• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] Boletim 3/VIII/2004
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 3 de Agosto de 2004
==========================

Instruções e informações complementares no rodapé da mensagem.
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações
indicadas.
==========================
1. Porto: Suspeitas de Suborno e Ilegalidade na Obra da Torre das
Antas

O Tribunal de Instrução Criminal e o Departamento de Investigação e
Acção Penal do Porto consideraram existir matéria para suspeitar da
prática do crime de corrupção no processo de licenciamento da obra
da Torre das Antas. O parecer jurídico, datado de Abril de 2004,
surge na sequência de uma denúncia apresentada em 2002 por um
cidadão do Porto.

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalPorto/LP01.html
http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalPorto/LP01.html

==========================
2. Porto: Novo Bairro de Parceria Antunes Concluído no Verão de 2005

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalPorto/LP05.html
http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalPorto/LP05CX01.html

Moradores com saudade do velho bairro

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/grande_porto/moradores_saudade_velho_bai
rro.html

==========================
3. Câmara de Matosinhos Exige Resolução do “Passivo Ambiental”

Dois dias volvidos sobre o grave incêndio que deflagrou na refinaria
de Leça, a Câmara de Matosinhos decidiu relembrar à Petrogal a
necessidade de remediar o “passivo ambiental” do concelho, uma
questão antiga que o sinistro do passado sábado não fez mais do que
reavivar.

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalPorto/LP03.html

Petrogal garante que tinha fiscais a inspeccionar a obra

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/grande_porto/petrogal_garante_tinha_fisc
ais_a_ins.html

Inquérito de rua: Sente-se seguro em morar em Leça da Palmeira, face
à proximidade da refinaria?

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/opiniao/sentese_seguro_morar_leca_palmei
ra_f.html

==========================
4. Resíduos do incêndio de Leixões poluem as praias do Porto e de
Gaia

As manchas de poluição continuaram a assolar as praias de Porto e
Gaia. Presume-se, com alguma segurança e segundo especialistas
ouvidos pelo COMÉRCIO, terem sido originadas por pequenas fugas de
crude, normais em acidentes como o que no sábado ocorreu no Porto de
Leixões (Matosinhos), e pela enorme quantidade de neve carbónica
utilizada para combater as chamas que deixaram inactivo o terminal
petrolífero da refinaria de Leça da Palmeira. Nas zonas balneares de
Lavadores e Canidelo uma enorme faixa de espuma compacta,
amarelecida, quase entrava em contacto com o areal. E ao largo das
praias da Foz, no Porto, o cenário era idêntico, embora as manchas
com resíduos do incêndio parecessem menores.

http://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?
pIdNoticia=6725&pIdSeccion=5

Água do mar não preocupa

As praias da marginal de Leça da Palmeira, Matosinhos, e de toda a
região vizinha não deverão ser afectadas pelo acidente ocorrido no
passado sábado no porto de Leixões. A opinião é de Bordalo e Sá,
biólogo e professor universitário.

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/grande_porto/agua_preocupa.html

==========================
5. Gondomar: Rio Tinto com margens de pedra

Na senda das denúncias que vêm promovendo os elementos da CDU de
Gondomar, foi agora a vez da obra que está a mudar a face do rio
Tinto. A autarquia de Gondomar encetou a reabilitação da extensão
que não está entubada, através da colocação de rachão e da limpeza
das margens. Para a coligação de esquerda, a operação vai ter custos
elevados em termos de cheias, uma vez que não está a levar em conta
o caudal de cheia.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=de445802902
57fa964d94221a3c1051f

==========================
6. Grande Porto: Ribeiras são a preocupação

O grande número de ribeiras que viraram caixotes de lixo é uma das
preocupações das juntas de freguesia consultadas no âmbito da
preparação do Plano Estratégico de Ambiente do Grande Porto, disse
ontem fonte ligada ao processo. No caso específico dos municípios de
Póvoa de Varzim e Vila do Conde, os presidentes de junta indicaram
que os efluentes que mais afectam as linhas de água locais são os
provenientes das muitas vacarias ali existentes.

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=0b72bf72b8e
05b391ef1d9c7d3434d16

==========================
7. Esposende: Sindicalistas contra privatização das águas municipais

Ontem de manhã, treze dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da
Administração Local (STAL), levaram a cabo, no concelho de
Esposende, uma acção de sensibilização junto da população local
alertando-a para a “o negócio da privatização da água”, ao qual os
representantes sindicais se opõem terminantemente.

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/minho/sindicalistas_contra_privatizacao_
ag.html

==========================
8. Rio Minho: Presidente da Câmara de Monção Rejeita Barragens em
Defesa do Vinho Alvarinho

O presidente da Câmara de Monção, José Emílio Moreira, reiterou
ontem a sua oposição à eventual construção de mais três barragens no
rio Minho, argumentando com consequências negativas que daí adviriam
para a produção do vinho Alvarinho.

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalMinho/LM03.html

Autarca contra barragens

http://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=da5e3d27cc8
b87d5c7b7c7fa454531ae

==========================
9. Caminha: Bar na margem do Minho sem aval do Ambiente

A Câmara de Caminha aprovou um protocolo com a Associação de
Profissionais de Pesca do Rio Minho e Mar, no passado dia 21 de
Junho, permitindo-lhe a exploração de um bar e respectiva esplanada,
recentemente construídos pela autarquia no Cais de S. Sebastião, em
Seixas, junto ao Rio Minho, sem que o Ministério do Ambiente
tivesse “previamente autorizado a sua instalação”, tendo já sido
solicitados esclarecimentos ao município.

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/minho/bar_margem_minho_aval_ambiente.htm
l

==========================
10. Braga: Novas leis ambientais ditam obras na ETAR

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/minho/novas_leis_ambientais_ditam_obras_
et.html

==========================
11. V.N. Famalicão: “Os Verdes” questionam autarquia

O deputado ecologista Álvaro Saraiva entregou na Assembleia da
república, um requerimento em que pede explicações à Câmara
Municipal de Famalicão, sobre a intenção de instalação, pela
referida autarquia, de um aterro de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU)
na margem esquerda Rio Este.

http://jn.sapo.pt/2004/08/03/minho/os_verdes_questionam_autarquia.htm
l

==========================
12. Viseu É o Terceiro Distrito do País Mais Devastado Pelas Chamas

O distrito de Viseu é, até ao momento, o terceiro do país em termos
de quantidade área ardida. De 1 de Janeiro a 25 de Julho, os
incêndios florestais consumiram 3906 hectares, um valor cinco vezes
superior ao que foi registado em igual período do ano passado – 746
hectares.

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/LocalCentro/LC20.html

==========================
13. Macário Correia Critica Política de Prevenção de Fogos

O presidente da Câmara Municipal de Tavira, Macário Correia, mostrou-
se ontem desagradado com a forma como o Governo tem conduzido a
política de prevenção de incêndios.

http://jornal.publico.pt/2004/08/03/Sociedade/S01.html

==========================
==========================

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página
net veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias, de O Primeiro de Janeiro, de O Comércio do Porto e do
Público Local Porto e Minho (em um ou vários dos citados, não
necessariamente em todos).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

==========================

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://groups.yahoo.com/group/pned/

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário