• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

[PNED] Boletim de 17/V/2005
[Esta lista tem actualmente cerca de 300 participantes inscritos.]

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 17 de Maio de 2005
==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Porto: Empresa de Habitação só vendeu oito casas de bairros em 2004

Apesar de ter formalizado 61 processos de venda, a Empresa Municipal de
Habitação e Manutenção (EMHM) da Câmara do Porto apenas conseguiu vender oito
casas de bairros municipais até ao fim de 2004. O processo começou em Agosto
passado e diz respeito a cinco bairros, com os quais a autarquia esperava
encaixar 22 milhões de euros.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=36825&pIdSeccion=7&

==========================
2. Porto: Calçada da avenida dos Aliados vai para a rua de Sampaio Bruno

O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, não comenta as críticas de que tem
sido alvo, por parte da oposição, por não ter avançado com uma discussão
pública relativa ao projecto de requalificação da avenida dos Aliados. O debate
público foi recomendado pela Assembleia Municipal (AM) do Porto e aprovado, em
maioria, pelo executivo (com os votos contra da coligação PSD/CDS-PP), contudo,
ainda não avançou. Ontem, à margem da abertura da 1ª Feira de Orientação Escolar
e Profissional na Zona Histórica (ver texto em baixo), Rio limitou-se a dizer
que “a Assembleia Municipal faz muitas recomendações, o que não quer dizer que
se cumpram todas”, deixando no ar um “vamos ver”, sobre os Aliados. Na artéria
já começou a ser retirada a calçada à portuguesa, contudo, os desenhos não vão
desaparecer dos olhos do portuenses, já que serão refeitos na rua de Sampaio
Bruno.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=36826&pIdSeccion=7

==========================
3. Porto: S. João de Deus “acolhe” 1500 toxicodependentes por dia

As intervenções da Câmara do Porto no Bairro de S. João de Deus não têm tido os
resultados práticos desejáveis. Todos os dias, 1500 toxicodependentes vão ao
denominado “supermercado de droga” buscar a dose para saciar o vício. As
demolições de vários blocos habitacionais, os realojamentos e despejos não
diminuíram o rodopio de gente que faz da droga um negócio, nem de quem não
consegue viver sem ela.

http://jn.sapo.pt/2005/05/17/grande_porto/s_joao_deus_acolhe_1500_toxicodepend.html

==========================
4. Vila do Conde: Futuro negro para vacarias de Mindelo

Agricultores não investem nas explorações alegando falta de continuadores no
negócio. Resíduos continuam a poluir solos e maus cheiros empestam residências

http://jn.sapo.pt/2005/05/17/grande_porto/futuro_negro_para_vacarias_mindelo.html

==========================
5. Braga: Defesa do Comércio Justo com petição na autarquia

São produtos provenientes dos países pobres do Hemisfério Sul que,
aparentemente, arregalam os olhos do consumidor. São especiarias, produtos de
beleza, de artesanato e decoração, e até guloseimas. São os produtos do chamado
“Comércio Justo” que agora são comercializados no Minho – Braga e Barcelos -,
inseridos num novo mercado, não convencional, mas que apela à “solidariedade”
para com populações indígenas, pobres, colocando as pessoas acima do lucro.
Esta preocupação teve já eco em Braga, com a recolha de 2100 assinaturas que,
por via de uma petição, a Associação Alternativa entregou, ontem, à Câmara de
Braga, encorajando aquela autarquia a optar pela utilização de produtos de
Comércio Justo.

” Porquê o repto lançado às autarquias? Porque constituem o nível político mais
próximo dos cidadãos. Desta forma, se estiverem consciâncializados para o
Comércio Justo e se, efectivamente, escolherem comprar produtos deste circuito,
estarão a beneficiar os produtores mais pobres e também a dar o exemplo e a
incentivar os seus cidadãos a seguir-lhes o exemplo”, disse Artur Jorge
Rodrigues, presidente da Alternativa, associação com loja aberta na Rua D.Diogo
de Sousa, em Braga.

http://jn.sapo.pt/2005/05/17/minho/defesa_comercio_justo_peticao_autarq.html
http://jn.sapo.pt/2005/05/17/minho/associacoes_abrem_lojas_a_pensar_com.html

==========================
6. Viana do Castelo: Obras no INATEL após 12 anos de encerramento

Depois de ter encerrado há cerca de 12 anos e de uma promessa governamental,
datada de 1998, a delegação de Viana do Castelo do INATEL será finalmente
recuperada. A empreitada já está em concurso público, pelo preço-base de 900
mil euros, tendo depois o adjudicatário 180 dias, a contar da data da
consignação, para dar os trabalhos por concluídos.

http://jn.sapo.pt/2005/05/17/minho/obras_inatel_apos_anos_encerramento.html

==========================
7. Caminha: Alterações ao traçado do IC1 não satisfazem os ambientalistas

A associação ambientalista Corema veio a público dizer que vai contestar o novo
Relatório de Conformidade Ambiental do Projecto de Execução (RECAPE) da
construção da Ligação IC1 (Viana-Caminha) à Estrada Nacional 13. A associação,
sedeada em Caminha, diz que o documento poucas alterações apresenta em relação
ao primeiro, chumbado no início deste ano pela Comissão Técnica de Avaliação do
projecto.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=36757&pIdSeccion=9

==========================
8. Aveiro: Plano de Ordenamento define regras e projectos para os dez municípios
da ria

Dez municípios que confinam com a ria de Aveiro vão estar sujeitos a um plano de
ordenamento intermunicipal, cuja consulta pública começou ontem e vai
condicionar a ocupação do solo ribeirinho. “Um conjunto imenso de documentos
que define um grupo de eixos estratégicos” para dez concelhos da região, todos
membros da Associação dos Municípios da Ria (AMRIA). É assim que o presidente
do organismo, Ribau Esteves, define o Plano Intermunicipal de Ordenamento da
Ria de Aveiro, conhecido como “Unir@Ria”, que se encontra em fase de discussão
pública até 20 de Junho. O Unir@Ria pode ser consultado na sede da AMRia e nas
autarquias de Aveiro, Águeda, Albergaria-a-Velha, Estarreja, Ílhavo, Mira,
Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar e Vagos.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=36768&pIdSeccion=9

==========================
9. Coimbra: Metro na Lousã se o Governo pagar

O presidente da Câmara de Coimbra, Carlos Encarnação, disse ontem que apoiará a
instalação do metro em todo o actual trajecto do Ramal da Lousã, desde que o
Governo pague o alargamento do projecto ao troço Serpins-Lousã. Mas a situação
não está fácil…

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=a0828049522473b9319548480f50c44d

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico ou
ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias, de O Primeiro
de Janeiro e de O Comércio do Porto (em um ou vários dos citados, não
necessariamente em todos).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está aberta a
todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico são as
questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o Vouga e o
Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Paulo Araújo

————————————————————-
A FCUP utiliza o sistema de webmail Horde/IMP (www.horde.org)

Visite: http://www.fc.up.pt/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário