• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] PDM em Bolandas: 28 Janeiro 04
Destaque: PDM em Bolandas

O Partido Socialista tem reclamado, e bem, que é necessária uma Área
Metropolitana do Porto com responsabilidade política, proveniente do
sufrágio, para que possa ser pensada a área como um todo e aplicada uma
política comum para esse território, inclusive em termos de ordenamento.

Mas agora parece que é mais importante para esse partido reclamar que o PDM
contemple índices mais altos de construção no próprio Porto, porque senão os
empreiteiros fogem para os concelhos vizinhos… onde o caos urbanístico é
ainda maior que no Porto! Ora o que haveria a reclamar, tal como tem feito a
plataforma de oito associações cívicas no Porto que subscreveu os documentos
aqui divulgados, é que nos concelhos limítrodes se instaure igualmente uma
política urbanística capaz de travar os desmandos territoriais e a fealdade
alucinante que toda a gente pode comprovar com os seus olhos! Permitir
maiores índices de construção no Porto é que não vai obter de certeza esse
resultado. Para já não falar da incoerência da argumentação que acena com a
subida de custos no Porto para a habitação se os índices não aumentarem,
quando essa subida, verdadeira especulação, se processou em plena subida dos
índices no passado recente. A especulação imobiliária tem que ser travada
com medidas políticas e económicas vigorosas, não com a condescendência com
a fúria de construir sem olhar à capacidade de carga de um território. Se o
socialismo ainda pode ser alguma coisa certamente que será a convicção de
que o mercado não pode ter a última palavra quando estão em jogo valores
fundamentais como a habitação e a qualidade de vida. Por isso, aguarda-se
que dessa proveniência sejam propostas medidas para travar a especulação ao
mesmo tempo que medidas de defesa dos territórios urbanos e da sua
sustentabilidade.

JCMarques

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo pagina, net
veja informacoes no rodape da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu inicio e acessivel atraves de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2004

Não estão em linha as seguintes notícias do Local Porto do Público de 28 de
Janeiro de 2004:

1. PDM do Porto suscitou discussão pública na Internet
Porto/PDM

2. Sociedade Polis e Câmara de Vila Real fazem negócio em terrenos
arrestados
Vila Real/ Polis

3. PS defende aumento dos índices de construção
Porto/PDM

Está em linha a seguinte notícia do Local Minho do Público de 28 de Janeiro:

4. Sarreliber Foi Licenciada e Já Iniciou a Laboração
Arcos de Valdevez/Impacto Ambiental/Indústria Química

Por CARLA MARTINS
A Sarreliber, a polémica fábrica de transformação de plásticos que está
instalada no Parque Empresarial de Tabaçô, nos Arcos de Valdevez, começou a
laborar anteontem empregando, numa primeira fase, cinquenta trabalhadores.

http://jornal.publico.pt/2004/01/28/LocalMinho/LM02.html

Foram recolhidas em linha as seguintes notícias do Jornal de Notícias:

5. Comércio tradicional teme novas grandes superfícies
Viana do Castelo/ Comércio e Território

Em 2003, encerraram 170 estabelecimentos no concelho Associações
empresariais acusam Governo de querer liberalizar sector e de lhes r etirar
competências
Miguel Rodrigues* *com Raquel de Melo
Os empresários do comércio tradicional estão apreeensivos em relação às 12
superfícies comerciais licenciadas pela Direcção-Geral da Empresa para se
instalarem no distrito. Em 2003, 85 estabelecimentos de comércio tradicional
encerraram e outros tantos faliram só no concelho de Viana do Castelo.

http://jn.sapo.pt/textos/out4052.asp

6. Portugal a retalho
Geral/Organização Territorial

por gomes fernandes arquitecto Portugal está a dividir-se, tal como uma peça
de fazenda que o “dono da loja” vende a retalho
arquivo jn
Tenho dúvidas sobre as vantagens estruturais do modelo de reorganização
político-administrativo que o Governo vem promovendo, com a criação de novas
Áreas Metropolitanas e Comunidades Urbanas, numa espécie de “alternativa” à
regionalização falhada e agora, sob a capa, aparentemente muito democrática,
da “descentralização”. O “apóstolo” desta ideia, S.E.

http://jn.sapo.pt/textos/out4037.asp

INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
urbanistico/ambiental publicadas na edicao electronica do Jornal de
Noticias, e do Publico Local Minho, em 28 de Janeiro de 2004.

Esta lista foi criada e e animada pela associa

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário