• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[Esta lista tem actualmente cerca de 390 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
http://www.campoaberto.pt/
http://campo-aberto.blogspot.com/

Veja também o blogue:
http://avenida-dos-aliados-porto.blogspot.com

Comente, participe. Divulgue!
==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz
a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Domingo, 16 de Julho de 2006
==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1.DESTAQUE -ESPECIAL AMBIENTE- no Público

–Ambiente não cede nas licenças de emissões de carbono à indústria
Depois das críticas às regras ambientais por parte de alguns sectores
económicos, o ministro do Ambiente mantém-se convicto das decisões tomadas.
Porque o ambiente não é um entrave à competitividade, mas sim um estímulo
http://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=07&d=16&uid=&id=89130&sid=9706

–Qualquer aumento de emissões tem de ser feito pela aquisição de licenças
O pacote das licenças de emissão está fechado, garante Francisco Nunes
Correia, ministro do Ambiente. Resta agora saber como estas serão
distribuídas, algo que é da exclusiva responsabilidade do Ministério da
Economia. Nada inviabiliza novos investimentos, diz, desde que cumpram a
legislação ambiental e estejam dispostos a comprar direitos de emissão. Em
alternativa, propõe, pode ser o Estado português a adquirir essas licenças
através do Fundo do Carbono, atribuindo-as aos privados. Mas, mais uma vez,
essa é uma decisão de política económica
(…)
Como é que o ambiente pode ser um factor de competitividade?
O ambiente e a economia, numa visão moderna das realidades, são os melhores
aliados.
Mas terão os nossos empresários interiorizado essa mensagem?
Há muitos que interiorizaram e a prova é que surgem investimentos de grande
qualidade ambiental. Por exemplo no sector turístico. Dos projectos
classificados como PIN, um número muito significativo são de grande qualidade
ambiental.
Basílio Horta [presidente da Agência Portuguesa de Investimento] diz que a
legislação ambiental e de ordenamento do território está a deixar pendentes
projectos de dez mil milhões de euros que envolvem vinte e tal mil postos de
trabalho.
Nos mercados evoluídos, as exigências ambientais não vão abrandar e os
empresários sabem-no. Não podemos deixar que a fragilidade actual da
economia, profundamente carente de investimento, nos leve a atrair investidores
que queiram fazer a predação do território. O papel do Ministério do
Ambiente é pôr travão a esse tipo de atitudes e tenho a certeza que nessas
matérias há total sintonia com o Ministério da Economia e com o presidente
da API.
(…)
http://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=07&d=16&uid=&id=89127&sid=9706

–DESTAQUE
POR Ana Fernandes
Será o ambiente um factor de competitividade ou as restrições que impõe são
um entrave ao desenvolvimento? Esta questão
tem sido objecto de vários estudos, o mais conhecido dos quais conduzido por
Michael Porter. Apesar de ainda se estar
no “presente” desta mudança, há já vários indicadores que provam que a
regulamentação ambiental pode ajudar as economias.
O ministro do Ambiente aponta quatro relações fundamentais entre os dois
sectores, que o PÚBLICO desenvolve:
Ambiente gera emprego
Ambiente potencia inovação
Ambiente é base dos recursos
Ambiente vende imagem
http://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=07&d=16&uid=&id=89128&sid=9706

==========================
2.
PORTO
Que irá acontecer à capela do Senhor do Carvalhinho?
Volto a ocupar-me da capela do Senhor Jesus do Carvalhinho, na Calçada da
Corticeira. Está em ruínas. Do pequeno templo, de pé, ficaram, somente, a
fachada e as paredes laterais. Tudo o mais levou sumiço. E a pergunta que me
ocorre colocar a quem possa responder é esta que vão fazer agora do que resta
da capela? Reconstruí-la ou demolir o que ainda se mantém erguido ?
http://jn.sapo.pt/2006/07/16/porto/que_acontecer_a_capela_senhor_carval.html
==========================
3.
Chumbado hipermercado em Amorim
A Comissão Municipal de Economia chumbou a instalação de uma grande
superfície, na freguesia de Amorim, e duas médias superfícies – uma de
produtos alimentares e outra de pronto-a-vestir -, na freguesia de Balazar e no
centro da cidade da Póvoa de Varzim, respectivamente. De acordo com a
Associação Comercial e Industrial da Póvoa de Varzim (ACIPV) – que,
juntamente com a Câmara da Póvoa, integrou a referida comissão, criada a
pedido do Ministério da Economia para a avaliação dos pedidos de
instalação de novos espaços comerciais de média e grande dimensão -, na
base da recusa esteve o impacto negativo que as novas superfícies teriam no
comércio tradicional da cidade, bem como o espaço destinado à sua
instalação. A decisão foi tomada a 6 de Julho e divulgada, anteontem, pela
ACIPV.
http://jn.sapo.pt/2006/07/16/porto/chumbado_hipermercado_amorim.html

==========================
4.
Chaves: Sócrates inaugura trinta quilómetros de auto-estrada em
Trás-os-Montes
“Reparar injustiça de décadas”

O primeiro-ministro disse ontem que a abertura da auto-estrada entre Pedras
Salgadas e a fronteira coloca Trás-os-Montes na era das auto-estradas e repara
uma injustiça de décadas. Sócrates, inaugurou, também, a plataforma
logística internacional do Vale do Tâmega.
http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=7724ea04ff8aadfd857aa18787337df2

==========================
5.
Chamas voltaram a “atacar” o Gerês, colocando em perigo uma área de reserva

Um incêndio rural que lavrava desde a passada sexta-feira, na zona florestal do
Parque Peneda-Gerês, no concelho de Terras de Bouro, foi dado como circunscrito
ao final do dia de ontem. A intervenção de meios aéreos nacionais e
espanhóis evitaram a destruição de uma importante zona de reserva,
importante no contexto das espécies protegidas existentes no único parque
nacional.
http://jn.sapo.pt/2006/07/16/minho/chamas_perto_reserva_parque_penedage.html

==========================
6- Serra da Estrela: Parque natural reduzido

A actual dimensão do Parque Natural da Serra da Estrela, 101.060 hectares nos
concelhos da Guarda, Celorico da Beira, Covilhã, Seia, Gouveia e Manteigas,
tem sido criticada por autarcas que se queixam de entraves ao desenvolvimento.
A dimensão do parque pode ser reduzida em 12 mil hectares.
http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=1e6e6b7c00ebd7b32a6e84c2eadebfb4

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
http://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico
ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias e de O
Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais ou fontes de
informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
contacto@campoaberto.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Manuela D. L. Ramos

___________________________________________________________________

O SAPO já está livre de vírus com a Panda Software, fique você também!
Clique em: http://antivirus.sapo.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário