• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

(Para qualquer problema com esta lista, ver informacoes no final do texto e
instrucoes no rodape da mensagem)

Sexta-feira, 25 de Julho de 2003

JN

1.Porto: Ainda antes do Verao…

por manuel correia fernandes arquitecto e
professor catedratico da faup Um segredo bem guardado, ainda que nao se perceba
muito bem a razao de tanta reserva arquivo jn Para muito boa gente, ainda nao
chegou o Verao. A praia, afinal, pode esperar e a baixa, pelos vistos, tambem.
Na vida, todos procuramos um lugar ao sol, a Baixa nao e excepcao e, assim,
tambem ela espera pelo seu Verao.

2. Porto: Alfandega tambem tera cais/Marina do Freixo

O polo fluvial do Freixo nao
inviabiliza a construcao da Marina do Infante, junto a Alfandega do Porto. Ha
varios anos que o projecto nao passa de uma promessa, mas o presidente da
Camara portuense, Rui Rio, acredita que a obra podera avancar no proximo ano.
Ate 2002, a proposta do Sport Club do Porto mereceu inscricoes no PIDDAC –
Plano de Investimento e de Despesa de Desenvolvimento da Administracao Central
(em 2003, nao teve dotacao). Contudo, tarda a concretizacao. O autarca defende
que as duas marinas nao sao incompativeis, estando a do Freixo mais vocacionada
para o rio Douro e a do Infante mais voltada para o mar. Recorde-se que o
projecto inicial da Marina do Infante orcava cerca de cinco milhoes de euros,
prevendo-se a conclusao a tempo da Cimeira Ibero-Americana, em 1998.

Marina do Freixo em 2004
Porto Polo Fluvial Construcao de cais para
embarcacoes turisticas e de recreio, cafe e oficina custa um milhao Obra do
Instituto Portuario de Transportes Maritimos comeca em Setembro Adelino
Meireles Carla Sofia Luz

O Palacio do Freixo tera vista para uma marina. O polo
fluvial, que resulta de uma parceria entre a Camara do Porto e o Instituto
Portuario de Transportes Maritimos, ficara concluido ate ao final de Marco do
proximo ano. A primeira fase da obra devera arrancar ja em Setembro e custa um
milhao de euros.

3. Porto: Camara e IEP rasgam a Alameda de Azevedo

Autarquia expropria
terrenos e realoja familias para a obra entre a Avenida de Cartes e a Rua das
Areias Carla Sofia Luz

O Instituto das Estradas de Portugal (IEP) e a Camara
do Porto celebraram, anteontem, um protocolo de colaboracao para a construcao
da Alameda de Azevedo, em Campanha. A autarquia cede o projecto, fara a
expropriacao dos terrenos e realojara 18 familias em casas municipais. O
instituto estatal paga e realiza a obra.

4. Porto: Elevador a rolar so em Novembro

Carla Sofia Luz O elevador dos
Guindais entrara em funcionamento ate 1 de Novembro. A Casa da Musica
continuara como proprietaria do funicular, mas cede o direito de exploracao por
um euro a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, que o entrega a Empresa
do Metro. O protocolo entre as tres entidades foi assinado, ontem a tarde, na
sede da Casa da Musica. A partir de hoje, cabera a Empresa do Metro definir o
modelo de funcionamento do elevador e o tarifario a implementar, embora seja
quase certo que o andante servira de bilhete intermodal.

5. Matosinhos: JSD diz que Narciso foi irresponsavel

Sociais-democratas preocupados com convite feito a populacao para ida a banhos
N.P. Daniel Fangueiro, presidente da Juventude Social-Democrata de Matosinhos,
acusou, ontem, o presidente da Camara Municipal, Narciso Miranda, de
irresponsabilidade e de colocar a politica a frente do bem-estar da populacao.
A critica veio na sequencia do convite feito por Narciso Miranda a populacao
para ir a banhos nas praias de Matosinhos, mesmo estando interditadas pela
Direccao Regional do Ambiente e Ordenamento do Territorio (DRAOT). Numa
conferencia de Imprensa realizada frente a praia Cidade S.

6. Porto: Pedalar na verdinha por 75 centimos

Carla Sofia Luz
As “verdinhas” do Fluvial voltaram, a partir de ontem, a marginal portuense. Cem
bicicletas estao estacionadas no “stand” do Largo do Dr. Antonio Calem, podendo
ser alugadas a quem quiser pedalar na frente ribeirinha, entre o largo e a zona
dos Pilotos.

7. Porto: Rui Rio insiste que a prioridade e a Baixa

Autarca deixa claro que cumpre programa eleitoral a que se encontra vinculado
Albuquerque Carla Sofia Luz Rui Rio nao altera a posicao. O presidente da
Camara do Porto da prioridade a Baixa e ve a instalacao do “El Corte Ingles” no
centro da cidade como peca importante na reabilitacao. Apesar de recusar um
conflito publico com o vereador das Actividades Economicas, Fernando
Albuquerque, o autarca nao deixa de assumir a discordancia.

8. Terras do Bouro: Centro do Garrano custara meio milhao de euros

Terras de Bouro Gil Diniz

O Centro de Interpretacao do Garrano de Terras de Bouro sera
construido na freguesia de Covide, numa zona proxima dos limites do Paional
Peneda-Geres.

9. Estarreja: Contentores enterrados em vez da recolha de lixo

Designam-se por “molok” e substituem servico porta a porta
Funcionam a partir de hoje e visam o fim dos sacos no chao Carla Miranda
Apartir de hoje, um novo sistema de recolha de residuos solidos urbanos entra
em vigor em Estarreja. A recolha efectuada porta a porta deixa de existir no
nucleo urbano da vila. Agora, os municipes devem depositar o lixo nos novos
contentores “molok”. “Vamos acabar com a praga dos sacos de plastico colocados
na berma”, anunciou o presidente da Camara Municipal de Estarreja, Jose Eduardo
Matos, ontem, numa cerimonia que assinalou a entrada em funcionamento do novo
sistema.

10. Arcos de Valdevez: Cromagem preocupa populacao

Ilda Figueiredo deslocou-se ao local de construcao da fabrica industrial
Raquel de Melo “Preocupada” com os perigos associados a instalacao de uma
fabrica de cromagem em Tabaco, concelho de Arcos de Valdevez, Ilda Figueiredo,
deputada do PCP, esteve, ontem, no local para “ouvir a populacao e verificar
onde e como esta a ser construida” a unidade industrial. “A fabrica esta quase
edificada, mas ainda nao tem nenhuma ETAR”, referiu, salientando a
obrigatoriedade da existencia de uma estacao de tratamento. “Alem disso, a
escolha do local e pessima”, acrescentou, sublinhando a proximidade “da
populacao,de terrenos agricolas e de uma linha de agua”.

11. Braga: Mesquita muito ceptico sobre a area metropolitana

Magalhaes Costa
Defensor acerrimo da regionalizacao, Mesquita Machado manifestou-se, ontem,
pouco confiante no “exito” de uma futura area metropolitana no Minho. “Sou
ceptico em relacao a este processo, porque nao vejo que traga vantagens para a
regiao”, disse.

12. Viana: Prevencao e formacao para reduzir incendios

Raquel de Melo Ja vai em oito o numero de indiciados, suspeitos de negligencia
e de atear incendios, desde o inicio da epoca dos fogos florestais no distrito
de Viana do Castelo, “tres dos quais na ultima semana”, revelou, ontem, o
governador de civil, Carvalho Martins, apos uma reuniao.

INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
urbanistico/ambiental
publicadas na edicao electronica do JN e do Publico Local Porto e Minho, em 25
de Julho de
2003. A seleccao e da associacao Campo Aberto.

Para os textos integrais consultar:

http://jn.sapo.pt/eddia/eddia6.asp

http://jornal.publico.pt/publico/2003/07/25/indice.html

ou as respectivas edicoes em papel.

PNED = Porto e Noroeste em Debate

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário