• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] 10 Abr/ Que luxo, um centro cultural!
Quinta-feira, 10 de Abril de 2003

(Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instruções do
rodapé desta mensagem.)

DESTAQUE: Que luxo, um centro cultural!

Um palácio para um centro cultural (Portimão)! Num país que só pode
construir dez estadios de futuebol, como nos podemos dar ao luxo de fazer
centros culturais e com a mesma cajadada conservar um palacio de interesse
patrimonial? Para que, se podemos construir de raiz um centro cultural muito
mais dispendioso? Aí está uma boa sugestão: seguir o exemplo de Portimão e
preservar o Palacio do Freixo como centro cultural, centro de juventude ou
casa das associações? Que desperdício. Vamos antes construir esses centro de
raiz e deixar o Palácio de Freixo seguir o seu destino…

Seguem-se o sumário (Publico e JN) e os resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do JN, em 10 de Abril
de 2003. A selecção é da associação Campo Aberto. Para os textos integrais
consultar as referidas páginas ou a respectiva edição em papel.

PNED = Porto e Noroeste em Debate

Notícias fora deste âmbito geográfico podem a título excepcional ser
incluídas por apresentarem interesse evidente para questões relativas ao
Porto e Noroeste.

SUMARIO

Publico

1. Ex-arrumadores já começaram a limpar as praias do Porto
2. Comboios históricos – regresso à linha do Douro
3. Está concluído o medelo estratégico para revitalizar a Ria de Aveiro

Publico Minho
1. Obras Revolucionam Centro de Paredes de Coura

JN
1. PS quer discutir o Metro na Boavista
2. Porto Traficantes não vão ser realojados (S. Joùao de Deus)
3. Braga, capital do humor Como se pode falar em candidatura a capital
cultural se há património por classificar?
4. Portimão: Centro cultural instalado no palácio Sárrea Prado
5. Aveiro : Ordenamento da ria com plano concluído
6. Para uma nova ruralidade: As grandes cidades criaram solidão,
desenraizamento humano, franjas de pobreza e violência

RESUMOS

Publico Minho
1. Obras Revolucionam Centro de Paredes de Coura
Por ANA PEIXOTO FERNANDES
O projecto de requalificação da área urbana de Paredes de Coura está a
revolucionar aquela vila desde o fim do Verão passado, com diversas obras a
decorrer em simultâneo.

JN

10 de Abril de 2003

JN
1. PS quer discutir o Metro na Boavista

Estudo Vereador Manuel Diogo pediu reunião para avaliar a alteração ao
traçado da linha Carla Sofia Luz

Os vereadores socialistas da Câmara do Porto querem conhecer, com maior
pormenor, a proposta de enterramento da linha do Metro na Boavista, entre a
zona do Bessa e a Estação da Casa da Música. Manuel Diogo já solicitou a
realização de uma reunião com os técnicos da Empresa do Metro e com o
Executivo, para discutir o futuro da avenida.

2. Porto Traficantes não vão ser realojados

S. João de deus Rui Rio aconselha a ver os resultados das rusgas da Polícia
no bairro Jorge Vilas Os recentes distúrbios que abalaram o Bairro de S.
João de Deus foram tema de discussão na Assembleia Municipal do Porto. “Quem
tem dúvidas sobre o que é a realidade do bairro, basta ir, como eu, à PSP
ver os resultados das rusgas alí efectuadas: verá muito dinheiro, muitas
jóias e, sobretudo, muitas armas”, sentenciou Rui Rio.

3. Braga, capital do humor

por miguel bandeira geólogo Como se pode falar em candidatura a capital
cultural se há património por classificar? Agora que o evolucionismo
social voltou de novo a captar as luzes da ribalta, impondo o domínio
esmagador do mais forte sobre o mais desadaptado, revestindo-se da evidência
neoliberal onde tudo o que não possa ser reconvertido em negócio é pura e
simplesmente tomado por inútil, também as nossas cidades, que em tempos
foram já sinónimo de comunidade, representam o drama dos predadores, lutando
pela sua sobrevivência.

4. Portimão: Centro cultural instalado no palácio Sárrea Prado A. S.

O projecto de arquitectura do palácio Sárrea Prado, em Portimão – que vai
ser transformado em forum cultural -, foi aprovado na reunião de Câmara de
ontem pela maioria socialista e por Jaime Dias, vereador do CDS-PP/PPM. João
Santana, do PSD, e a vereadora Evelina Madeira, também da oposição, votaram
contra o projecto de arquitectura apresentado. João Santana considera que
aquele espaço “não é adequado” nem suficiente. Acusa a autarquia de “não
cumprir” a legislação em vigor, nomeadamente no que se refere ao PDM. Em
alternativa, sugere a construção “de raiz de um forum e centro cultural”.

5. Aveiro : Ordenamento da ria com plano concluído

O primeiro plano de ordenamento intermunicipal do país, abrangendo a zona
lagunar de Aveiro, foi ontem apresentado por uma equipa de consultores aos
representantes das 11 autarquias que integram a Associação de Municípios da
Ria (AMRia). O arquitecto Luís Balula, um dos especialistas que preparou o
Plano Intermunicipal de Ordenamento da Ria (PRIOR), sublinhou o
“pioneirismo” daquele instrumento de planeamento, mas destacou também as
dificuldades que essa circunstância está a provocar, sobretudo à comissão
técnica, que “andou à procura de modelos de análise”. O técnico defendeu,
por outro lado, a criação urgente de uma agência regional gestora da zona
lagunar, participada por todas as entidades com interesses na lagoa, que
tenha autonomia administrativa e financeira e também chame a si a gestão do
PRIOR.

6. Para uma nova ruralidade

por girão pereira ex-presidente da câmara
municipal de aveiro

As grandes cidades craiaram solidão, desenraizamento humano, franjas de
pobreza e violência Demonstram as estatísticas que a Europa é hoje a área
da terra com maior índice de urbanização, isto é, com o mais significativo
número de pessoas a viver em cidades. É um fenómeno que se acentuou depois
da segunda grande guerra gerando um movimento de abandono dos espaços
apelidados de rurais. A “cidade” foi o símbolo do bem estar, da
melhoria das condições de vida, do emprego, da melhor saúde, do divertimento
enfim da atracção e da qualidade de vida e da promoção pessoal e social.
Este fenómeno sociológico começa hoje a ser posto em causa.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário