• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] 19 Abr/Incinerar Não!
Sábado, 19 de Abril de 2003

(Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instruções do
rodapé desta mensagem.)

DESTAQUE: Incinerar não

José Eduardo Martins, secretário de estado do ambiente, não compreende as
reticências dos autarcas de Aveiro/Coimbra quanto a uma central de
incineração de residuos sólidos urbanos não longe de Aveiro. Já teria
esquecido a forte oposição que ele próprio fez à co-incineração,
nomeadamente em Souselas/Coimbra? E teria esquecido que um dos argumentos se
baseou na Convenção de Estocolmo sobre poluentes orgânicos persistentes, que
diz que é necessário reduzir ou mesmo eliminar TODAS as formas de
incineração de resíduos? Como é curta a memória dos homens públicos!
Incinerar não é solução, é antes problema.

Seguem-se o sumário e os resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Públoico e do JN,
em 19 de Abril de 2003. A selecção é da associação Campo Aberto. Para os
textos integrais consultar as referidas páginas ou a respectiva edição em
papel.

PNED = Porto e Noroeste em Debate

19 de Abril de 2003

SUM1ARIOS

Público Porto Norte

1. Porto: lei usada para despejos pode ser inconstitucional; polémica em
torno do Bairro de S. João de Deus: lei de 1945 é uma ruína arqueológica de
Salazar

2. Porto: cemitério de lixo ameaça qualidade da água do Porto; na antiga
lixeira de Canedo, Santa Maria da Feira; membro da assembleia de freguesia
refere que os lixiviados vão desaguar no Douro, a cinco quilómetros da
captação de água do Grande Porto

3. Oliveira de Azeméis: moradores e comerciantes juntam-se para florir a
cidade

JN

1. Porto: Câmara deixou os lixos à porta dos portuenses
2. Porto: Travar a reconversão; Revolta Associações do Bairro de S. João de
Deus accionam providência cautelar para parar as obras
3. Estarreja : Câmara manda retirar antenas; A TMN e a Optimus vão ter de
retirar as antenas que mantinham, há vários anos, em Pardilhó e Canelas.
4. VIAna do Castelo : Câmara reabilita fortes do concelho
5. Oliveira de Azeméis : Explosão dá protestos; Empresa acusada de poluição
6. Aveiro : Incinerar é a solução
7. Aveiro: Gestão da ria à espera da ministra
8. Douro Internacional : Técnicos descobrem raça única de burros

JN

RESUMOS

1. Porto: Câmara deixou os lixos à porta dos portuenses

Falha de Comunicação Comerciantes abriram a porta em dia feriado mas a
cidade estava imunda Anúncio publicado um dia depois
Jorge Vilas

Quem, anteontem, colocou o lixo à porta à espera de que houvesse a recolha
camarária, deu com ele no mesmo sítio no dia seguinte. Ontem de manhã, a
surpresa tomou de assalto os moradores e, sobretudo, os comerciantes que iam
abrir a porta em dia feriado à cata de clientela.

2. Porto: Travar a reconversão

Revolta Associações do Bairro de S. João de Deus accionam providência
cautelar para parar as obras Suspeitas de violação do segredo de justiça
Carla Sofia Luz

“Não iremos mendigar mais por diálogo com a Câmara do Porto”. As palavras de
protesto são de Vítor Marques, presidente da União Romani. As associações do
Bairro de S. João de Deus uniram-se e decidiram travar um processo de
reconversão no qual dizem não ter sido ouvidas. A primeira acção poderá ser
accionar uma providência cautelar para parar as obras, o que será
equacionado com os juristas.

3. Estarreja : Câmara manda retirar antenas

A TMN e a Optimus vão ter de retirar as antenas que mantinham, há vários
anos, em Pardilhó e Canelas. A decisão foi, agora, tomada pela Câmara de
Estarreja, depois de verificar que as antenas das duas operadoras de
telemóveis não estavam licenciadas.

4. VIAna do Castelo :

Câmara reabilita fortes do concelho

Luís Henrique Oliveira
A Câmara de Viana do Castelo pretende dar uma nova vida a duas estruturas
militares situadas no litoral do município. O forte de Paçô, em Carreço, e o
Forte da Vinha (também conhecido por Castelo Velho), em Areosa, serão os
alvos da intervenção, candidatada ao programa Finisterra.

5. Oliveira de Azeméis : Explosão dá protestos

Vidros partidos Rebentamento de um depósito de nafta numa fábrica de
esmaltagem põe vizinhos em polvorosa Empresa acusada de poluição
Salomão Rodrigues

Atragédia esteve imi nente: a explosão de um depósito de nafta, anteontem,
numa fábrica de esmaltagem, na freguesia de Fajões, Oliveira de Azeméis, pôs
a população em alvoroço quando o impacto do rebentamento, ouvido a dezenas
de quilómetros de distância, estilhaçou as janelas e portas de vidro das
habitações mais próximas. Eram 14.39 horas quando os Bombeiros Voluntários
de Fajões receberam o alerta. Quarente e cinco minutos depois, com um
veículos e três homens que, estava extinto o incêndio.. O aquecimento
excessivo do depósito pode estar na origem do rebentamento.

6. Aveiro : Incinerar é a solução

lixos Governo insiste nas vantagens da valorização energética Secretário do
Ambiente desafia municípios do Centro a entenderem-se
José Carlos Maximino

O secretário de Estado do Ambiente, José Eduardo Martins, disse, anteontem,
em Aveiro, que não entende “porque é que não há-de haver mais incineração de
resíduos sólidos urbanos”, se as experiências que se conhecem (Lipor e
Valorsul) são positivas. Em seu entender, o país não tem meios financeiros
próprios nem fundos de coesão suficientes para manter a aposta em aterros
sanitários.

7. Aveiro: Gestão da ria à espera da ministra

Segundo José Eduardo Martins, o ex-ministro Isaltino Morais “estava a
procurar convencer o Ministério das Finanças a criar a uma entidade gestora
da ria”.

8. Douro Internacional : Técnicos descobrem raça única de burros

F.P.
Está já apurada uma raça autóctone de burros na região da terra fria
trasmontana (Vimioso, Mogadouro e Bragança). Os estudos arrancaram há cerca
de três anos naqueles concelhos, onde os técnicos apoiados por vários
organismos ­ Parque Natural do Douro Internacional e Direcção-Geral de
Veterinária ­ chegaram à conclusão de que havia uma raça única de burros no
país, devido as suas características únicas e padrão genético dos animais.
Miguel Névoa, veterinário e membro da Associação Para o Estudo do Gado
Asinino, diz que “as características são a coloração castanha, pêlo comprido
e articulações fortes”.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário