• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

…[PNED] 7 Abr/Jardim Poetico
…Segunda-feira, 7 de Abril de 2003

(Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instrucoes do rodape desta mensagem.)

DESTAQUE: Jardim Poetico

Em Vila Real e recuperado um jardim poetico. Partindo do principio que se trata de uma recuperacao
respeitadora da historia do jardim e da vegetacao nele existente, aqui temos hoje um motivo para nos
alegrarmos.

Seguem-se o sumario e os resumos de noticias de interesse urbanistico/ambiental publicadas na edicao
electronica do JN, em 7 de Abril de 2003. A seleccao e da associacao Campo Aberto. Para os textos
integrais consultar as referidas paginas ou a respectiva edicao em papel.

PNED = Porto e Noroeste em Debate

Noticias fora deste ambito geografico podem a titulo excepcional ser incluidas por apresentarem interesse
evidente para questoes relativas ao
Porto e Noroeste.

SUMARIO
JN
7 de Abril de 2003

1. Gondomar: Concurso de fotografia; registar aspectos de Gondomar antigo
2. Porto: Igreja de Miragaia esconde triptico do Espirito Santo; obra notavel
3. Jogo da Cidadania junta 100 alunos de todo o distrito
4. Porto: Miradouro estragado (nas Fontainhas )
5. Porto: No engarrafamento
6. Porto: Recados para Morais durante visita a Se
7. Braga : Braga: Bairro das Andorinhas com asas para ida e volta
8. Vale de Cambra : Camara projecta museu na ex-fabrica de lacticinios
9. Valenca : Deposito de lixo no monte de Faro
10. Tarouca: Habitacao social e prioridade; Tarouca : Tecto para os pobres
11. Vila Real : Ultimo jardim poetico reabriu portoes a cidade
12. Melgaco: Municipio recupera patrimonio; Melgaco : Tempos do contrabando
reconstituidos em museu

7 de Abril de 2003

1. Gondomar: Concurso de fotografia

Com o objectivo de registar aspectos de Gondomar antigo que tendem a desaparecer, o Clube
Gondomarense esta a promover um concurso de fotografia. O concurso e aberto a todos e as fotos serao a
preto e branco. Os trabalhos terao
de ser entregues ate ao proximo dia 30. Os rolos serao fornecidos pelo Clube, mas cada concorrente tera
depagar 25 euros no acto de inscricao. A revelacao fica tambem a cargo da organizacao. O premio mais
importantes, de 300 euros, dira respeito ao melhor conjunto de 12 fotografias de cada rolo.

2. Porto: Igreja de Miragaia esconde triptico do Espirito Santo

Patrimonio: Equipa da Universidade Catolica estuda obra que tera sido executada por um pintor flamengo,
no seculo XV Proximos passos serao a restauracao e a exposicao ao publico Virginia Alves

A igreja de S. Pedro de Miragaia esconde uma obra “notavel”, o triptico do Espirito Santo. “Sabe-se que
sera do seculo XV e, dessa epoca, nao ha muitas
pecas deste tamanho”, explica Ana Calvo, uma das responsaveis pelo estudo cientifico que esta a ser
realizado pela Escola das Artes da Universidade
Catolica.

3. Jogo da Cidadania junta 100 alunos de todo o distrito

Cerca de uma centena de alunos de escolas secundarias e profissionais do distrito do Porto participam
hoje, na Biblioteca Almeida Garrett, na sessao distrital do “Hemiciclo – Jogo da Cidadania”, para escolher
a escola que ira
representar o distrito na final. O “Hemiciclo” e uma iniciativa do Instituto Portugues da Juventude (IPJ) que
visa dar a oportunidade aos jovens de
participarem directa e pessoalmente num processo democratico, “de uma forma simples e divertida”.
Depois de uma fase escolar, os alunos participam numa sessao distrital em que tem de apresentar uma
medida para fazer face a um problema pre-definido. “A Imigracao em Portugal – Medidas Prioritarias” e o
tema da edicao deste ano, a quinta, estando a sessao final marcada para 30 de Abril na Sala do Senado
da Assembleia da Republica, em Lisboa.

4. Porto: Miradouro estragado

Ponte do infante Rui Sa condena degradacao na zona urbana envolvente a travessia Vereador critica a
Camara por nada ter feito Nuno Silva

Rui Sa alertou, ontem, que a Ponte do Infante e uma “obra inacabada” tambem no lado do Porto, porque
nao contemplou a requalificacao do espaco urbano
envolvente, nas Fontainhas.

5. Porto: No engarrafamento

por Jorge Vilas Jornalista Sempre a espera do grande plano acabamos por nao tomar as medidas que a
crise impoe

Ainda a proposito das “Viagens do Gastao”, sobre as quais falamos ha dias, valera a pena voltar ao tema
para referir que o exemplo do meu amigo Eduardo
Gastao Ramos, que deixa o automovel longe para chegar mais depressa ao centro do Porto, nao passa
neste momento disso mesmo: de um bom exemplo.

6. Porto: Recados para Morais durante visita a Se N.S.

O pretexto da visita era verificar as consequencias da construcao da ponte do Infante, mas os problemas
de habitacao das Fontainhas acabaram, inevitavelmente, por vir a tona. A comitiva comunista aproveitou
para passar pela Rua da Senhora das Dores, na Se, onde se “esconde” uma ilha municipal com nove
casas, conhecida por Bairro Amarelo. Rui Sa nao perdeu a oportunidade de deixar um recado para Paulo
Morais: “A ilha da Travessa da Povoa nao e a unica ilha municipal que falta demolir, ao contrario do que diz
o meu colega do pelouro da Habitacao”. O autarca da CDU explicou que se trata de uma ilha adquirida
pela
Camara a Direccao do Patrimonio e Financas, apos o 25 de Abril, pelo que ficou rotulada de “casa do
patrimonio”.

7. Braga : Braga: Bairro das Andorinhas com asas para ida e volta

Accao Social Projecto de intervencao comunitaria reabilita vida associativa de zona social problematica
Pedro Vila Cha

Os problemas sociais acompanharam o crescimento demografico da cidade de Braga. A parceria de
instituicoes com universidades sera o caminho a seguir e o exemplo que floresce na associacao Ida e
Volta, no bairro das Andorinhas, S. Vicente. Braga e um caso quedeve ser imitado por outros.

8. Vale de Cambra : Camara projecta museu na ex-fabrica de lacticinios

Martins & rebelo Autarquia quer comprar a fabrica falida situada em Pinheiro Manso Primeiro leilao foi
concorrido, mas os 260 mil euros nao chegam para antigos trabalhadores Salomao Rodrigues

Eram as dezenas os camioes que diariamente entravam na fabrica de lacticinios Martins & Rebelo,
transportando milhares de litros de leite. Centenas de trabalhadores entregavam-se a arte de fazer
produtos lacteos de referencia nacional. Actualmente, os colossais armazens nao passam de espacos
abandonados, despidos de qualquer maquina ou presenca humana. Este e o cenario em que se
encontra a centenaria fabrica de lacticinios, sediada em Pinheiro Manso, Vale de Cambra, depois de, em
Outubro de 2002, ter sido decretada a falencia.

9. Valenca : Deposito de lixo no monte de Faro

Carla Paiva
Quem subir ao alto do monte do Faro, um dos pontos turisticos de Valenca, pode apreciar, durante o
percurso, uma bela paisagem. Mas, se o turista se desviar um pouco da Estrada Nacional pode, no
mesmo percurso, encontrar… uma lixeira.

10. Tarouca: Habitacao social e prioridade

Alem do apoio directo a recuperacao das casas das familias mais pobres, a Camara de Tarouca tem mais
dois projectos em maos que considera prioritarios:
requalificacao dos centros historicos das aldeias vinhateiras de Salzedas e Tarouca e a construcoes de
habitacoes sociais.

Tarouca : Tecto para os pobres

Recuperacao Casas de familias carenciadas sao arranjadas em todo o concelho Camara oferece materiais
e mao-de-obra nos casos mais dificeis Teresa Cardoso

Ha muitas habitacoes, em Tarouca, onde chove como na rua. E onde nao ha casas de banho para
cuidados elementares de higiene e salubridade. A pobreza material juntam-se, na generalidade dos casos,
situacoes de doenca ou de deficiencia.

11. Vila Real : Ultimo jardim poetico reabriu portoes a cidade

Carreira Zona de sossego foi remodelada pela Camara que gastou 45 mil euros Famoso pelas tilias e
magnolias, espaco verde e do seculo XVIII Almeida
Cardoso

Depois de um ano encerrados, os portoes do seculo XIX, em ferro fundido e forjado, do jardim da Carreira,
em Vila Real, voltaram a abrir. A cidade passa a dispor, novamente, de um espaco verde de lazer e
sossego. “Nem parece o mesmo, tao bonito que esta. Antes, estava muito abandonado e nao havia
seguranca!”disse, ao JN, Antonio Jose Marques, um dos fieis frequentadores do jardim. Ana de Jesus e o
seu marido, ambos sexagenarios, aproveitaram, ontem, o dia para revisitarem, o jardim onde passaram
muitas horas da sua juventude.

12. Melgaco: Municipio recupera patrimonio

Seguindo uma politica de valorizacao do patrimonio, a Camara de Melgaco apostou na criacao de diversos
espacos museologicos, em todo o concelho. Entre os
nucleos que se encontram em funcionamento e os que ainda nao abriram portas, contam-se cinco
estruturas, a saber: Torre de Menagem (que vera, brevemente, os seus conteudos renovados), Ruinas da
Praca da Republica, Castro Laboreiro, “Memoria e Fronteira” e Museu de Cinema. De modo a prestar
apoio a rede de nucleos, a Camara decidiu-se pela aquisicao de um edificio, onde os visitantes poderao
tomar conhecimento do patrimonio concelhio. A proposito, refira-se que a autarquia aderiu, recentemente,
as associacoes Portuguesa de Museologia e dos Municipios com Centro Historico, com vista a troca de
informacoes e de experiencias, de forma a promover o patrimonio concelhio.

Melgaco : Tempos do contrabando reconstituidos em museu

Patrimonio: Autarquia esta apostada em mostrar como foram as vivencias de fronteira durante o periodo do
Estado Novo Equipamento ocupara espaco do antigo
matadouro Luis Oliveira

“Antes de ir para Franca era obrigado a contrabandear para ganhar algum. Nao se roubava nada.
Andavamos todos a fazer pela vida. Era isso ou a fome. Foram tempos muito dificeis, que os mais novos
nao fazem sequer ideia.” As palavras pertencem a Manuel Carvalho, antigo contrabandista, nado e criado
na freguesia de Roussas, em Melgaco, a escassos quilometros de Espanha.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

http://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: http://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário