocal própria

  • Produzir espontaneamente sons vocais (desligando quanto possível o significado do significante)

  • Experimentar o «poder» de diferentes sons produzidos (o grito, por exemplo)

  • Analisar alguns aspectos relacionados com as emissões próprias (sensações globais e auditivas, local de emissão e ressonâncias, sopro sonoro e respiração)

  • Conhecer os órgãos vocais

  • Compreender o papel de cada um dos órgãos vocais

  • Compreender os mecanismos de inspiração e expiração

  • Reconhecer diferentes «modos de respiração»

  • Compreender a fisiologia do fenómeno vocal

5.2 — PLASTICIDADE CORPORAL E VOCAL

  • Tomar consciência da relação Corpo-Voz

  • Reconhecer a existência e variedade de problemas vocais

  • Adquirir hábitos de posições corporais favoráveis a uma boa pro­dução vocal

  • Conhecer limitações provocadas por tensões musculares prejudici­ais

  • Dominar técnicas de relaxamento corporal

  • Dominar técnicas de desenvolvimento muscular

  • Activar/flexibilizar os músculos (particularmente os que intervêm directamente na produção vocal)

  • Controlar os mecanismos de inspiração e expiração

  • Projectar a voz

5.3 — A PSICOLOGIA DA VOZ

  • Compreender as fases de evolução do fenómeno vocal

  • (Re)conhecer factores condicionantes da voz

  • Compreender que a expressão vocal e a linguagem dependem da interacção de vários factores (intrínsecos e extrínsecos)

  • Relacionar características da voz com factores condicionantes

  • Aprofundar o conhecimento da própria voz

5.4 — A VOZ E A LINGUAGEM

  • Conhecer (compreender) a classificação de vogais e consoantes do português

  • Exercitar a articulação correcta de vogais e consoantes

  • Sentir as zonas de ressonância dos diferentes fonemas emitidos em diferentes registos

  • Identificar funções da linguagem em discursos ouvidos (gravações ou produções ao vivo)

  • Analisar diferentes emissões

5.5 — VOZ E SAÚDE

  • Conhecer processos de profilaxia das afecções vocais

  • Conhecer (e aplicar) cuidados de higiene do aparelho fonador

  • Reflectir sobre as sensações e percepções associadas a várias emissões vocais

  • Realizar exercícios adequados à solução de eventuais problemas vocais

6. Inscrições

A participação no curso terá o custo de 75€ para os sócios e de 100€ para não sócios. A inscrição e o respectivo pagamento devem ser efectuados até ao dia 25 de Outubro.

A inscrição deve ser efectuada para o endereço electrónico – contacto@campoaberto.pt

O Pagamento deve ser efectuado por transferência bancária para o NIB – 0035 0730 0003 5756 10354

e o respectivo comprovativo enviado pelo correio ou entregue no primeiro dia do curso.

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Eventos & Visitas

Deixar comentário