• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] Boletim de 17/VIII/2004
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 17 de Agosto de 2004
==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações
indicadas.

==========================
1. Casa do Infante vai mostrar a praia do Molhe de outros tempos

A Casa do Infante prossegue com a iniciativa “Documento do Mês” e,
na quinta-feira, dia 19, vai apresentar um testemunho do que foi a
praia do Molhe em tempos idos. As apresentações mensais destinam-se
a abrir o Arquivo Histórico Municipal do Porto a toda a população da
cidade e, desta forma, proporcionar a descoberta de determinados
aspectos históricos. O critério utilizado para seleccionar o
documento a conhecer é o calendário, eventos ou datas que marcam
história da Invicta. Para Agosto não podia deixar de aparecer a
praia. O Molhe foi seleccionado por estar documentada a sua
frequência desde há muito. Paula Cunha vai dissertar em torno de um
documento sobre a Esplanada do Molhe. A palestra decorre na Casa do
Infante, pelas 15h30.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=fa0007cf973
6a44009fa97517b794ba7

==========================
2. O Turismo no Espaço Rural é uma forma alternativa de turismo que
permite o contacto mais directo com a natureza e com as gentes do
meio rural. Conhecer os saberes e sabores, a tradição e os costumes
num ambiente acolhedor é o que procuram os que rumam a este destino.
Por RAQUEL PACHECO

Quintas, casas e solares transformados em locais para turismo. Um
turismo que está longe das modalidades convencionais e que apresenta
características próprias. Em contacto com a natureza, entre o
rústico e o rural, esta nova espécie de turismo atrai já um número
significativo de clientela.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
op=artigo&sec=3c59dc048e8850243be8079a5c74d079&subsec=&id=1ccfd90b5d5
a5504eeceea9404433515

==========================
3. Energias renováveis já são mais baratas que o petróleo

Desde que o preço do petróleo ultrapassou os 40 dólares por barril
que a produção de electricidade a partir de fontes de energia
renovável passou a ser competitiva em Portugal.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/Economia/E01.html

==========================
4. Galp responde às irregularidades apontadas pela Inspecção-Geral
do Ambiente
Por MARGARIDA GOMES

O responsável pelo gabinete de comunicação da Galp Energia, António
Túlio, confirmou ontem ao PÚBLICO que a empresa vai responder ao
teor das contra-ordenações de que foi notificada na semana passada
pela Inspecção-Geral do Ambiente (IGA) relacionadas com o
funcionamento da refinaria de Leça da Palmeira, em Matosinhos, onde
há quinze dias ocorreu um acidente, responsável pelo derrame de mais
de 150 toneladas de crude.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/LocalPorto/LP15.html

Falhas de segurança provocaram incêndio da refinaria de Leça
Por PÚBLICO/LUSA

O incêndio e as explosões ocorridos durante a substituição de
pipelines no terminal petrolífero de Matosinhos ficaram a dever-se
a “insuficientes” procedimentos de segurança, conclui um relatório
da Galpenergia que ontem foi divulgado pela agência Lusa, no qual se
divulgam as principais conclusões da comissão de inquérito nomeada
pela própria Galpenergia para averiguar o incidente, que não causou
feridos.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/LocalPorto/LP88.html

Galp reconhece falhas na origem do fogo de Leça

Um comunicado interno da GalpEnergia revela que a fonte de ignição
do desastre terá estado em trabalhos próximos à linha de nafta e
conclui que os procedimentos de segurança devem ser revistos para se
evitarem futuras ocorrências. Segundo a Galpenergia, o acidente
ocorreu precisamente numa linha de nafta de 1,70 metros de diâmetro,
que estava a ser objecto de trabalhos de metalomecânica.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/seccion.jsp?
pIdSeccion=13&pVar=1092712956687

==========================
5. Levantamento de edifícios com amianto continua por fazer
Por ALEXANDRA CAMPOS

Em 13 de Março de 2003, Assembleia da República aprovou uma
resolução em que recomendava ao Governo a inventariação de todos os
edifícios públicos contendo amianto, no prazo máximo de um ano.
Desasseis meses depois, tudo indica que a intenção não saiu do
papel, denunciou ontem o presidente da Associação Portuguesa de
Direito do Consumo (APDC), Mário Frota, criticando a “inércia” do
Estado.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/Sociedade/S12.html

==========================
6. Greenpeace denuncia transporte de plutónio entre França e
Bélgica
Por LUSA

Uma carga de plutónio norte-americano está desde ontem a ser
transportada por estrada entre duas centrais de reciclagem de
material nuclear, uma em França e outra na Bélgica, denunciou a
organização ecologista Greenpeace. Para os ambientalistas, o
transporte representa um grande perigo para a população das regiões
atravessadas, já que um acidente poderia causar milhares de mortos.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/Sociedade/S13.html

==========================
7. Ambientalistas alertam que BI das casas ignora zonas de risco
LUSA

A Associação dos Amigos do Mindelo para a Defesa do Ambiente (AAMDA)
alertou ontem que a nova Ficha Técnica da Habitação
exclui “informação fundamental” para a segurança dos consumidores no
âmbito da construção em zonas de risco.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?
pIdNoticia=7996&pIdSeccion=2

==========================
8. Povo impediu obras “suspensas” no IC-24
Por ÂNGELO TEIXEIRA MARQUES

A GNR de Santo Tirso levantou ontem um auto-de-notícia ao
impedimento, efectuado por diversas pessoas, de entrada de máquinas
no local, na freguesia de Água Longa, para onde está prevista a
construção de um talude de suporte a um troço do prolongamento do IC-
24.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/LocalPorto/LP27.html

==========================
9. Manifestação contra duas unidades industriais em Oliveira de
Azeméis
Por FRANCISCO MANUEL

Ambientalistas de Oliveira de Azeméis e Arouca vão manifestar-se
publicamente contra a previsível instalação das centrais de betão e
biomassa em Fajões e Carregosa, ambas no concelho oliveirense.
Fontes ligadas aos movimentos ambientalistas Pró-Ambiente e Amigos
do Rio Antuã apontam a segunda quinzena de Setembro como data
provável e justificam a manifestação conjunta por serem dois
problemas muito próximos geograficamente e que afectam as populações
dos extremos oeste de Arouca e este de Oliveira de Azeméis.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?
pIdNoticia=7975&pIdSeccion=9

==========================
10. Aprovadas obras no Bairro Sul da Póvoa
Por ÂNGELO TEIXEIRA MARQUES

O executivo camarário da Póvoa de Varzim aprovou ontem a adjudicação
da remodelação de três arruamentos que vão fechar a intervenção no
bairro sul da cidade. De uma só vez, as ruas da Lapa, da Assunção e
da Silveira vão receber nova iluminação, mobiliário urbano, árvores
e pavimentos próprios para peões.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/LocalPorto/LP33.html

==========================
11. Vila Real investe na rede de esgotos

A Empresa Municipal de Água e Resíduos de Vila Real vai investir 1,1
milhões de euros na construção de redes de drenagem e tratamento de
esgotos nas freguesias de Borbela, Adoufe e Mateus.

http://jornal.publico.pt/2004/08/17/LocalPorto/LP40.html

==========================
12. Obras na VCI tiram sono aos moradores
Por INÊS SCHRECK

As obras de repavimentação da Via de Cintura Interna (VCI)
recomeçaram há dias e os moradores do Bairro de Francos, no Porto,
estão a senti-las na pele. O estaleiro improvisado nas traseiras do
bloco 13, ONDE OUTRORA ESTAVA UM PEQUENO JARDIM, está a tirar o sono
a muita gente. Além do ruído das máquinas das obras e da entrada e
saída de camiões, a poeira que anda no ar faz recordar os 11 meses
de agonia em que o novo Nó de Francos esteve em construção.

http://jn.sapo.pt/2004/08/17/grande_porto/obras_vci_tiram_sono_morado
res.html

==========================
13. Críticas ao fim das paragens de autocarros

“O arquitecto que fez o projecto do Nó de Francos só se preocupou
com quem tem quatro rodas”. É esta a única forma que César
Fernandes, morador no Bairro de Francos, no Porto, encontra para
explicar o desaparecimento das paragens de autocarro no final da
Avenida Sidónio Pais.

http://jn.sapo.pt/2004/08/17/grande_porto/criticas_fim_paragens_autoc
arros.html

==========================
==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias, de O Primeiro de Janeiro, de O Comércio do Porto e do
Público Local Porto e Minho (em um ou vários dos citados, não
necessariamente em todos).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://groups.yahoo.com/group/pned/

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário