• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

[PNED] 18 Outubro INFO
Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
http://groups.yahoo.com/group/pned/

A estrutura deste Boletim INFOPNED tem vindo a variar por motivo de
experiências e tentativas de fixação de um modelo a seguir no futuro.
Agradecem-se sugestões e comentários.

Sábado, 18 de Outubro de 2003

PUBLICO:

1. Rui Rio Acusa Polícia Muncipal de “Indisciplina” e Desencadeia Debandada
Porto

Subiu já para 80 o número de agentes dispostos a abandonar a Polícia
Municipal do Porto em consequência do mal-estar que atravessa o corpo
policial afecto à Câmara Municipal do Porto e que se avolumou com a
substituição do comandante Salgado Rosa.
Na origem de toda a discórdia estão as denunciadas pressões de
responsáveis autárquicos sobre os agentes, exigindo uma intervenção mais
forte nas ruas por causa dos arrumadores e dos despejos municipais.

2. Abertura de Novos Centros Comerciais Trava Candidaturas ao Urbcom
Porto

A um mês e meio de terminar o prazo para apresentação de candidaturas ao
Projecto de Urbanismo Comercial para a Baixa do Porto (Urbcom), a
Associação dos Comerciantes do Porto (ACP) está a fazer um “forcing”
final junto dos proprietários de estabelecimentos comerciais que se
situam na área de intervenção do projecto, sensibilizando-os para as
vantagens deste programa que lhes abre a porta à modernização dos
espaços comerciais, tornando-os mais atrantes e competitivos.

“Não podemos esquecer que muitas destas pessoas foram massacradas com as
obras da Porto 2001 e outros estão a sofrer com a construção do metro,
E, como se isto não bastasse, os comerciantes do Porto estão já a sentir
os efeitos da abertura de mais uma grande superfície – o Parque Nacente

3. Flores e Bancos de Jardim Regressam à Alameda Basílio Teles
Porto

Um novo tapete de relva, canteiros com flores e bancos de jardim vão
devolver a “vida” ao jardim da Avenida Basílio Teles, na frente
ribeirinha de Massarelos. O projecto de requalificação paisagística foi
apresentado ontem pelo vereador do Ambiente, Rui Sá

Agora, Rui Sá promete a recuperação paisagística em cerca de 1700 metros
quadrados e que está a ser pensada, segundo a autora do projecto, a
arquitecta Celeste Robalo, de forma a não quebrar toda a envolvência
existente e o simbolismo do espaço.

4. Empresa Águas do Douro e Paiva Inaugura Nova Conduta de Transporte de
Água

A Águas do Douro e Paiva (AdDP), empresa responsável pelo Sistema
Multimunicipal de Abastecimento de Água a 18 municípios do Grande Porto,
inaugura na próxima terça-feira uma nova conduta que atravessa em túnel
o rio Douro. A conduta está orçada em oito milhões de euros e tem uma
extensão de cinco quilómetros, ligando os complexos de Lagoa (Vila Nova
de Gaia) e de Jovim (Gondomar).

5. Interface Junto à Estação de Famalicão à Espera da Câmara
Famalicão

A inexistência de um parque de estacionamento junto à estação
ferroviária de Vila Nova de Famalicão continua a encravar a “filosofia”
do processo de modernização e duplicação da linha do Minho(Braga-Porto).
Em todo lado, a Refer – Rede Ferroviária Nacional tem optado pela
criação de interfaces rodo-ferroviários, mas em Famalicão, não existe o
espaço para automóveis e autocarros, apesar da estação já está a funcionar.

6. “Aldeias de Portugal” Vão Ter Certificado de Qualidade

Os poderes políticos locais devem assumir um papel mais activo na
recuperação e preservação das aldeias tradicionais e na motivação das
populações para o desenvolvimento rural. A preocupação foi expressa
ontem, durante o II Encontro das Aldeias de Portugal, que decorreu em
Guimarães, onde foram apresentadas as normas que irão regulamentar a
classificação de aldeias de especial valor patrimonial e lançado o
projecto de uma rede transnacional de núcleos tradicionais.

JN:

1. Materno-Infantil e molhes com ordem para avançar
Porto

Duas obras adiadas há muitos anos terão, em 2004, as verbas necessárias
para, finalmente, avançarem. Para o Centro Materno-Infantil estão
destinados 3,6 milhões de euros, enquanto para os molhes do Douro o
PIDDAC do próximo ano reserva 13,5 milhões.

2. Vendedoras das extintas barracas estão ansiosas por ocupar…
Porto

Vender é tradição familiar que as mulheres das extintas barracas da
Ribeira do Porto não conseguem abandonar. Há anos que Emília Silva e
Rita Torcata percorrem as calçadas ribeirinhas com os pregões nos
lábios. Nem o interregno de três anos para a obra de construção do novo
mercado, esmorece a vontade de regressar. Estão prontas a ocupar as
bancas, mas garantem que não ficarão a trabalhar até à meia-noite. Pesa
a idade e a vontade de passar os serões com a família.

3. Verde vai regressar à Basílio Teles
Porto

A Alameda Basílio Teles, em Massarelos, Porto, vai ser alvo de uma
requalificação paisagística. A zona, que está degradada devido ao
estacionamento “selvagem” dos frequentadores das discotecas das
redondezas, vai voltar a ser verde dentro de duas ou três semanas.

4. Vestígios romanos e medievais contam história
Porto

A memória do Porto está guardada na Torre Norte da Casa do Infante. O
núcleo museológico abre em Dezembro com os vestígios romanos e
medievais, que ajudam a contar a história da cidade.

5. A1 com menos tráfego mas com mais vias
Albergaria-a-velha

Mais vias para menos trânsito é a perspectiva para o lanço da A1 entre
Santa Maria da Feira e Albergaria (Aveiro-Norte), após obras de
alargamento que se concluirão na segunda metade desta década. O estudo
de impacto ambiental (EIA) do referido lanço está emdebate público a
partir de segunda-feira, até 21 de Novembro.
Actualmente com duas vias em cada sentido, aquele lanço de 28
quilómetros vai passar a dispor de uma faixa adicional em cada sentido a
partir de 2007, no caso do sublanço Santa Maria da Feira-Estarreja, e a
partir de 2008, no que respeita ao sublanço Estarreja-Albergaria.
Sempre que uma auto-estrada atinge um tráfego médio diário de 35 mil
veículos, os concessionários são obrigados, contratualmente, a
acrescentar-lhe uma faixa em cada sentido de trânsito.

6. Clube da Natureza observa pássaros na vizinha Galiza
Monção

O clube da natureza, estrutura inserida no projecto “Descobrir” (Plano
de Prevenção Primária das Toxicodependências de Monção) vocacionada para
o desenvolvimento de actividades ligadas ao meio ambiente, desloca-se
hoje ao Centro de Interpretação Ambiental deA Guarda, na Galiza.

7. Pinhal do Camarido na rota “gay” internacional

Outro dos pontos preferenciais dos homossexuais minhotos para os seus
encontros situa-se em pleno Pinhal do Camarido, em Caminha, no local
designado por Ponta Ruiva, aproveitando a vegetação do cordão dunar
junto ao mar.
(…)O receio da rotulagem tem contribuído para o afastamento de muitas
pessoas, praticantes de desporto de manutenção, na maioria, obrigados a
escolher outros pontos menos visitados pela comunidade homossexual.

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias
e do Público Local Porto e Minho, em 18 de Outubro de 2003.

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho. Em «Fora do Noroeste» (só ocasionalmente), podem inserir-se
notícias de outras regiões que possam apresentar interesse como exemplo
negativo ou positivo para situações equivalentes no Noroeste.

Selecção hoje feita por Daniel Carvalho

Para os textos integrais consultar:

http://jn.sapo.pt/eddia/eddia7.asp

http://jornal.publico.pt/publico/2003/10/18/indice.html

ou as respectivas edições em papel.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário