• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

«Outros (…) desdenham e tentam politizar o que não cabe em assunto partidário: a nossa querida Avenida dos Aliados. Ela nunca terá partido a não ser o do bom senso e o do respeito pelo património que os antigos nos legaram.»

(Alguém que há mais de quarenta anos calcorreia diariamente a Av. dos Aliados, onde trabalha!)

Imprimir esta página Imprimir esta página

3 comentários até agora.

  1. Anonymous diz:

    Passei pelo centro do Porto no
    passado fim de semana e é perturbador constatar o tipo de obra que estão a impor aos Aliados. Na verdade, o coração de uma cidade reflecte geralmente
    a marca dos poderes dominantes(como a baixa pombalina de Lisboa, por exemplo). A ruptura com o passado pode ser desejável, mas… será que o início do século XXI vai deixar no Porto a marca pesada do autismo
    administrativo, a marca obscura de uma cidade governada por burocratas?
    Espero francamente que não, e que as magnólias possam continuar a florir….
    MF

  2. POS diz:

    Cara Manuela,

    Muitos parabéns (tardios) pela iniciativa. Acabei de escrever sobre este assunto na Fonte das Virtudes. Talvez tenha interesse. (até parece que me estou a pôr em bicos dos pés…)

  3. manueladlramos diz:

    (comentario do dia 20 corrrigido)
    Caro POS
    Obrigada pela chamada de atenção.
    Já fui comentar à Fonte das Virtudes…(isso de parecer que se está a pôr em bicos de pé deve ser por causa do desnível, a Fonte das Virtudes fica bem mais baixo do que a Avenida ;-).
    Quanto aos parabéns pela inciativa…não sei a que é que se está referir mas se for ao blogue, aceito e aproveito para dar graças a estes novos meios de divulgação! Mas repare que este blogue parece ser só “meu” mas não é! Aqui divulga-se o que se tem feito em Defesa da avenida/praça e isso é fruto do empenho de muitos outros (uns mais anónimos que outros). Pena é que tenhamos de ocupar o nosso tempo com este assunto!

Deixar comentário