• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

CICLO COMIDA CIDADE E CAMPO

(Agradece-se difusão aos seus correspondentes)

Primeira Charla

quarta, 7 de Março 2007, 21:30

rua Santa Catarina, 730-2.º andar (a Gonçalo Cristóvão)

Citadinos e Rurais: Importância dos Avisos Agrícolas

Um serviço público do Estado para uma protecção racional das culturas

Tema apresentado por
Carlos Coutinho (técnico-profissional agrícola)

Organização Campo Aberto

Apartado 5052 4018-001 Porto telefax 22 975 9592

contacto@campoaberto.pt

www.campoaberto.pt

Palestra e debate, com apoio em imagens projectadas. Muito breve referência
«histórica» à protecção fitossanitária das culturas agrícolas, desde o que
se conhece (que é pouco) da Antiguidade, até aos dias de hoje. Importância
das pragas e doenças das culturas (dir-se-ia mesmo importância
geo-estratégica). Destaque para a situação pós-revolução industrial inglesa
(século XVIII) : crise do míldio da batata na Irlanda (1844), crise do
oídio, do míldio e da filoxera da vinha (toda a segunda metade do século
XIX), aparecimento dos Avisos em França nos últimos anos do século XIX e seu
desenvolvimento e expansão; referência à luta biológica, com casos célebres
(crise da Icéria nos laranjais da Califórnia, c. 1890). Por fim, euforia dos
sucessos momentâneos da química no combate às pragas e doenças das culturas,
no pós-II Guerra Mundial e seu fracasso. Montagem, tardia, da primeira
estação de Avisos em Portugal (Douro-1964). Surgimento da Protecção
Integrada, evolução para a Produção Integrada (Suíça, anos 1950 no século
XX), como evolução de conhecimentos e práticas dos Avisos. Situação actual
dos Avisos em Portugal, suas bases, práticas, suporte material e humano e
funcionamento. Tendências actuais da protecção das culturas.

Imprimir esta página Imprimir esta página

Deixar comentário