• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
Aqui serão os “Jardins dos Aliados”!

Entretanto, há sempre lugar para mais uns carrinhos…

Aliás, de acordo com o projecto de “requalificação”, ao trânsito automóvel continuará a ser dado um lugar privilegiado com a manutenção das três faixas de rodagem.

Para já e como noticia o JN, temos os Aliados convertidos em parque : «A estação do metro dos Aliados está pronta e a Linha Amarela operacional. O estaleiro deixou, há alguns meses, a Avenida dos Aliados. Mas, sem jardim ou renovação à vista, o espaço ermo converteu-se em parque de estacionamento de luxo, em frente ao edifício dos Paços do Concelho. Um aparcamento selvagem e ilegal sem sanção. Os condutores aproveitam as aberturas entre as divisórias de betão da faixa de rodagem para colocar os automóveis alinhados no local, onde, antes da intervenção da Empresa do Metro, existia um jardim. Outros optam por parar os carros, em espinha, no topo da avenida, a poucos passos da escadaria de acesso à estação subterrânea. Neste cenário, também os autocarros não estão isentos de culpa. Continuam a ocupar parte das faixas de rodagem da principal praça da cidade para fazer horas, antes de dar início à viagem. Isto acontece depois de, em Janeiro de 2001, ter-se anunciado que a construção do interface de Bom Sucesso permitiria criar uma zona para o tempo de suporte dos autocarros, que deixariam de fazer compassos de espera na Praça da Liberdade.»

Imprimir esta página Imprimir esta página

3 comentários até agora.

  1. Anonymous diz:

    O castanho do topo da rodela-respiradouro que se vê na primeira foto é madeira ou ferrugem?…

  2. manueladlramos diz:

    É ferrugem…

  3. Anonymous diz:

    Ah, mais um apontamento artístico do projecto SM+SV…

Deixar comentário