• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

INSCREVA-SE AGORA

<br /> <!–<br /> @page { size: 20.99cm 29.7cm; margin-right: 3.18cm; margin-top: 2.54cm; margin-bottom: 2.54cm }<br /> P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: #000000 }<br /> P.western { font-family: “Times New Roman”, serif; font-size: 12pt; so-language: pt-BR }<br /> P.cjk { font-family: “Times New Roman”, serif; font-size: 12pt }<br /> P.ctl { font-family: “Times New Roman”, serif; font-size: 12pt }<br /> –><br />

INSCREVA-SE AGORA

19 DE MARÇO: VAMOS A FERREL (PENICHE)

Lembra-se
de Chernobil?

Em Abril
de 1986 dava-se perto de Kiev o maior desastre de sempre em centrais
nucleares, cujos efeitos ainda persistem. Sabia que, DEZ ANOS
ANTES
, em 15 de Março de 1976, o povo de Ferrel, uma
aldeia situada a 4km de Peniche, marchou unanimente do centro da
freguesia até aos campos do Moinho Velho, a 4km, onde se
tinham iniciado obras relacionadas com a projectada «primeira»
central nuclear portuguesa, e exprimiu a sua categórica recusa
de que ela fosse ali construída?

Esse foi o
início de um processo que levou praticamente ao abandono, em
1982, pelo governo de então, de centrais nucleares em
Portugal. Agora que alguns querem ressuscitar a perigosa e inútil
ideia de centrais nucleares em Portugal, vamos a Ferrel, no domingo
19 de Março, comemorar os 30 anos sobre essa primeira grande
manifestação de carácter ambiental no nosso país
e relançar o debate sobre o problema energético em
bases realmente sustentáveis, renováveis e
alternativas.

Mais informações em www.ferrel30anos.org

INSCREVA-SE
AGORA

*
Para a deslocação a Ferrel em autocarro, promovida pela
Campo Aberto e aberta a todas as associações e pessoas
na região do Porto:


custo da deslocação: 15 euros


custo simbólico do almoço de confraternização:
5 euros


pagamento prévio por transferência multibanco para a
conta NIB 00 33 000 000 049 0072 99 41,

de
Cristiane Carvalho


pagar 15 euros se optar por outra solução para o almoço
(farnel próprio, etc)


pagar 20 euros se optar por deslocação+almoço


se optar por outros meios de transporte mas quiser participar no
almoço deverá transferir apenas 5 euros

*
IMPRESCINDÍVEL, no próprio dia em que fizer a
transferência, indicar que a fez; indicar igualmente se opta
por refeição vegetariana (a cargo do Grupo GAIA,
presente no local com a acção Dia do Pai Ecológico,
e cujo custo será igualmente 5 euros); na ausência de
especificação, assume-se que participa na refeição
geral oferecida pelos anfitriões (Peniche, Ferrel).

Indicar
para: Cristiane Carvalho, tel. 96 330 5663, email:
cristianepc@gmail.com

*
As desistências até 10 de Março serão
reembolsadas

*
PRAZO LIMITE DE INSCRIÇÃO: segunda-feira, 13 de Março
(para facilitar a organização, agradece-se a inscrição
o mais cedo possível).

*
Programa previsto: antes do almoço, acto simbólico
evocativo; após o almoço, intervenção e
debate sobre o problema energético, lançamento do livro
A Maldição das Bruxas de Ferrel, do
escritor Mariano Calado; projecção de telereportagens
da época, abertura de uma exposição de materiais
gráficos do movimento antinuclear da época.
Encerramento: 17H30.

*
PARTIDA: 7H15 da manhã, do Parque das Camélias, à
Batalha (Porto).

*
Hora aproximada de chegada ao Porto no regresso: 21H30.

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Energia e transportes

Deixar comentário